10/01/2009

Viva a ocidentalização (neste caso)!

A matéria é do dia 30 de dezembro passado, mas confesso que eu só li hoje no site do jornal Asahi. Me chamou a atenção pelo título que eu entendi per-fei-ta-men-te (me refiro ao sentimento dos compradores!!)


Hotel de Kyushu faz comida de ano novo mais ocidental

e dobra as vendas

Adorei! Se eu tivesse dinheiro eu compraria! A matéria se refere a comida especial do ano novo japonês – que se come na manhã do dia primeiro – chamada おせち料理・osechi ryouri e que vem em caixas! Lembra? Eu escrevi sobre isso recentemente, em um post sobre o Natal no Japão. Leia aqui.
“Disk” o Rihga Royal Hotel Kokura, lá da província de Fukuoka, colocou até carne de boi de primeira nas caixas e as vendas superaram as expectativas e dobraram! “Disk” um tipo mais franco-italiano vendeu 3 (três!) vezes mais do que no ano passado!! Eu particularmente não gosto, mas eu sou meio chato para comer. Confesso. Nem camarão eu gosto!

Mas, porém, contudo, todavia, entretanto, já perdi a conta de quantos japoneses já me disseram não gostar da comida de ano novo TAMBÉM!

Palavra do Dia:

肉・niku・carne

Exemplo:

大好き!

(Adoro carne!)




7 comentários:

  1. Nossa, eu sou doido para comprar uma destas caixas no final de ano. No desta virada não deu porque eu não estava aqui, mas neste ano acho que vai dar, tomara! Gostei de saber que há agora essas versões mais "ocidentalizadas"... hihihhihi

    ResponderExcluir
  2. Eu odeio comida japonesa, mas amo o Japao!
    Oh ceus, o que fazer? :P

    Que mais japoneses tenham esse tipo de ideia, amem.

    ResponderExcluir
  3. Também não gosto de camarão =p
    Tenho horror a osechi ryouri, como distinguir o que prato principal do que é sobremesa se tudo ali é doce? Afff...
    É, eu também sou enjoada pra comer =D

    ResponderExcluir
  4. Que posso dizer a não ser,PARABÈNS,por todas as materias aqui postada. São de uma informação inegualável,quando as lemos nos sentimos no proprio Japão.

    Mil beijos

    ResponderExcluir
  5. Por que você não aproveita e lança para o próximo fim de ano a versão (limitada) da caixinha brasileira com peru ou chester, farofa,bacalhau,bolinho de bacalhau ,rabanada, panetone ,castanha portuguesa,etc...E uma versão (ainda mais limitada) de feijoada com caipirinha. Será que vende? _Fazer esses pratos aí deve ser uma milhonada,não?!
    Vendo daqui as fotos eu jogaria fora, com certeza, os tentáculos com ventosas e as ovas.

    ResponderExcluir
  6. meu maior medo de ser convidada para uma festa de ano novo japonesa é ter de encarar esse café-da-manhã aí!

    aFe maria! eu adoro peixe e frutos do mar, mas de manhã não dá né! e ovo doce, doce de feijão, chá verde... nem que a vaca tussa!

    portanto, por mais ocidental que seja, também não conseguiria comer isso de manhã! no almoço ou no jantar, quem sabe né :P

    ResponderExcluir
  7. Olá, Caruso, muito interessante este post! Se pensarmos bem, os 7.500 yens que caberiam a cada um não é lá tão caro, não é mesmo? (num boteco de Tokyo, onde beliscamos isso e mais aquilo já sai o valor) Me lembro que em 86, o único ano novo que passei aí, a média de Osechi-Ryori era de 10 a 15 mil yens. Será o efeito da deflação?

    ResponderExcluir