13/01/2009

Here comes the sun tchupu tchuru...

Essa eu estava para contar essa para vocês, mas apareceram tantas outras pautas interessantes, que essa acabou ficando para trás. Mas deixa eu contar logo antes que acabe este clima de ano novo (se é que já não acabou para quem está no batente, como eu...).

Mas então, este ano foi o oitavo ano consecutivo que a ANA, companhia aérea japonesa, realizou o voo especial para o primeiro nascer do sol do ano! Isso mesmo, as pessoas pegaram o avião só para ver o sol nascer por entre as nuvens e desceram, ou seja, aterisaram na mesma pista de onde o avião decolou e pronto!



Aqui no Japão, o primeiro nascer do sol do ano é algo muito especial. É matéria garantida nos telejornais. Sempre tem o primeiro nascer do sol em várias partes do país! Sempre! É batata aparecer a galera que sobe o Monte Fuji só para ver lá de cima o amanhecer do primeiro dia do ano! Para este voo da ANA, as vendas das passagens começaram no dia 25 de novembro. O preço? É assim:

Plano A e B. A diferença principal, adivinha qual é!! O Plano A é mais caro do que o B, simplesmente porque inclui os assentos da janela, claro!! O Plano B é corredor, aquele que só vai ver os primeiros raios de sol saindo da cabeça de quem pagou mais caro e está com o focinho pregado na janela! O valor em vermelho é para duas pessoas. Até porque a regra da companhia aérea diz que não pode viajar sozinho. Mesmo que você tenha 18 ou 20 (maioridade no Brasil e no Japão). Não interessa. Eles só aceitam reserva para mais de 2 pessoas.



Está aí uma boa oportunidade para você se programar para o final deste ano e convidar um amigo para ir com você! Eis o script: "Bora pegar o avião pra ver o sol nascer e voltar pra cá depois?". Depois que seu amigo fizer uma cara de "maneiríssimo", você completa: "Só que é 25 mil, tá afim?!". Bom, não sei se vai ajudar muito, mas o preço inclui a passagem (de ida e volta logo), um certificado do tipo "eu paguei ¥25 mil só para ver o sol nascer", marmitão e uns beliscantes. E aí, topa?!





Palavra do Dia:

初日の出・hatsu hi no de・primeiro nascer do sol



Exemplo:
機内から初日の出を眺める
(ver o nascer do sol - da janela - do avião)




11 comentários:

  1. Bizarrices japonesas que não se explicam.
    Não sabia dessa "viagem".

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não sabia disso, achei muito legal ("maneiríssimo"hehe xD)!!!! Escalar o Fuji então *o*!!!O ruim é que tem que pagar até prá ver o sol nascer, sacanagem |(!
    Beijos :*!

    ResponderExcluir
  3. Ganha-se uma merreca de milhagem, nô?

    ResponderExcluir
  4. Caruso, vc tah a fim de ir ver o sol nascer quadrado (com as arestas meio curvadas). ahahahahah?
    Quem sabe quando a gente ganhar muito dinheiro e nao ter onde gastar neh?

    ResponderExcluir
  5. PARA HERIKA,
    Pois é! Tem sim! Aliás esse país tem muita coisa curiosa, né não? Principalmente para nós ocidentais. Mas se depender de mim, vou reunir boa parte delas neste blog! Valeu pelo comentário Herika!

    ResponderExcluir
  6. PARA MARIA,
    Maneiríssimo né! hehehe...Gostei!Bom mas no meu caso, a coisa é ainda pior, pq não gosto de caminhar, escalar e ainda sinto falta de ar. Subir o Monte Fuji nem de graça! Valeu pelo comentário!

    ResponderExcluir
  7. PARA BRUNO,
    hahaha... nem chega a contar como milha, creio eu...hehehe.

    ResponderExcluir
  8. PARA PARA O ALTO E AVANTE,
    Me amarrei nessa "ver o sol nascer quadrado com as arestas meio curvadas"...hahahaha. Muito boa!! Mas...ii desu!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Caruso!
    Estava eu, fazendo uma pesquisa básica para saciar minhas vastas curiosidades sobre o Japão e encontrei teu blog. Exatamente como você disse na descrição, o que encontrei aqui foi muito mais do que encontraria em um guia de viagens.
    Ainda mais porque você é o tipo de pessoa que eu estava procurando e nunca consegui encontrar. Veja o porque: Tenho 18 anos e estou ansiosamente esperando o resultado do meu vestibular: Letras na Usp. E se passar pretendo fazer português e japonês (ou chinês). Mas a minha idéia de chinês foi influênciada por pessoas que me disseram que a vida é difícil para estrangeiros no Japão e que o mercado se abrirá para a China como potência emergente. Claro que eu ainda terei (se Kami-sama quiser) um ano de faculdade para decidir que habilitação fazer. Mas nada melhor do que uma pessoa que vive no país para me dizer como está a situação para os brasileiros e o que é preciso para se dar bem aí. Porque o meu sonho é ir trabalhar aí e fazer carreira.
    Então, sem me alongar mais, deixo essas dúvidas para você. Espero que não se incomode em respondê-las.

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
  10. muito japão! hihihihi...

    adorei! (o post)

    mas bateu uma dúvida: pode subir o monte fuji no final de ano?? não é só em julho e agosto (verão)?

    vai ver o povo vai até a 5a parada do fuji (onde dá pra ir de carro) para o ver o sol nascer de lá, mas não do topo.

    não é isso? fiquei curiosa :P

    ResponderExcluir
  11. Oi amigo!interessante essa materia!! como vc sabe, sempre vejo o por do sol ou nascer "quadrado c as arestas meio curvadas",kkkk! mas honestamente falando, esses espetáculos são melhores se vistos à vivo e `a cores, né?!e ainda sai mais barato, :P super bjoooo, Miyuki

    ResponderExcluir