08/03/2009

Aluna perde vestibular por culpa do professor

Se eu não soubesse que os japoneses são seres humanos e, como tais, também são passíveis de erro - embora haja pessoas que creem que só nós brasileiros cometemos erros -, eu teria ficado assustado com a notícia que vi hoje em dois sites de notícias. Um professor japonês da escola Komatsugawa (Tóquio), simplesmente es-que-ceu de mandar para a universidade o formulário de inscrição do vestibular de uma aluna. Isso porque aqui no Japão tem esse sistema de a escola indicar os alunos que ela acha que merecem entrar na universidade, sem fazer a mesma prova que o resto do povo faz. É o chamado 推薦入学・suisen nyuugaku. A aluna estranhou o fato de a confirmação da inscrição não ter chegado no prazo previsto e ligou para a escola. Foi aí que ela foi informada de que o professor dela, para quem ela havia entregue os documentos, havia es-que-ci-do de enviar para a universidade os documentos dela e, com isso, ela havia perdido a inscrição da admissão por recomendação. À menina não restou outra opção, a não ser, não contar com a indicação da escola e prestar o vestibular normalmente, junto com aqueles que não possuiam uma escola para lhes indicar – ou não fizeram por onde, a ponto de não serem indicados pela escola onde estudaram.


Para agravar ainda mais a situação do professor e consequentemente, agravar também a situação da escola japonesa, a menina acabou não passando no vestibular. A diretora afirmou com todas as letras que foi um erro da escola em não ter enviado para a devida universidade o formulário de inscrição da menina e que sentia muito pela aluna e pelos pais dela. Para a surpresa de muitos - e minha também -, não teve coletiva de imprensa, para o professor esquecido e a diretora da escola se curvarem diante das câmeras para formalizar o pedido de desculpas. Mas, porém, contudo, todavia e entretanto, a frase-chavão foi devidamente empregada:


"Lamentamos muito e tomaremos
providências para isso não se repetir"

Como se não bastasse, a escola fez um pronunciamento ótimo:


"Se ela tivesse prestado o vestibular com a indicação da escola,
as probabilidades de ela passar eram grandes"

AODALETRA:

推薦 (suisen): recomendação
入学(nyuugaku): admissão, ingresso na escola


JAPONÊS・日本語

教師が願書出し忘れ、大学受験できず

東京・江戸川区の都立高校の教師が、私立大学の推薦入試を受験する予定だった女子生徒の願書を出し忘れ、女子生徒が受験できなかったことが分かりました。「かわいそうですよね。(自分の立場だったら)怒りますよ」(同じ高校の生徒)都立小松川高校によりますと、女子生徒は私立大学の推薦入試の願書を出願締め切り前に進路指導の教師に提出していましたが、教師はこの女子生徒を含む3人分の願書を受け取ったものの、他の2人分の願書だけを大学に郵送してたということです。去年11月の推薦入試直前になっても受験票が届かないことから、女子生徒が学校に連絡して教師のミスが発覚。小松川高校は私立大学に事情を説明しましたが、女子生徒は推薦入試を受験することができませんでした。「自分の置かれている今の状況が、信じられないというところも見てとれた。涙も流されていました」(都立小松川高校 江見悦子校長)結局、女子生徒はこの大学の一般入試を受験しましたが、不合格となりました。「今回のことは全く学校側のミス、完全なミスでございまして、当該の生徒・保護者の方には非常に申し訳ないと思っております」(都立小松川高校 江見悦子校長)高校は、「もし推薦入試を受験していたら、合格する確率は高かった」とコメントしています。(TBS News)




2 comentários:

  1. Hmmm... A menina era tão boa a ponto de ter recomendação da escola, mas não tão boa assim para passar no vestibular sem ela? Acho suspeito.

    ResponderExcluir
  2. PARA GABI,
    Confesso que também pensei nisso, mas que fiquei com pena da menina, eu fiquei. Valeu pelo comentário!

    ResponderExcluir