30/11/2008

AIDS no JAPÃO


O Yahoo! Japan de hoje, dia 1º de dezembro, presta sua homenagem ao Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Uma fita vermelha (レッドリボン, do inglês "red ribbon") se destacava no alto da página e, logo abaixo do nome, além da fita vermelha, o tema da decoração: 12月1日は世界エイズデー. Em português claro: Dia 1º de dezembro é o Dia Mundial (de Luta Contra a) AIDS. Fica aí já a palavra do dia: AIDS, que em japonês é mais conhecida como エイズ・eizu. Diga-se de passagem, em Portugal a enfermidade é mais conhecida como SIDA. Já o nome Síndrome de Deficiência Imunológica Adquirida, em japonês fica assim: 後天性免疫不全症候群(こうてんせいめんえきふぜんしょうこうぐん).

Para quem sabe ler japonês, eu aconselho até ler sobre o assunto no idioma. Assim é possível se informar e aprender novas palavras. Além do design especial para o dia de combate à AIDS, o Yahoo! Japan preparou uma página especial com dados sobre a doença entre outras informações. Para acessar, basta clicar aqui.

No Japão mais de 4 pessoas
são infectadas pelo vírus HIV por dia

26/11/2008

Onde eu enfio o dedo?

Calma! Não responda!! E nem pense em nada!!! A Bandai tem a resposta já!!! Isso mesmo! Bandai! Aquela mesma Bandai, fabricantes de brinquedos que, na minha época de Brasil, fazia brinquedos que pareciam todos meia-boca. Mas aqui no Japão a marca bota para quebrar e lança sempre algo novo e diferente. Desta vez eles lançaram, no mês passado, a Tuttuki Bako.

Ao pé da letra, o nome do brinquedo quer dizer algo como "Caixa de Cutucar"! O verbo つつく・tsutsuku , entre outros significados, quer dizer também "cutucar". Não confunda com つづく・tsudzuku que quer dizer "continuar".

O brinquedo, disponível em três cores, nada mais é do que uma caixinha, com um buraco (desviado para a parte lateral) para você enfiar o dedo lá! Qual a sensação? Não sei ao certo porque nunca experimentei, mas imagino que sinta-se algo diferente, já que ao colocar o dedo no buraco (localizado na lateral do brinquedo), você verá a imagem do seu próprio dedo digitalizada na telinha!!!

Mas não ligue agora!!! Você poderá interagir com os objetos e personagens que aparecem na tela! Tem o panda pendurado na argola, que você pode cutucá-lo, balançá-lo e até derrubá-lo. Tem a mulher que você pode mexer com ela! Tem a ameba entre outros!


Quando a brincadeira perder a graça ou você resolver finalmente voltar ao trabalho, basta tirar o dedo do buraquinho (localizado na lateral do brinquedo), que a caixinha se transformará num belo (?) relógio digital de mesa!!! Agora que eu já dei uma prévia sobre o novo brinquedo da Bandai, você já pode assistir ao vídeo explicativo disponível no site do brinquedo! O vídeo está em japonês, mas isso é só um detalhe...Para assitir ao vídeo é muito fácil. Acesse o site, clicando aqui e quando aparecer esta tela...

... clique na única caixinha vermelha da lateral esquerda da sua tela onde você vê a palavra ムービー (MOVIE) e pronto!


Palavra do Dia:
箱・hako・caixa

Exemplo:
 あのの中に何が入ってるの?
(O que que tem dentro daquelas caixas?)





23/11/2008

Brazil com Z + Muito Japão


Existe um blog chamado Brazil com Z que reúne diversos depoimentos de brasileiros que vivem fora do Brasil. O blog tem lá seus redatores fixos que vivem na Espanha, Israel, França, Irlanda, Japão entre outros países. O blog é ótimo pois traz informações de gente comum que in loco convive de perto com dificuldades, aprende coisas novas, vivencia experiência incríveis e o melhor, contam tudo isso em português claro para compartilhar um pouco da vida no exterior com os conterrâneos! É ótimo tanto para quem quer saber um pouco mais sobre uma cultura diferente da nossa, quanto para aquele que está congitando um dia viver fora do Brasil! Bom, mais além dos redatores fixos, a galera do blog convida outros brasileiros que, igualmente vivem fora do Brasil, para darem eles seus depoimentos sobre diversos temas que são lançados periodicamente. Fiquei muito feliz e honrado por ter sido convidado pelo grupo para falar sobre "idioma". No meu caso, como vivo no Japão, contar um pouco sobre a língua japonesa para quem não conhece o idioma. Foi ótimo e parece que muita gente gostou. Você também pode dar uma passada pelo blog e ler o texto que eu escrevi exclusivamente para o pessoal do Brasil com Z! Espero que gostem e sintam-se a vontade para comentar lá ou aqui!



Para ler o texto, basta clicar aqui e...boa viagem pelo mundo!

19/11/2008

o tal do GROU


Você já viu esta dobradura, mais conhecida como origami?

Abre parênteses: para quem não sabe, a palavra “origami” é formada por duas outras em japonês: “orimasu”, de dobrar e “kami”, de papel. E você saberia dizer o que esse origami representa,digo, que animal você acha que é? Pois é, eu passei anos da minha vida jurando de pés juntos que era uma cegonha. Mesmo depois de aprender o nome em japonês – 鶴 ・ tsuru – eu nem tchum. Confesso que só depois de vir ao Japão é que eu ouvi a palavra “grou”. Isso mesmo! Grou é a tradução para “tsuru”.



Sinceramente, nem sabia que esse bicho existia. A ficha só caiu mesmo quando eu aprendi a palavra “cegonha” em japonês, “koonotori”. Se “koonotori” é cegonha, “tsuru” é o que então?... pensei comigo. Não lembro de ter registro de ter visto, ouvido falar ou lido algo no Brasil sobre esse bicho. Pensando bem, ninguém diz: você sabe fazer um grou de origami? Mesmo os brasileiros – creio que até a maioria – se refere ao pássaro como “tsurú” mesmo. Mas a verdade é que o tal do grou está em toda parte do Japão !! Até bem pouco tempo, ele estava até nos aviões da Japan Airlines (JAL).


Das aeronaves, o símbolo foi abolido, mas o tal do grou está em trabalhos artesanais, quimonos, calças, leques etc. Veja algumas amostras:










Mas ao contrário do que muita gente possa pensar, o grou não é o pássaro-símbolo do Japão. Creio que muito japonês também não saiba disso, mas o pássaro-símbolo do país - 国鳥・kokuchoo - é na verdade o faizão - 雉・kiji. Falando em grou, me fez lembrar das mil dobraduras em forma de grou que são dados a pessoas que estejam doentes, como voto de pronta recuperação e longa vida. Em japonês é chamado de 千羽鶴, ao pé da letra, “mil grous”. O trabalho fica mais ou menos assim:


Lembro que no meu trabalho, nós chegamos a fazer mutirão para dobrar mil desses grous para levar para uma colega nosso que estava internada no hospital. Os mil grous também são tidos como símbolos da paz. Achei interessante a pesquisa Muito Japão mostrar que muita gente sabia. Mas depois eu fiquei pensando: será que não são, na maioria, leitores que vivem aqui no Japão? Sem querer menosprezar quem já sabia do pássaro antes de mesmo de vir ao Japão, acho interessante como há termos em português que a gente “aprende” aqui. Quando eu lembrar de outro, eu escrevo outro post!



Palavra do Dia:


鳥・tori ・pássaro



Exemplo:

の巣」というスタジアムは北京でしたっけ?
(Era Pequim que ficava aquele estádio chamado de “Ninho de Pássaro”)





17/11/2008

Holanda x Japão


Calma que essa foto é outra!! Não é a mesma foto que foi publicada em outros posts antigos. É que ontem, ontem(!) dia 17 de novembro, foi a vez dos bam-bam-bans da Universidade de Waseda (早稲田大学), umas das mais top das tops universidades japonesas, a darem uma coletiva de imprensa para se curvarem diante dos jornalistas para se desculparem porque, segundo a matéria publicada no jornal japonês Mainichi, foi encontrado e preso, o sétimo aluno que fumava maconha. O sétimo aluno da universidade de Waseda toda !!! 1, 2, 3, 4, 5, 6, SETE !!!

Um dos carinhas, de 21 anos, preso ontem, disse que aprendeu sobre a Holanda em uma das aulas da faculdade, e isso despertou o interesse dele pela planta! Foi encontrado na casa dele, quatro vasos, cuidadosamente regados todos os dias...

Para finalizar, eu destacaria uma frase publicada na matéria do Mainichi: 大麻を巡っては、慶応大や同志社大など伝統校の学生に加え、芸能人や力士、プロテニス選手まで若年層を中心に摘発が広がり、社会問題化している。


Em português claro: “Essa questão das drogas tem se tornado um problema social, já que é cada vez mais constante os casos descobertos entre a classe jovem principalmente. Além de alunos de universidades tradicionais, como a Keio e a Doshisha etc, casos de artistas, jogadores profissionais de tênis e até lutadores de sumô já vieram à tona”.


Palavra do Dia:
栽培する・saibai suru ・cultivar


Exemplo:
自宅で大麻を栽培する
(Cultivar maconha em casa)

Fui ao oftal !

Sexta-feira passada acordei com os olhos vermelhos e resolvi ir ao oftalmologista. Mesmo em uma rápida visita ao médico antes de ir ao trabalho, pude notar vários aspectos Muito Japão. Mas para não fazer deste post uma página de diário, eu destacaria apenas dois principais. Uma cadeira no oftal especialmente para quem está com os olhos vermelhos seria o primeiro deles! Isso mesmo, entreguei minha carteirinha para moça e, assim que terminei os “trâmites” para a consulta, ela me disse: お掛けになってお待ちください。(Queira por gentileza sentar e aguardar). Aliás, este poderia muito bem ser um outro aspecto Muito Japão desta história, já que essas moçinhas recepcionistas de consultório médico, uma vez treinadas, elas usam sempre a mesma frase para todas as pessoas!! Não há variações de cliente para cliente. Não tem essa de “o senhor pode aguardar...”, “se o senhor quiser, pode sentar e aguardar”, “o senhor aguarda um instante até que o médico chame o senhor?”. Não tem essa. Se entrarem cinco clientes depois de você, você ouvirá a mesma frase cinco vezes!! Pode apostar!

Enfim, mas chegando na sala de espera, me deparei com todos os assentos vazios. Eram praticamente três sofás de três lugares inteiros para mim! Fiquei até perdido para saber onde sentar. A sala era só minha! Mas foi eu sentar e nem deu tempo de esquentar o lugar, veio a moça da recepção, desesperada, com uma cadeira de armar! "O senhor pode sentar nesta cadeira até que a médica chame o senhor?" Além dos olhos vermelhos, fiquei agora com um ponto de interrogação na cabeça. Com tanto lugar vazio nos três sofás, por que eu deveria sentar em uma cadeira desconfortável. Estava com o olho vermelho, um interrogação na cabeça e uma pulga atrás da orelha, mas obedeci. Quando a mulher saiu da sala e eu fiquei olhando ao meu redor. Foi quando avistei umas quatro cadeiras iguais a minha, ainda dobradas e encostadas no canto da sala. Qual não foi minha surpresa ao ler que aquelas cadeiras eram para “uso exclusivo para quem estava com os olhos vermelhos”!!! Te juro!!!



A consulta em si não durou nem cinco minutos. Segundo a médica, eu estava com um tipo de conjuntivite (em japonês, 結膜炎・ketsumakuen), mas quando perguntei se era contagioso e precisava faltar ao serviço, a médica subiu no muro e disse: “pode ser contagioso sim, mas faltar ao serviço vai depender do seu chefe mandar você faltar quando você o informar o que eu estou te informando agora”. Entendeu? Enfim...



... eu disse que eu talvez precisaria de um atestado médico. Ela disse que poderia escrever um para mim, mas... E aí que eu chego no segundo aspecto Muito Japão. Atestado médico aqui no Japão é PAGO separadamente! E quando digo que é PAGO, não estou me referindo àquele "atestado-álibi" que algumas pessoas compram quando faltam ao trabalho para "se tratar" na praia, se é que me entende... atestado normal mesmo. Você ali e o médico e você solicita um atestado para justificar sua falta e etc. Quer saber mais?! Eu perguntei à médica quanto eu pagaria pelo atestado. Pasme! Se eu fosse pedir mesmo, eu pagaria mais do que quanto eu paguei pela consulta em si!! É mole? Na verdade, embora eu nunca precisasse, eu sabia que para pedir um simples atestado médico era preciso pagar, pois outros brasileiros já se mostraram indignados com isso, mas quando soube que era tão caro assim, fiquei estupefato! É...pimenta no olhos dos outros é refresco. Depois fica com o olho vermelho e não sabe porquê.


Palavra do Dia: 


眼科医・gankai ・oftalmologista



Exemplo:


カノジョのお父さんは眼科医です


(O pai da minha namorada é oftalmologista)


16/11/2008

Marca Texto Muito Japão

Agora ninguém mais precisa se dar o trabalho de sublinhar uma frase embaixo e depois sublinhar a mesma frase em cima!!! O que? Você nunca fez isso? Nunca??? Sublinhar a mesma frase em cima e embaixo depois?? Tudo bem, eu também não!!! Mas sem dúvida duas linhas, uma embaixo e outra em cima, deixará a frase bem mais destacada, concorda?! Bom, pelo menos foi apostando nisso que uma fabricante japonesa de artigos de papelaria lançou na semana passada a caneta marca texto que pode sublinhar mesma frase embaixo e em cima ao mesmo tempo!!


Graças ao design supermoderno da ponta da caneta, é possível escrever com uma só caneta de três maneiras diferentes!!! Uma ponta proporciona uma escrita mais grossa. A outra, do lado oposto, permite uma escrita mais fina. Repare que deve ser muito fácil usar a ponta fina!!! E por fim, traçar duas linhas paralelas ao mesmo tempo!!!
Não é o máximo!? Veja quanto tempo você pode economizar agora sublinhando de uma só vez, a mesma frase em cima e embaixo!!! Era tudo que você precisava para finalmente decorar aquele texto!!! ...OK Já está exagerado. Eu percebi. Vou parar por aqui. Mas enfim, só passei para dizer que foi lançada essa caneta semana passada e eu vi o anúncio no jornal. Pronto.





Palavra do Dia:

蛍光ペン・keikoo pen・caneta fluorescente



Exemplo:

蛍光ペン持ってる?

(Você tem marca texto?)



13/11/2008

Plantão Muito Japão

Quem acessou o Yahoo! Japan hoje, quinta-feira dia 13 de novembro, na parte da tarde, viu em destaque a foto dos comissários da JAL, todos arrumadinhos e “tapando” o personagem principal da foto: o jato, modelo 170, fabricado pela Embraer que a Japan Airlines (JAL) comprou!!! Na legenda da foto, estava bem escritinho com “todos os ideogramas” e para quem quisesse ler: ブラジル製小型ジェット「エンブラエル170」


Em português claro: “EMBRAER 170”, jato de pequeno porte fabricado no BRASIL. Aliás, a EMBRAER aparece na revista COURRIER - edição especial de Brasil - como a terceira maior empresa brasileira, seguida da Petrobras e da Vale!