31/10/2009

Gente Muito Japão 2

Na seção Gente Muito Japão, eu, Julio Cesar Caruso, gostaria de apresentar pessoas que, como eu, estão de alguma forma entre dois mundos, Brasil e Japão. Gente que canta, que escreve, que é fã, que dança, que narra, que trabalha, enfim, japoneses que admiram o Brasil e brasileiros que admiram o Japão e que com talento contribuem para o intercâmbio entre os dois países. Na primeira entrevista, eu conversei com a cantora Masako, nascida e criada no Japão, mas meio que, digamos, "naturalizada"...carioca! (rs). Se você perdeu a entrevista, é só clicar aqui!

Hoje vocês irão conhecer a Elisângela Ramos Leite, uma brasileira - carioca - que lançou o livro Estudante de japonês?! Eu?! Memórias de uma universitária. Como o próprio nome já dá a deixa, no livro, Elisângela fala sobre os motivos pelos quais resolveu trancar o curso de inglês, da Faculdade de Letras - UFRJ para estudar japonês, sem nunca antes ter pensado em tal possibilidade. No livro, Elisângela fala sobre sua vida na faculdade, seu contato com o povo japonês e sua cultura, sua viagem ao Japão e principalmente, sobre a importância de se correr atrás de um sonho!


Nesta entrevista EXCLUSIVA para o Muito Japão, a autora do livro conta o porquê de lançar o livro Estudante de japonês?! Eu?! Memórias de uma universitária e revela o que mudou em sua vida depois que aprendeu o idioma. Elisângela ainda dá dicas para quem está estudando japonês e fala um pouco sobre sua vinda ao Japão! Confira agora a entrevista com Elisângela Leite!

Olá, amigos do blog Muito Japão! Sou Elisângela Leite, professora de língua japonesa e autora do livro Estudante de japonês?! Eu?! Memórias de uma universitária, livro recém-publicado pela Editora Publit. Primeiramente, gostaria de agradecer o convite do amigo Julio Cesar Caruso em ceder o espaço no seu blog para divulgar o meu livro e conversar um pouco com todos vocês. O livro narra minhas experiências enquanto estudante de língua japonesa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (de 1996 a 2000). Descreve os motivos pelos quais tranquei o curso de inglês, por que razão decidi estudar japonês e como me tornei uma estudante de língua japonesa sem nunca antes ter pensado em tal possibilidade. Relato o contato com o povo japonês, os costumes, a cultura, os eventos japoneses, a minha viagem ao Japão para participar de um Congresso de Estudantes, o ambiente universitário, a importância dos professores na minha formação intelectual, os amigos.... Está imperdível. Vale à pena conferir!


1) Quando decidiu mudar de inglês para japonês, como reagiram seus amigos e parentes?

A princípio, os amigos acharam que eu era “doida” (rsrs), por querer estudar uma língua tão diferente. Depois disseram que eu era “excêntrica” (rsrs). O interessante é que com o tempo, eles não conseguem mais dissociar minha imagem da do Japão e sempre que veem alguma reportagem sobre o país, eles me telefonam avisando ou depois comentam que lembraram de mim.

2) O que mudou na sua vida depois que aprendeu a falar japonês?

Muita coisa! Assim que retornei da viagem ao Japão, percebi que incorporei à minha fala o “né”. Não conseguia falar uma palavra sem usar o “né”. Quem estuda japonês sabe como é, NÉ” (rsrs). Mas a mudança é mais profunda: maneira de se comportar, de pensar, etc. Hoje sempre que telefono para alguém pergunto: “Pode falar agora?”, que é a tradução de “ Ima ii desu ka”. Passei a apreciar a culinária japonesa e até a minha casa é decorada com enfeites japoneses.

3) Quando e por que teve a ideia de lançar o livro?

Primeiro, tive a ideia de escrever apenas. Quando me lembro dos rascunhos e pedaços de folhas onde escrevia o texto, não pensava em publicar. Mas, depois que terminei, pensei: “Está tão lindo! Por que não compartilhar com outras pessoas”. Então, decidi publicá-lo, pois acredito que as minhas experiências possam servir de incentivo a outros estudantes e pessoas em geral, a fim de que nunca desistam dos seus sonhos, por mais difíceis ou “excêntricos” que pareçam ser.

4) Quem deveria ler o seu livro?

Pessoas que gostam de leitura, os que se interessam por língua e cultura japonesas, aqueles que compartilham valores como: a importância do estudo na formação do cidadão, a valorização do trabalho do professor, da amizade, da família.


5) Que boas lembranças você guarda do Japão?

Os professores, os amigos, a belíssima natureza do país (seja qual for a estação do ano), o ofuro, a neve (foi a primeira vez que vi neve), lojas de hyaku en (tipo R$1,99), a disciplina japonesa, o cheiro do Japão,etc. Muitas boas recordações. Poderia ficar horas falando.

6) Que más lembranças guarda do Japão?

Não tenho nenhuma. Mas, posso falar de algo que estranhei? No primeiro mês em que morei no Japão, achei o país muito sonoro e visual. Ao passar pelas portas das lojas, as inúmeras máquinas apitavam e piscavam com suas luzes e então percebi que estava num país de alta tecnologia. Sem falar nas muitas propagandas penduradas dentro dos trens e metrôs. Mas, no segundo mês já havia me acostumado.

7) Gostaria de morar no Japão? Por que?

Que pergunta tentadora! (Rsrs). Tudo é possível, né?

8) O que julga mais difícil no aprendizado da língua japonesa?

O estudo de kanji (ideogramas chineses), porque são muitos! (Rsrs). Tem que saber ler o kanji, saber escrever o kanji, saber o significado do kanji! Ufa!!! (Rsrs).

9) Que conselho daria para quem está estudando japonês?

1º conselho: Seja cara-de-pau! (Rsrs). Converse em japonês para praticar o que estudou, mesmo que erre. O erro faz parte do aprendizado. Procure usar tudo o que aprendeu escrevendo ou falando. Se souber apenas “ohayoo gozaimasu” (Bom dia!), fale e escreva. Verá que com o tempo estará falando melhor e escrevendo melhor. Lembre-se que para chegar ao milésimo passo, terá que ter dado o primeiro. 2º conselho: Estude muiiiiiiiiiiiiito! (Rsrs) e Boa Sorte! (Gambatte, né)



Obrigada a todos os fãs do blog Muito Japão, assim como eu também sou fã. Espero que tenham curtido a entrevista e caso tenham mais perguntas podem enviar para o blog ou para o meu e-mail: elisangela25@hotmail.com. Prometo responder a todos. Agradecimento especial ao amigo Julio Cesar Caruso, quem conheci na Faculdade de Letras no dia da matrícula e foi a primeira pessoa que me falou a respeito de estudar japonês. Logo, faz parte do meu livro e dessa minha história enquanto estudante de língua japonesa. Encerro a entrevista com uma frase do Príncipe Naruhito e que está no meu livro: “Somos responsáveis por construir nossas próprias memórias, mas muitas delas são feitas por outros”. Um abraço carinhoso em todos e até a próxima!

Quem quiser também pode comprar o livro da Elisângela pelo site da editora Publit. Basta clicar aqui! Aproveito para agradecer à Elisângela pela entrevista e desejar sucesso nas vendas do livro! Até a próxima!

30/10/2009

Muito BRASIL no Japão


Nove dançarinos brasileiros – cariocas – integrantes da companhia de dança Grupo de Rua, sob a direção e coregrafia de Bruno Beltrão, se apresentaram aqui no Japão no próximo mês! O grupo se apresentará entre os dias 7 e 11 de novembro no Festival Tokyo – Autumn. Esta é a primeira vez que o coreógrafo brasileiro vem ao Japão! Mais informações sobre a aprensentação do grupo, você encontra no site do festival. Clique aqui.

Conheça agora um pouco (um pouco mesmo) do Grupo de Rua!



A apresentação será no Nishi-Sugamo Arts Factory, em Tóquio, cerca da estação de Nishi-Sugamo da linha Toei Mita. Outra opção é a estação de Shin-Koshinzuka da linha Toden Arakawa.


にしすがも創造舎
〒170-0001 東京都豊島区西巣鴨4-9-1
TEL. 03-5961-5202 FAX. 03-5961-5207


28/10/2009

Sargento da polícia é detido por policial (!?)

Que tarado nos trem aqui no Japão tem aos montes, todo mundo já deve saber. Aliás esse assunto já rendeu até um filme (para o ver trailler, clique aqui) e, além disso, vira e mexe sai no jornal alguma matéria sobre chikan (ticã)・痴漢, nome dado em japonês a esses criminosos - porque isso é crime - que molestam as pessoas, normalmente, dentro dos trens e metrôs. Cartazes alertando que a ação de molestar é crime é o que também não falta. Ontem li uma matéria sobre um sargento da polícia, isso mesmo, sargento da polícia japonesa (!!!), e ainda chefe do divisão de medidas contra o crime organizado (!!!), que foi detido por outro policial após ser flagrado tirando foto por baixo da saia de uma mulher no trem!!

Segundo a matéria, no dia 18, por volta das 18h, o sargento estava voltando para casa de trem pela linha Hibiya, quando usou o celular para tirar foto de uma mulher por baixo da saia dela. Um outro policial que estava no mesmo vagão, viu a cena e forçou o sargento a descer na estação de Iriya. Nesse momento o sargento mesmo quebrou o celular e com isso perdeu-se o registro das imagens. O chefe da Agência Nacional de Polícia informou que lamenta muito por isso ter ocorrido com um de seus homens justamente agora em que a polícia está reforçando o policiamento nos trens e metrôs para inibir a ação desses criminosos e advinha o que mais ele disse! O de sempre: "Vamos tomar providências para que isso não volte a ocorrer". Ainda segundo a reportagem, como punição, o sargento teve um corte de salário, mas ele mesmo - por livre e espontânea pressão - pediu demissão.



JAPONÊS・日本語

警官が電車内で盗撮、見つかると携帯折る 処分受け辞職

車内で女性のスカート内を盗撮したとして、警視庁は26日、築地署刑事組織犯罪対策課巡査部長の50代の男を都迷惑防止条例違反の疑いで書類送検した。同庁は23日付で減給の懲戒処分とし、巡査部長は辞職した。調べに対し「興味があって撮影した。ほかにも数回、同様の行為をした」と供述しているという。人事1課によると、元巡査部長は9月18日午後6時ごろ、東京メトロ日比谷線の車内で女性のスカートの中をカメラ付き携帯電話で撮影した疑いがある。乗り合わせた警察官が見つけ、入谷駅で下車させた。その際、元巡査部長は携帯を折って壊したため、画像の記録が消えたという。元巡査部長は帰宅途中だった。電車内の痴漢の深刻化を受け同庁が対策に乗り出している中での事件。同庁の桜沢健一・警務部参事官は「職員がこのような事案を起こし、誠に遺憾。今後職員の指導を徹底し、再発防止に努めていきたい」とコメントした。


FRASE DO CARTAZ:

痴漢は犯罪です!

chikan wa hanzai desu!

Molestar é crime!





24/10/2009

AVISO: Comentários Respondidos!

Foram respondidos os comentários nos seguintes posts:

Scatman em Japonês,
Ela está de volta!,
禁止・禁止・禁止・・・,
Twitter Muito Japão 300,
Charada em Japonês,
Quantos livros os japoneses lêem por mês?,
Porque imagem é tudo...

E se você não comentou em nenhum destes post, não há problema algum. Pode comentar quando quiser. Na próxima leva, eu tentarei responder. Obrigado a todos que comentaram e àqueles que tbm não deixaram comentário por escreito, mas prlo menos acessaram o Muito Japão!

Novo Sabor da Pepsi

Pois é! Se você pensou "lá vem!" ao ler o título, lá vem mesmo! Estava demorando! A mesma Pepsi Japão que lançou o refrigerante sabor de Iogurte , Abacaxi com Limão (cor azul!!) e até de Pepino, lançou, no último dia 20 de outubro, mais um sabor daqueles!! Apelidado de "Cola Oriental", a nova Pepsi Cola é de sabor AZUKI!!!

Não sabe o que é azuki? No Muito Japão 1 tem um post sobre esse sabor que encanta o paladar dos japoneses. Clique aqui para ler mais. Confesso que só descobri esse novo sabor hoje quando fui no supermercado. Tirei até essa foto com meu celular...

...mas realmente, não tive nem coragem de comprar para experimentar. Se alguém aí já tomou, sinta-se à vontade para expor a opinião sobre a bebida! Mas me tire fora dessa! rs.


PALAVRA DO DIA:
変・hen・estranho

EX.:
またな味が出た!
Mata hen na aji ga deta!
Lançaram mais um sabor estranho!




23/10/2009

Porque imagem é tudo...


Só digo uma coisa: a promoção é real! Para celebrar o lançamento do Windows 7, o Burger King - um genérico do Mac - está com essa promoção de um sanduíche com 7 hambúrgueres!! E para as primeiras 30 pessoas que compraram no dia 22, o hambúguer foi vendido por 777 ienes (preço normal: 1450 ienes!!) A promoção, claro, é 期間限定・kikan gentei・por tempo limitado, mas precisamente, até o dia 28 de outubro.

22/10/2009

求人広告・CLASSIFICADOS Muito Japão


1. 募集の概要

(1)募集職種:日本研究・日本語・文化芸術交流分野の各種事務等

(2)採用人数:1名(試験の結果、誰も採用しないこともあります)、男・女不問

(3)採用時期:2010年1月以降を予定

(4)勤務場所:国際交流基金サンパウロ日本文化センター

(5)応募資格

勤務開始時期
2010年1月以降を予定(以前の可能性もある)

年齢(採用時)
原則35歳以下

学歴
大学卒業以上(在学中の方は応募できません)

資質(条件)

・ブラジル国籍を有している人(または日本国籍であっても永住権を取得されている人)。

・日本語及びポルトガル語が堪能な人。 ※英語又はスペイン語ができればなお可。

・Microsoft Word、Excel、Access、インターネット等の日本語プログラムで業務遂行が可能な人

・就業経験があれば望ましい(特に経理関係事務)。
2. 応募方法(1) 詳細はコチラ

応募受付期間:2009年11月13日 金曜日まで。
締め切りを過ぎた応募は一切受け付けられません。  

21/10/2009

Qunatos livros os japoneses lêem por mês?

Foi publicado no Asahi de hoje, o resultado de uma pesquisa sobre o hábito de leitura dos japoneses. Participaram da pesquisa 1550 japoneses de todo o país, na faixa etária dos 20 aos 60 anos. A pesquisa mostra a média de livros que os japoneses lêem por mês. “1 livro”, respondeu a maioria (29.2%). Cerca de 10% dos entrevistados responderam que lêem ”mais de 5 livros”. Por faixa etária, 27.4% dos japoneses na faixa dos 30 anos, responderam que “não lêem livro algum”. Já na faixa dos 60 anos, 32.2% dos entrevistados afirmaram ler mais de 3 livros por mês. Entre os que responderam não ler livro algum, cerca de 30% afirma que não lê por estar ocupado com o trabalho, com os afazeres domésticos ou com os estudos. Não lêem “porque não há nenhum livro que queiram ler” ou porque “não sabem que livro ler”, afirmou 20.2% dos entrevistados. Enquanto que outros 15.8% dos japoneses dizem que não faz falta ler livro. O resultado da pesquisa mostra que o hábito de ler livros na infância influencia na quantidade de livros que o adulto lê. Mais de 40% daqueles cujos pais leram livros para eles quando eram pequenos afirmam ler hoje mais de 3 livros por mês. Já 37.4% dos que não tiveram essa experiência afirmam não ler nenhum livro sequer por mês.


JAPONÊS・日本語


1カ月間に本を1冊も読まない人は23.7%――。読書推進活動をしている財団法人・出版文化産業振興財団(JPIC)が、来年の国民読書年を前に行った「読書実態と意識に関する調査」で、そんな実態が明らかになった。  全国の20代から60代の人を対象にインターネット調査を実施。1550人から回答を得た。1カ月に読む本の冊数は「1冊」が最多の29.2%。「5冊以上読む」と答えた人は10%だった。「0冊」と答えた人が多いのは30代で、この世代の27.4%にのぼった。「3冊以上読む」と答えた人は60代が最も多く、32.2%いた。  「0冊」と答えた人に理由を聞くと、30%の人が「仕事、家事、勉強が忙しくて時間がない」と答えた。20.2%の人が「読みたい本がない、何を読んでいいか分からない」、15.8%の人が「読まなくても不便はない」。  調査では、子どものころの読書体験が読書冊数に大きな影響を与えていることが分かった。親から本を読んでもらったり、薦められたりした人の4割以上が1カ月に3冊以上の本を読んでいる。そうした体験がない人の37.4%が1冊も読んでいなかった。(西秀治)


PALAVRA DO DIA:

~冊・satsu・unidade de contagem de livros e revistas

EX.:

世代別、1カ月平均の読書

sedaibetsu, ikkagetsu heikin no dokusho satsusuu

Média do números de livros lidos em um mês, por faixa etária (geração)

20/10/2009

CHARADA em JAPONÊS! RESPOSTA !

Chegou o momento que todos esperavam! A resposta da charada em japonês! Mas antes, gostaria de parabenizar o Laerte, o Ick, o Luizcboda, o Celso, Jackie Chan e a Masuyo que acertaram na mosca !! Muita gente deixou a veia artística rolar solta e abusou do chutômetro, mas não conseguiu matar a charada. Até se cogitou ser uma palavra mesmo, mas vale frisar que se trata de uma charada, pegadinha, um jogo de palavras. Uma prova de que apesar de toda a carga de tradição e cultura que carrega a língua japonesa, como outra língua qualquer falada atualmente no mundo, a língua japonesa está viva e, consequentemente, em constante mutação e adaptação aos novos tempos.


アイスクリーム(バニラ) aisukuriimu (banira)



Bom mas, chega de blá-blá-blá e vamos ao que interessa! É sabido que a língua inglesa exerce bastante influência na evolução (ou, em certos casos, no retrocesso) de muitas línguas atualmente. Assim como o “deletar” e o “printar” teimam em tomar o lugar do “apagar” e do “imprimir” no português, na língua japonesa, muitas palavras de origem inglesa são utilizadas, mesmo que haja seu correspondente no idioma nipônico. Vejamos alguns exemplos:



Sutaffu ・スタッフ(職員)・staff, funcionário
Deribarii ・デリバリー(配達)・entrega em domicílio
Nachuraru ・ナチュラル(天然)・natural
Miittingu ・ミーティング(会議)・reunião
Mochibeeshion ・モチベーション(動機づけ)・motivação
Reshipi・レシピ(調理法)・receita (culinária)


A lista é bemvasta! Bem vasta mesmo! (Para mais exemplos, clique aqui) Embora alguns estudantes de japonês se rebelem e insistem em querer utilizar as palavras em ideogramas ou, digamos, em "japonês puro", os próprios japoneses, principalmente da nova geração, não vêem problema algum em dizer リベンジ・ribenji, em lugar de 復讐・fukushuu (vingança), por exemplo. Tem horas que realmente fica difícil engolir, mas fazer o quê?...se os próprios japoneses preferem a versão em pseudo-inglês.


O mesmo acontece com as cores por exemplo. “Preto”, “branco” e “verde”, em certos casos, (em certos casos em hein! Não é sempre!), em japonês, vira burakku, hoaito e guriin. Ah sim! “Azul” também! É possível dizer buruu! Com os números é a mesma coisa! Um filme por exemplo que está na “parte 2”, em japonês está na paato tsuu. Há uma loja de conveniência chamada Three F. Em japonês se diz surii efu. Isso mesmo! “Três” em inglês-de-japonês é surii.


Muito bem! Agora ficou mole, mole, fácil, fácil matar a nossa charada!!! Reparem! São três ideogramas que representam a palavra "azul". "Três + Azul"...ou melhor...."Azul + Três"! Leia agora em inglês-de-japonês e terá a resposta!!!! "Azul+Três" ou buruu + surii ....buruu surii !!!! Ainda não??? Leia em voz alta!! É ELE!

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

*

ブルース・リー・Buruusu Rii

(JAPONÊS・日本語)

李小龍

(CHINÊS・中国語)

Parabéns a quem acertou ! おめでとうございます!

17/10/2009

Twitter Muito Japão 300 !


TREZENTOS! Isso mesmo! Já passa de TREZENTOS (300) o número de seguidores do MUITO JAPÃO no Twitter!! Inacreditável! Parece que foi ontem que comecei a twittar e quando me dou conta do número de seguidores, 301! Obrigado a todos que se inscreveram e continuam firmes e fortes seguindo o Muito Japão pelo Twitter tbm!

E você que ainda não é seguidor, o que está esperando? Para se inscrever é muito fácil! Basta clicar na palavra Twitter que você encontra na barra lateral esquerda! Pelo http://twitter.com/muitojapao2, você não só fica sabendo quando o blog foi atualizado, mas também recebe informações diversas sobre meu dia-a-dia no Japão ou algum assunto que esteja em voga por essas bandas. Mais uma vez muito obrigado a todos que já são seguidores!


フォローしていただいている皆様、ありがとうございます。

16/10/2009

禁止・禁止・禁止・禁止・・・

Mais uma da série "P ou P", ou seja, Proibido ou Perigoso. Isso porque às vezes eu tenho a nítida impressão que muitas das placas aqui do Japão indicam algo que, quando não é proibido (em japonês, 禁止・kinshi - palavra do título deste post), é perigoso (危険・きけん・kiken) e vice-versa. Creio que o número de placas com estes dizeres seja um pouco acima do normal... não sei, pode ser só impressão minha. Recentemente escrevi um post sobre uma placa que dizia que era proibido cortar caminho pelo posto de gasolina e sobre o perigo de se passar por um canteiro na rua (Não leu? Clique aqui!)! Veja esta outra placa que eu mesmo fotografei na estação de Asakusa, esta semana.



PROIBIDO FAZER NA ESTAÇÃO

Nas dependências, bem como, nos corredores desta estação, é proibido consumir bebida alcóolica, deitar no chão, sentar, agachar, ficar parado em pé ou qualquer outra ação que possa causar incômodo aos passantes.


Chefe da Estação de Asakusa, Linha Tobu
Chefe da Delegacia de Polícia de Asakusa

PALAVRA DO DIA:

息をする・iki wo suru・respirar

EX.:

息をすることは大丈夫です!

iki wo suru koto wa daijoubu desu!

Respirar pode !


13/10/2009

ELA está de volta!

A brasileiríssima modelo Kelly está arrasando mais uma vez por essas bandas! Ela deixou as capas dos catálogos de roupas íntimas da PJ (está boiando? clique aqui) e agora estrela maravilhosamente bem o novo comercial do hidratante Happy Time da Nivea! E põe Happy Time nisso!



Sensual e bem brasileira, Kelly aparece dançando, feliz e contente e com muita saúde...if you know what I mean! Aliás, no próprio site da Nivea, os caras além de dizerem com todas as letras que ela é filha de pai e mãe brasileiros, eles só tecem elogios à moça!


Kelly

O pai é brasileiro, descendente de japoneses e a mãe, brasileira, descendente de italianos. Com um corpo escultural que qualquer roupa lhe cai bem, a modelo está em diversas capas de revistas de moda e participa de inúmeros desfiles. Seu hobby é ler, ouvir música, comida orgânica e preparar doces, no que aliás ela é tão boa, que já chegou a mostrar seus dotes (culinários!!!) em revistas. Ela também manda ver em kickboxing, dança do ventre e yoga.


Veja o comercial que está passando agora na tevê japonesa! Clique aqui!

FRASE DO COMERCIAL:

一日つづくほのかな香りとすべすべの

ichichi tsuduku honokana kaori to subesube no hada

Suave fragância que permanece durante todo o dia e a pele macia

SCATMAN em JAPONÊS!!

Quem não lembra do hit Scatman com o famoso refrão que dizia algo como bara bara pii papa para pô, papa para pô?! Não lembra (ou minha explicação não ajudou em nada)? Então clique aqui e assista ao vídeoclipe da música que foi hit em 1995.




Pois fiquem sabendo que há uma versão da música em japonês!! Isso mesmo! Aquele famoso rap Scatman, rápido e em japonês!!! E como se não bastasse a tradução, para deixar a versão japonesa ainda mais Muito Japão, a nova versão é cantada por ELE: ULTRAMAN!!! O quê? Não acredita!? Acredito que você não acredita, até porque os próprios japoneses, poucos sabem disso. Não é à toa que em todo programa que mostra esse clipe do Ultraman bancando o rapper, os japoneses ficam abismados!! Ficou curioso também? Então lá vai! Veja o clipe do Ultraman cantando a música Scat Ultraman!










PALAVRA DO DIA:

ウルトラマン・urutoraman・Ultraman

EX. (frase do vídeo):

ウルトラマンは様々な怪獣から地球を守る子供たちのヒーロー

urutoraman wa samazama na kaijuu kara chikyuu wo mamoru kodomotachi no hiiroo

O Ultraman é o herói das crianças que protege a Terra dos diversos monstros

12/10/2009

Comentários Respondidos!

Aproveitei o feriado de hoje para responder a alguns comentários deixados nos últimos posts. Veja se o seu foi respondido. Não esqueça de que você também pode enviar seu comentário por email. O endereço, você encontra na barra lateral esquerda! Se você ainda não comentou, mas quer deixar sua opinião em qualquer um dos posts já respondidos, sinta-se à vontade! Na próxima leva, eu respondo! Obrigado a todos pela participação!

Hoje é feriado no Japão !


"Tá vendo!! Depois falam que no Brasil é que tem muito feriado!!!". Esta foi a frase que eu mais ouvi ao contar para os meus amigos e parentes no Brasil que eu estaria em casa nesta segunda-feira, dia 12, porque era feriado aqui no Japão. Não é Dia das Crianças e muito menos Dia da Padroeira. Hoje é Dia da Saúde e do Esporte (em japonês 体育の日・tai-iku no hi). Antigamente, o Dia da Saúde e do Esporte era comemorado no dia 10 de outubro, quando foram realizadas as Olimpíadas em Tóquio, em 1964. A partir do ano 2000, pela lei japonesa chamada ハッピーマンデー制度・Happy Monday System・Sistema da Segunda-feira Feliz, ficou decidido que o feriado seria comemorado toda segunda segunda-feira do mês de outubro.

E por falar em Olimpíadas, ontem, isso mesmo, ontem, 11de outubro de 2009, foi realizada uma coletiva de impressa com os prefeitos das cidades de Hiroshima e Nagasaki, que estudam a proposta de realizar os jogos de 2020, nas duas cidades (em japonês: 共同開催・kyoudou kaisai).


Além de concorrer com o resto do mundo, eles terão que brigar com Tóquio, que já demostrou intenção de se candidatar novamente. Além disso, eles terão outra tarefa mais difícil: convencer a comissão organizadora a realizar as Olimpíadas em duas cidades simultaneamente, o que não está previsto no regulamento. (Japão e Coreia? Aquilo lá foi Copa do Mundo...sim, mas concordo que não deixa de ser um indício de que impossível não é!).



PALAVRA DO DIA:

体育の日・tai-iku no hi ・Dia da Saúde e do Esporte


EX.:


今日はせっかくの体育の日で、(会社も休みなので)、一日中、寝ちゃいます。


kyou wa sekkaku tai-iku no hi de, (kaisha mo yasumi nanode), ichinichijuu, necchaimasu.



Como hoje é Dia da Saúde e do Esporte, (e tbm não tem trabalho), vou dormir o dia inteiro.

ERRATA: A palavra Olimpíadas pode ser escrita assim オリンピック ou assim 五輪, mas ambas são lidas como orinpikku.





07/10/2009

HOJE tem PERTIFICANDO!

Hoje no Festival Cinema Brasil tem PERTIFICANDO!! O que é isso? É o nome de um filme! Aliás, não de “um” filme, mas sim “do” filme que EU participei!!! Mais detalhes, você confere no decorrer deste post!! Primeiro, acho que preciso explicar um pouco sobre o nome do filme e de que se trata a película em si.

O nome é este mesmo: Pertificando! Digamos que seja um neologismo criado no afã de transmitir a idea de que Brasil e Japao estão separados geograficamente, porém, juntos, pertos um do outro, de alguma forma. O filme faz uma viagem pela música brasileira no Japão e mostra como os dois povos, brasileiro e japonês, vêm se interagindo um com o outro e concretizando um intercâmbio cultural através da música.




Com cenas gravadas no Brasil e no Japão é impossível não se identificar com gestos, lugares, expressões e músicas que aparecem no filme que, na verdade, é um documentário sobre o passado, o presente e o futuro da música brasileira nascida no Japão. O filme mostra diversos músicos brasileiros, mas há também japoneses, muitos japoneses, amantes da música do Brasil e que ganham a vida – alguns por hobby mesmo – cantando a nossa música, uns em português e outros, em japonês mesmo!


O que eu fiz no filme? Se você está pensando que eu fiz uma simples ponta ou um papel de figurante gringo, você está redondamente enganado! Mas se você achou que EU sou o personagem principal dessa história, quem viajou para longe foi você!! Eu apenas ajudei na transcrição e tradução, não só de algumas legendas do filme, como também na tradução de emails entre a diretora japonesa Akiko Nagura e os integrantes brasileiros do filme.



Esta não foi a primeira vez que ajudei um diretor de cinema japonês com a língua portuguesa. Da outra vez um diretor japonês me pediu para transcrever e traduzir o script das cenas em que ele gravou no Brasil e eram faladas em português. Desta vez, minha contribuição foi bem maior e consequentemente mais trabalhosa, bem mais, mas ao mesmo tempo aprendi muita coisa. Foi uma grande experiência. Obrigado a diretora Akiko Nagura pela oportunidade e espero que o filme faça sucesso e que acima de tudo, consiga incentivar ainda mais o intercâmbio entre brasileiros e japoneses.


Quem puder prestigiar, aí vão os dias e horários :

TÓQUIO – DIA 8 – 18h40

OSAKA – DIA 15 – 20h10

Que tal pegar um cineminha hoje?


HOJE no FESTIVAL CINEMA BRASIL em TÓQUIO, dois filmes INÉDITOS no JAPÃO!

O SIGNO DA CIDADE
(16h20)






SE EU FOSSE VOCÊ 2
(21h)





Para saber os horários e a programação do dia inteiro, clique aqui.