28/01/2010

MUITO JAPÃO NOTÍCIAS: Japonês é preso por manter "matriz" e "filial" por mais de 1 ano


Essa saiu ontem no ASAHI! Um japonês de 34 anos manteve "matriz" e filial por mais de 1 ano! Não entendeu? O cara casado se casou com a colega de trabalho!!! Conclusão: acabou detido!! Segundo a matéria publicada ontem, dia 28 de janeiro, Masakazu Shichiza, pediu aos pais de uma colega de trabalho a mão da moça em casamento. Isso foi em agosto de 2007. A moça tinha 39 anos, ou seja, devia estar desesperada para casar! Em novembro, quando o carinha foi registrar o casamento na prefeitura local - onde emitem a certidão do casamento civil - foi recusado, simplesmente porque o cara já era casado(com filho e tudo!!!) Bigamia no Japão é proibido perante à lei e considerado crime passível de penalidades.


O japonês gente fina acabou se "casando" mesmo assim. Na matéria não fala em cerimônia de casamento, mas diz que eles receberam ¥600 mil em dinheiro como celebração do casamento. (Para quem não sabe, aqui no Japão, os convidados dão de presente aos noivos um envelope com dinheiro. Quanto mais íntimo, maior deve ser o valor!)


A farsa só foi descoberta quando a "esposa-filial" foi retirar, também na prefeitura, o documento que comprovava a residência deles e, qual não foi sua surpresa, ao descobrir que ele não estava registrado e que ela permanecia solteiríssima!! Para comprovar de vez que o cara é gente finíssima, ainda segundo a reportagem, ele é ainda acusado de agredir a moça (a "filial") com socos, quando fica "p" da vida.



JAPONÊS・日本語

独身と偽って婚約し、別の女性と生活をしたとして、丸亀署は、丸亀市北平山町2丁目、介護士七座(しちざ)正和容疑者(34)を詐欺と電磁的公正証書原本不実記録未遂などの疑いで逮捕した。  同署によると、七座容疑者は妻子がいるのに職場で知り合った女性(39)と婚約し、07年8月、女性の両親に「お嬢さんを下さい」と言って信じさせ、同11月に丸亀市役所に婚姻届を提出。重婚のため受け付けられなかったが女性には隠し、翌月、「結婚祝い金」として60万円をだまし取った疑い。昨年5月ごろ、女性が住民票を取りに行き未登録が発覚。同容疑者は憤慨して女性を殴るなどした疑いももたれている。  同容疑者は07年2月に結婚したが、約1年半、女性と旅行に行ったり写真を撮ったりするなどして、二重生活がばれなかったという。



PALAVRA DO DIA

Aparece no texto a palavra BIGAMIA, em japonês, 重婚・JUUKON. Mas acho que como PALAVRA DO DIA vou colocar outra muito boa e que está relacionada com o assunto. POLIGAMIA・一夫多妻・IPPUTASAI (Qualquer semelhança com alguma frase em português - usada ao querer expulsar alguma profissional do recinto - é mera coincidência). Aliás, olhando os ideogramas, a palavra é, digamos, bem óbvia! (um) (marido) (muitas) (esposas)!

4 comentários:

  1. Muito interessante esta postagem!
    Vai entender as motivações humanas, principalmente, no caso, japoneses.
    Se ele consegue amar tanto as duas a ponto de querer se casar, teria até certo romantismo, não fosse o crime, que é.
    Se foi pelos 600 mil, então o barato saiu muito caro. Vá lá entender...
    Só uma pequena ressalva, embora não seja especialista, tenho tentado entender o universo dos "solteiros", afinal comecei a escrever para esse público.
    Percebi que tanto os homens quanto as mulheres, procuram o "casamento" com mais afinco, dos 25 aos 35 anos.
    Depois vem uma certa calmaria. Já da até para começar a escolher com tranquilidade. Sem generalizar é claro...
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Rapaz SUPER GENTE FINA esse daí. xD

    ResponderExcluir
  3. Uma das coisas que sinto falta aqui e' o Noticias Populares (jornal de S. Paulo) que era especializado nesse tipo de estoria.

    Eu tinha como ritual parar na banca de jornal que ficava no caminho pro servico toda manha pra ver a primeira pagina. Era muito divertido...

    Nao que no Japao nao haja estorias assim. Ha material mais do que suficiente pra um jornal diario. Um amigo medico ginecologista residente (aqui no Japao) me conta cada estoria... coisa que nunca ouvi mesmo no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Que história louca!

    Ontem ouvi na televisão a história de um homem que casou em Portugal e depois foi para a Venezuela e voltou a casar. Sem se separar.
    Entretanto morreu e ambas as esposas foram para tribunal por causa da herança!

    A bigamia também é crime aqui em Portugal, mas mesmo assim o tribunal decidiu dividir a herança pelas duas esposas... Muito estranho!

    ResponderExcluir