24/03/2009

Desculpem a nossa falha !

Não! Calma! Este blog não terminará. Nem sofrerá nenhuma mudança drástica (por enquanto). Este comunicado é apenas para dar uma satisfação aos leitores (ou “ao leitor” porque, de repente, é o mesmo) sobre traduções de notícias dos jornais japoneses. Realmente não é minha intenção transformar o Muito Japão em um site de tradução em português, mas também não pretendo deixar de traduzir algumas, até porque já recebi muitos elogios pela ideia de incluir notícias atuais do Japão em português claro. Mas entre tantos outros motivos, além de não perder a prática, confesso, acredito que muitas notícias publicadas nos jornais japoneses revelam algumas facetas da vida e do povo do Japão que muita gente no ocidente sequer sonha que possam existir. Além disso, acredito que muitas delas, embora muito interessantes, jamais serão levadas ao alcance dos leitores lusófonos e que não dominam a língua japonesa. Declaro que gosto de traduzir especialmente notícias curiosas, esdrúxulas, educativas – principalmente aquelas úteis para quem estuda o idioma japonês – e também notícias em que, em português, à primeira vista, podem parecer “Muito Brasil”, mas na verdade, são do Japão mesmo!


Julgo que tais notícias sejam uma fonte de informação, principalmente, para algumas pessoas que ainda acham que as mazelas do mundo só acontecem no Brasil e que o Japão, por ser um país rico e de primeiro mundo, não abriga pessoas de má índole, não há defeitos, enganação, falsificação, atrasos e que os japoneses não cometem erros e sim, só nós brasileiros. Mas gosto sempre de insistir que não se trata de defender uma nacionalidade por puro patriotismo em detrimento de outra. A intenção é mostrar o verdadeiro Japão, um país como outro qualquer que tem seus prós e seus contras, seu pontos positivos e negativos. Talvez, seja bom para dar um fim a certos estereótipos que acredito terem sido construídos justamente pela mídia e a tamanha falta de informação que sofrem Brasil e Japão quanto a atual realidade de cada um. São justamente notícias sobre arrastão, mulher seminuas no carnaval, assaltos a bancos, ações da polícia em favelas do Rio e São Paulo e tantas outras notícias ruins que, escritas em japonês claro, continuam e vão continuar denegrindo a imagem do nosso país. Quem vive ou viveu fora do Brasil sabe bem o que eu estou dizendo. E, ao contrário, - com exceção do caso de Akihabara -, são notícias sobre tecnologia, robôs ultramodernos, celulares japoneses de última geração que continuam e vão continuar criando a imagem de um Japão perfeito. Agradeço de coração pelas críticas. São sempre bemvindas e, até certo ponto, perfeitamente previsíveis, pois, acredito fielmente que não há nada, mas nada neste mundo que agrade a todos ao mesmo tempo. Me prontifico apenas em me policiar para que as notícias de jornais não sejam a maioria neste blog e vou procurar escrever mais relatos do dia-a-dia de um ocidental no oriente.

PS.: Quanto aos erros de português que um leitor mencionou ter encontrado, lamento profundamente. Quem me conhece, sabe que além de gostar e apreciar a língua japonesa, prezo por respeito e pelo uso correto do nosso idioma pátrio, mesmo morando no Japão. Foi com extrema tristeza que li o comentário do leitor. Não vou me desculpar dizendo que moro no exterior há muitos anos ou que muitos dos posts são escritos tarde da noite e depois de um dia inteiro de trabalho. Vou apenas tomar mais cuidado e contar mais ainda com os puxões de orelha dos leitores que não devem hesitar em me corrigir. Estudei português e uso o idioma nas traduções que faço, mas não me sinto o dono da verdade e sei que posso cometer erros. Também não tenho vergonha nenhuma em ser corrigido. Pelo contrário, é errando que se aprende e é sendo corrigido que não se erra mais. Muito Obrigado.

9 comentários:

  1. eu, que também sou blogueira, acho muito legal contar com a participação dos leitores. eles sempre enriquecem a informação, dão um palpite aqui, acrescentam algo ali, enfim, sem comentários os blogs não teriam graça!

    mas acho desnecessário, criticar por criticar. simplesmente chegar e falar que não gosta ou encher o blog de defeitos. pra quê? não gosta, vai ler outro blog né!

    mas falando tb do que você comentou sobre o brasil (notícias negativas sempre) e japão (notícias positivas sempre), eu diria que a falha aí é do próprio governo brasileiro...

    se o país não zela pela sua imagem, não investe em divulgação, é isso mesmo que acontece. assim como uma empresa qualquer.

    os japoneses, os americanos e cia estão certíssimos em ressaltar o que o país tem de melhor. se eles não fizerem propaganda do país deles quem vai fazer?

    e se o brasil não faz propaganda das maravilhas que ele tem, nenhum estrangeiro vai fazer né.

    sorry! pra variar, meu comentário virou um post m(_ _)m

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pela satisfação! Fiquei apreensivo que julgasse a crítica como algo pessoal quando apenas desabafei algo que estava sentindo em relação ao blog. Continue com o bom trabalho e parabéns pela gentileza em responder-me. Arigato!

    ResponderExcluir
  3. Sempre visitei o blog, sendo assíduo em busca de ler cada vez mais sobre o país no qual pretendo um dia poder ir estudar.

    Sou estudante de Economia da UFSCar-SP e aqui no blog eu vejo vários notícias que enriquecem o conhecimento dos interessados na cultura, política e economia nipônica, como foi o caso da notícia sobre o subsídio complementar. Eu achei que nisso já havia até mesmo um gancho de iniciação científica ou até mesmo um mestrado para tentar analisar a política monetária japonesa e os impactos macroeconômicos dessa 'ajuda gratuíta' (todos sabemos que isso vai gerar ônus para economia japonesa e, pior, pode até mesmo elevar a demanda comercial gerando algum aumento inflacionário, mas dada a crise essa possibilidade é bem baixa).

    Mas eu não vim aqui discutir economia. Eu queria dizer que, apesar de nunca comentar aqui (por n motivos que não vem ao caso no momento), sempre admirei o trabalho desenvolvido, e como disse a Karina, criticar só por criticar eu também acho algo desnecessário.

    Eu acho que, apesar de você ter dito que não quer dar ênfase sobre notícias jornalísticas, seria legal surgirem mais notícias sobre a economia japonesa, a política, etc, porque mostra a realidade do outro lado do globo, que apesar de sr a segunda potência mundial, enfrenta problemas entre o primeiro ministro e as forças partidárias, etc.

    Essa é apenas uma sugestão. Novamente, parabéns pelo ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Poxa!
    Gosto tanto dos posts que contêm notícias traduzidas, como os escritos sem necessariamente terem base em alguma manchete de jornal japonês. Só passo "meio que sem olhar" pelas notícias de modelos brasileiras no Japão (como aquela ali embaixo), porque não me interesso muito por isso mesmo... hehehehehe
    Mas acho o seu blog excelente e, sendo seu, é perfeitamente aceitável que vc coloque coisas que lhe agradem mais nas postagens. Ninguém é obrigado a ler tudo, assim como vc não é obrigado a escrever aqui tudo o que os outros querem ler.
    Quanto a escrever certo, nunca notei erros absurdos por aqui. E, se ocorreram, imagino sempre que eles sejam conseqüência de uma digitação um pouco apressada (pq manter um blog atualizado não é fácil!), ou de uma mente cansada.
    Obs.: Continuo lendo as postagens, embora não tenha muito tempo (começaram as aulas) nem idéias para comentar.
    Ganbatte ne~!
    Jaa!

    ResponderExcluir
  5. falei, falei e esqueci de dar minha opinião sobre o blog! hahahaha...

    eu adoro o muito japão! sempre o indico no meu blog e sinto que valeu a pena ter te enchido a paciência tentando te convencer a virar blogueiro também :p

    acho legal porque tem muita informação que, mesmo quem mora no japão, não tem acesso. afinal, a grande maioria dos brasileiros que moram aqui não são fluentes na língua japonesa e não dão conta de ler jornal e cia.

    é claro que tem post que me interessa mais, outro menos. e você tem mesmo razão: não dá para agradar a todos, nem agradar sempre!

    mas o blog é de graça e só acessa quem quiser né. gostou? ótimo! não gostou? sinto muito, não posso fazer nada! hihihi... ninguém é obrigado a ler!

    ResponderExcluir
  6. PARA TODOS (até o momento), especialmente a KARINA, ao CESAR, ao DIEGO e a LUIZA! Gostei muito de ler os comentários de vocês e espero poder continuar contando com a visita/comentário/crítica e participação de vocês para este blog ficar agradável,divertido e informativo para o maior número de pessoas possível! Valeu pelos toques, elogios e sugestões! Está tudo anotado! ...e vamu-que-vamu!!

    ResponderExcluir
  7. Me junto ao coro das pessoas que gostam de ler notícias, mesmo que não seja pela tradução em si, mas pelo interesse de saber das noticias mais curiosas que você tras. Eu sempre tento ler jornais japoneses on line, mas não acho tantas noticias interessantes quanto voce, mas não vou continuar tentando. ^^
    Não que o blog vá se resumir a isso, mas gostei muito desse lado novo do blog desde que começou!

    vivi

    ResponderExcluir
  8. Me junto ao coro das pessoas que gostam de ler notícias, mesmo que não seja pela tradução em si, mas pelo interesse de saber das noticias mais curiosas que você tras. Eu sempre tento ler jornais japoneses on line, mas não acho tantas noticias interessantes quanto voce, mas não vou continuar tentando. ^^
    Não que o blog vá se resumir a isso, mas gostei muito desse lado novo do blog desde que começou!

    vivi

    ResponderExcluir
  9. Passando só pra dizer que ADOORO as notícias de jornal! XD

    ResponderExcluir