10/11/2009

Preso japonês que matou a professora de inglês!

Foi uma coincidência incrível! Ontem à noite, estávamos, eu e mais dois colegas de trabalho brasileiros, comentando sobre o caso do japonês que havia matado uma professora inglesa em 2007 e ainda estava foragido. Tudo porque dia desses, a polícia divulgou imagens do suspeito depois de ele ter se submetido a uma cirurgia plástica. Fora isso, há cerca de uma semana, havia saído uma notícia de que o suspeito havia sido visto em um internet café na província de Fukuoka.


Comentávamos sobre o fato de ele ter fugido das mãos da polícia quando foi detido pela primeira vez, sobre a recompensa para quem oferecesse informações sobre o paradeiro do assassino que aumentou de 1 milhão para 10 milhões de ienes e inclusive, sobre o pôster que a polícia fez em tamanho real, com direito a um botão que, ao ser acionado, era possível ouvir a voz do fugitivo!! A Karina até escreveu sobre isso no blog dela.


De repente, uma colega brasileira desce até o nosso andar e diz: “Vocês viram que prenderam o assassino lá da professora de inglês?”. Ficamos simplesmente estupefatos! Bom, para quem não sabe da missa metade, é o seguinte: em 2007 o corpo da professora de inglês Lindsay Ann Hawker (foto abaixo), de 22 anos, foi encontrado em uma banheira colocada na varanda e cheia de areia. O dono do apartamento, o japonês Tatsuya Ichihashi, 28 anos na época, foi detido pela polícia no próprio apartamento, mas, simplesmente, escapou!!!


Depois disso, só dava ele nos cartazes da polícia. Em tudo quanto é loja de conveniência e caixas eletrônicos tinha o cartaz do carinha, no melhor estilo WANTED (PROCURA-SE). A cada informação nova, os cartazes mudavam. Mas sempre era o mesmo cara.


Até que um 2008 a mídia deixou de tocar no assunto, mas os cartazes continuavam pelas ruas. Recentemente, começou uma onda de notícias sobre ele, depois que a polícia aumentou o valor da recompensa. Depois uma clínica recusou a fazer a cirurgia plástica que ele queria. Aí veio a notícia de que ele havia sido visto em um internet café em Fukuoka, a divulgação da “nova cara” dele e por último, o pôster com a voz dele. Finalmente ontem, ele foi preso quando tentava embarcar de Osaka para Okinawa. Um carinha das barcas teria reconhecido ele e chamado a polícia. “Disk” a polícia chegou até Ichihashi e teria perguntado o nome dele, ao que ele havia respondido: Ichihashi (Tatsuya). Ainda segundo testemunhas, Ichihashi não reagiou nem nada. Foi tranquilão levado pela polícia. A notícia varou a noite!! Até porque ele havia sido levado de trem-bala de Osaka para Tóquio e de lá para Chiba à noite mesmo. Ainda lá pela meia-noite, transmitiram a chegada dele na estação de Tóquio, a coletiva da polícia, a entrevista com os pais do assassino e entrevista com a família da inglesa que disseram estar aliviados um pouco e serem gratos à polícia japonesa. Aliás a família acompanhava o caso de perto e vinham sempre ao Japão pedir a prisão do assassino o mais rápido possível.



E tudo se repetia trocentas vezes...imagens, cenas e o texto da notícia. Até o cansaço. Hoje, só vai dar isso! Veja abaixo a notícia da prisão sendo anunciada no Plantão da NHK!



A palavra do dia está na faixa que a polícia de Chiba fez especialmente para colocar na entrada da delegacia, no mesmo lugar onde estava o cartaz sobre a recompensa para quem oferecesse informações úteis.



PALAVRA DO DIA

逮捕・taiho・prisão

Ex.:

逮捕にご協力ありがとうございました・taiho ni gokyouryoku arigatou gozaimashita・Obrigado pela cooperação na prisão (de Tatsuya Ichihashi).



Um comentário:

  1. finalmente, prenderam o rapaz! escrevi no meu blog que tenho pena dele também e uma leitora não gostou...

    eu penso assim sabe. o cara matou, é assassino sim. mas não parecia ser um bandido. porque será que fez isso?? o que passa pela cabeça dele? e os pais? imagina descobrir que o filho virou um assassino??

    eu acho triste para as duas famílias : (

    ResponderExcluir