26/02/2011

Chegou o dia 26 de fevereiro !

Era o dia em que todos os fãs japoneses - e os não também - esperavam para o início das vendas do novo Nintendo 3DS, o Nintendo com imagens em 3D, mesmo sem nenhum óculos especial! Isso mesmo! Eu também quando ouvi pela primeira vez isso, qdo anunciaram ainda nos jornais, fiquei meio na dúvida e, para ser ainda mais sincero, incrédulo! 


Mas eu mesmo vi e comprovei! Eu vi com meus próprios olhos o novo Nintendo e realmente, tudo em 3D, exatamente como se estivesse de óculos! Lindo! Não, eu não comprei. Eu apenas passei pela estação de Akihabara onde eles armaram um estande especial para as pessoas poderem ver como são as imagens de cada jogo. Simplesmente maneiríssimo!

Eis que chega o grande dia! Segundo a matéria publicada no jornal Asahi, em uma loja de Ikeburo, antes das 10h, horário da loja abrir, já havia cerca de 900 pessoas na fila! Ainda segundo a matéria, o primeiro da fila, um estudante de 21 anos, chegou no dia anterior e passou a noite na porta da loja (como se eu fosse lá na mesma loja amanhã e não tivesse nunca mais o game), mas enfim...

O ShigueS do blog A Viagem de ShigueS fez um post maneiro sobre o novo Nintendo 3DS. Clique AQUI para ler o post!

Bom, quem quiser ver os comerciais de tevê do Nintendo novo, estrelado pelos membros do grupo Arashi・嵐,  é só clicar AQUI. Recomendo assistir também os três vídeos de apresentação・紹介映像 na parte inferior da página de vídeos! Muito maneiros! Todos em japonês somente...


Você vai saber por exemplo que no mesmo aparelho é possível jogar com imagens em 2D também - para quem se cansar de 3D -  e que com o novo Nitendo 3DS é possível tirar fotos em 3D!! 

Maneiras também são as recomendações que os caras fazem quanto às imagens em 3D! As recomendações estavam não somente na exposição, como está claramente no site oficial do game e, acredito eu, que devem estar também no manual de utilização. Vejam só as recomendações em português claro:

- A maneira de ver uma imagem em 3D pode variar de pessoa para pessoa. Esteja ciente de que pode ser que não seja possível ver as imagens em 3D dependendo das condições corporais, física de cada pessoa, além de conteúdo da imagem em si, o ambiente etc.

- Evite utilizar em caso de não estar se sentindo bem fisicamente ou cansado. Pare imediatamente de jogar, caso se sinta mal.

- Para crianças com idade inferior a 6 anos, não é recomendado que se olhe imagens em 3D por um período muito longo, pois isso pode trazer más consequências ao desenvolvimento dos olhos. Nestes casos, configure o jogo para ver em 2D.

Agora! Tem um aviso no site oficial que eu achei DEZ! (risos)

Em português claro seria..


IMAGENS DAS TELAS PUBLICAS NO SITE
______________________________________________

É possível ver as imagens em 3D do "NINTENDO 3DS" 
somente no aparelho em si. 
Todas as imagens publicadas aqui estão em formato 2D.


...ou você achou mesmo que até no site as imagens estariam todas em 3D?????? (risos)

Jovem japonês invade a cabine do motorista de ônibus, mete a mão no volante e causa acidente

Li agora uma notícia sobre um universitário japonês de 22 anos que causou um acidente feio em uma estrada em Hiroshima. Segundo a reportagem, o nipo-carinha, depois de ido e voltado várias vezes do assento para a cabine do motorista, segurou o volante e fez com que o ônibus perdesse a direção e tombasse!!

Ainda segundo a reportagem, o nipo-carinha pedia a todo momento para deixá-lo descer do ônibus, mas não era ouvido. Mas o grande problema não está nem aí! O problema foi o que o universitário japonês disse ao ser detido pela polícia!!!!

"Eu queria ME suicidar..."

Isso mesmo! Ele disse 自殺したかった・JISATSU SHITAKATTA, que em português claro seria isso mesmo: "Eu queria ME suicidar".

É mole?!? Que o cara seja japonês e queira se suicidar não é nenhuma novidade para ninguém! Mas daí a causar um acidente com um ônibus com outros passageiros dentro....?! Realmente fica difícil de entender a cabeça de um cara desses! 

Se ele dissesse algo como: " eu queria 'NOS' suicidar" (rs) ou mesmo a frase que todos os malucos assassinos daqui usam ("Poderia ser qualquer um. Eu queria era matar!") , eu até entenderia. Mas dizer que quer SE suicidar e envolve outras 11 pessoas?!? Vai entender!!


JAPONÊS・日本語




広島県の山陽自動車道で、高速バスが横転して乗客など11人がけがをし、大学生の男が、運転手からハンドルを奪って運転を妨害したとして逮捕されました。大学生は車内で何度も座席と運転席の間を行き来し、「降ろせ」などと話していたということで、警察で詳しい状況を調べています。
26日午前0時ごろ、広島県東広島市の山陽自動車道の下り線で、鹿児島市の「南国交通」の高速バスが横転し、乗客と運転手あわせて11人がけがをしました。警察はバスに乗っていた鹿児島市の大学3年生、楫田優希容疑者(22)が、運転手からハンドルを奪うなどして運転を妨害したとして、殺人未遂の疑いでその場で逮捕しました。その後の調べで、楫田容疑者はバスの後ろから2番目の座席に座り、ハンドルを奪う直前にも何度も座席と運転席の間を行き来して、「降ろせ」「降ろしてくれ」などと言いながら、運転手の腕をつかむなどしていたことが分かりました。調べに対して、楫田容疑者は「自殺しようと思ってハンドルを奪った」などと話しているということで、警察は車内での詳しい状況などについて調べています。



VOCABULÁRIO・ボキャブラリー

広島・hiroshima・Hiroshima
自動車・jidousha・automóvel
乗客・joukyaku・passageiro
警察・keisatsu・polícia
バス・basu・ônibus
大学・daigaku・universidade
ハンドル・handoru・volante
奪う・ubau・roubar
殺人未遂・satsujin misui・tentativa de homicídio
容疑者・yougisha・suspeito
座席・zaseki・assento
何度も・nandomo・várias vezes
行き来する・ikiki suru・ficar ir e voltando
運転手・untenshu・motorista
腕・ude・braço
状況・joukyou・condição

*Clique AQUI para ver a reportagem feita pela NHK.

24/02/2011

Treinamentos Japoneses

Impagável! O treinamento ocorrido na última terça-feira no Zoológico de Tama. O treinamento era para o caso de o tigre fugir da jaula depois de um terremoto. Lendo assim, parece até algo sério ou necessário - não restam dúvidas de que é sério e igualmente necessário se fazer um treinamento - mas vendo as imagens do treinamento em si, fica difícil associá-lo com seriedade...(risos)....se é que vocês me entendem... bom, o vídeo está aí para que vejam o treinamento!




Me fez lembrar outro treinamento ótimo que eu cheguei até a postar já no Muito Japão I ! Como os funcionários das estações de trem  podem se proteger de passageiros bêbados que os atacam com socos ou chutes! Sim! Os japoneses bêbados nos trens ou metrôs são terríveis! Quando não estão com bafo de pinga e cambaleando-se no interior dos vagões, ou vomitam na plataforma ou ficam estirados no chão... de terno e gravata e tudo! Mas os piores são os que se tornam violentos! E para saber como contê-los, nada como um daqueles treinamentos japoneses...  Detalhe para os japoneses que fazem papel de "bêbados" e usam coletes escritos "passageiro embriagado"・酔客!!


22/02/2011

SoftBank lança Smartphone da Disney

Para vocês que se amarram nos celulares daqui, uma novidade, principalmente, para as patricinhas: agora a linha de celulares SoftBank  - a mesma que vende o iPhone no Japão - em parceria com a Disney tem até smartphone!


Noveleiro!? Eu!?

Bom,  não posso dizer que eu sou noveleiro, noveleiro, mas tenho que confessar que "estou" noveleiro. Mas mesmo assim, não pelo fato de eu assistir a todas as novelas que estão passando agora e ficar sentado diante da TV esperando uma acabar para mudar de canal e ver outra, mas porque no domingo passado, me peguei correndo pela rua porque a "minha novela ia começar"!

Estou assistindo à novela Fuyu no Sakura, algo como, Cerejeiras de Inverno.


Comecei a assistir por acaso. Estava em casa, liguei a TV e qual não foi a minha surpresa ao ver minha cantora predileta - predileta é exagero, mas gosto muito dela - atuando como atriz! Eu nem sabia que ela tbm fazia isso! E olha, sem fanatismo, ela manda muito bem! Estou falando da cantora Miki Imai (em japonês: 今井美樹). 




Gosto dela por ter uma voz bem doce, canções com letras lindas e por um outro motivo que eu considero muito importante. Foi a primeira música japonesa que aprendi na faculdade. Música, música mesmo. Não trilha de animê ou coisa assim. Música de uma cantora japonesa da atualidade, muito famosa e que escutamos na aula para conhecermos uma música japonesa e ao mesmo tempo treinarmos o ouvido. Logo na primeira vez, achei linda a música! Indispensável dizer que eu não entendia tudo o que era cantado, mas mesmo assim, adorei a voz dela e a melodia.

Anos depois fui escutar novamente e depois de vir ao Japão e comprar vários CD dela e conhecer mais o seu trabalho, passei a gostar mais dela e a música, ficou ainda mais bonita. A cantora não é nenhuma mocinha de 20 anos, mas digamos que, faz meu tipo!

Bom, além dela tem outra gracinha que é a Rosa Kato, uma atriz muito boa também, filha de italiano com japonês - na vida real isso! Linda tbm! 



Bom, para as mocinhas, tem o Takeru Saito (佐藤健)...



...e o Kusanagi (草彅), membro do famoso grupo SMAP (primeiro da esq. para dir.)


Tem também o ator Masanobu Takashima (高嶋政伸)de cuja eu também gosto muito e já tinha visto como mocinho bom, mas como tipo vilão é a primeira vez e, como era de se esperar, o cara arrebenta!



A novela está ótima e mal posso esperar para ver o capítulo da semana que vem! Isso porque aqui no Japão, as novelas passam uma vez por semana e não duram tanto tempo como as do Brasil. E está é aos domingos! Por isso, domingo que vem, lá estou eu preocupado onde vou estar na hora em que começar a "minha novela".

Sem dúvida alguma, é, antes de tudo, um ótimo exercício para se conhecer não só a maneira de como o japonês é falado - se bem que alguns momentos parece meio fake - mas também muitas aspectos e lugares típicos do Japão. Assistir novela é praticamente um extermínio de vários coelhos com uma cajadada só! Eu recomendo!

撮影風景・BASTIDORES DA FILMAGEM



Ah sim! A primeira música que eu escutei e estudei em japonês foi Piece of My Wish! Com vocês, Miki Imai com Piece of My Wish !



Letra e Tradução AQUI !

Termino este post com um pensamento contido na música e que diz assim:

「諦めないで、全てが崩れそうになっても
信じて、あなたのことを」

"Não desista! Mesmo que tudo possa parecer estar por desabar,
Acredite em você"

20/02/2011

DoNaDa




JAPONÊS・日本語

ONEGAI

HATO NI ESA WO ATAENAIDE KUDASAI. HOKA NO O-KYAKUSAMA NO GO-MEIWAKU TO NARIMASU. GO-RIKAI, GO-KYOURYOKU WO ONEGAI ITASHIMASU

NISHIARAI EKICHOU

PORTUGUÊS・ポルトガル語

AVISO

NÃO DÊ COMIDA AOS POMBOS. ISTO CAUSA INCÔMODO AOS OUTROS PASSAGEIROS. OBRIGADO PELA COMPREENSÃO E COOPERAÇÃO.

CHEFE DA ESTAÇÃO NISHIARAI.

12/02/2011

O milagre da água que vira...sushi !


Um caixinha com fôrminhas e colherzinhas de plástico, tubos, réguas e tintas multicoloridas. Enganou-se quem pensou que eu estava falando do velho brinquedo de química da Grow (risos). Desenterrei agora! (risos) Mas enfim, a descrição era do novo tipo de brincadeira que parece estar na moda aqui no Japão. Na seção de brinquedos, são vários os produtos que oferecem como diversão fazer comida, doces e até sushi! Bom, não chega a ser comida de verdade como no meu tempo de criança que era possível fazer pipoca de verdade, mas o resultado é, digamos, no mínimo, maneirinho!

O segredo é fazer com água e tintas uma espécie de gelatina que, colocadas em fôrmas especiais, transformam tudo em réplicas de comidas, sobremesas etc. O brinquedo não requer talento, habilidade, imaginação ou criatividade. Paciência, acho que precisa sim! Está tudo pré-determinado para que o resultado seja o mais próximo do real. A explicação vem no brinquedo e está no site do produto.



A Kracie é a fabricante do conjunto Poppin Cooking com réplicas de marmitas, pizzas, espaguetes e sushi! Clique AQUI para ver o comercial do produto !




O mais impressionante é como a química permite que a mesma água se transforme em texturas e formas diferentes conforme a tinta que é usada! Uma mesma água, ora se transforma em "arroz", ora em "atum"!! Impressionante é ver a "criação" das "ovas de peixe", o famoso イクラ・IKURA! Sabem, aquelas bolinhas laranja que vêm em cima do sushi?! Igualzinho! Aliás, falando em química, tintas e afins, já perceberam o quanto deve ser nutritivo comer uma réplicazinha dessas?! 


Maneirinho não?!
Espere então para vocês verem como tudo é feito...



ÁGUA que vira PIZZA & ESPAGUETE !





ÁGUA que vira SORVETE DE CASQUINHA!






ÁGUA que vira SUSHI !



...e Viva a Química!!

Não basta saber japonês...

O que vocês verão agora são anúncios reais de apartamentos para alugar. As fotos, eu mesmo tirei com meu celular, quando passava por uma imobiliária na província de Kanagawa. Vejam! 


Normalmente as imobiliárias aqui (不動産屋・FUDOUSANYA, em japonês), deixam anúncios como estes do lado de fora ou fixados no vidro da loja com anúncios dos imóveis mais baratos que servem como chamarizes para atrair clientes. Você entra diz que gostou de um dos anúncios e o todo processo se inicia. 


Como todo bom processo aqui no Japão, se inicia com a entrega de uma pranchetinha com formulário para preencher. Sim! Os japoneses tem um fascínio todo especial para formulários! Tudo tem que preencher formulário! Como diria um ex-colega de trabalho: "Até para cortar cabelo me pediram para preencher formulário!!!". Depois ele descobriu que era para fazer o tal cartão de fidelidade, o famoso ポイントカード・POINTO KAADO. Aliás este tbm ee outro grande quase fetiche dos japoneses! Eles adooooram um "pointo kaado"!!


Mas o processo pode nem começar dependendo da sua nacionalidade! Isso mesmo! Há muitos proprietários que não aceitam estrangeiros e as imobiliárias nem disfarçam. Eu mesmo já tive experiência de ter sido vetado por ser estrangeiro! Algumas falam na lata outras, como uma péssima encenação, dizem que o apartamento já foi vendido.

Muito bem. A imobiliária das fotos é uma dessas que deixa claro que não aceita estrangeiros! E foi justamente isso que me chamou a atenção nos anúncios. Está escrito: 


◎日本国籍の方
◎NIHON KOKUSEKI NO KATA


※日本国籍を有する(昼間勤務)の方限定!
※NIHON KOKUSEKI WO YUU SURU (HIRUMA KINMU) NO KATA GENTEI!


Ambos, em português claro seria: SOMENTE PESSOAS DE NACIONALIDADE JAPONESA. Detalhe que a segunda ainda tem um requisito a mais - entre parênteses -  que diz que deve ser uma pessoa que trabalhe durante o dia.

Claro que não são todas as imobiliárias que têm a petulância, por exemplo, de expor avisos como os que dizem: ペット/外国人可, o que em bom português seria: "ANIMAIS/ ESTRANGEIROS PERMITIDOS"! Não são todas assim, felizmente. mas estas existem! E muitas vezes, a culpa nem é da imobiliária e sim do proprietário. Enfim, a barreira não só do idioma, mas da nacionalidade simplesmente (lê-se: preconceito), existe, é real ainda nos dias de hoje e é preciso saber lidar com isso... 

11/02/2011

GENTE MUITO JAPÃO 5 : "Doce Vingança!"


Finalmente! Gente Muito Japão ! Aposto que já estavam achando que o quadro não existia mais não é?! "Ledo engano!". E hoje eu trago mais uma pessoa que nem era tanto Muito Japão não, até vir conhecer o país que sempre quis conhecer e ver com seus próprios olhos e ainda por divulgar o Japão da maneira que fez! Sim! Estou falando dela, Adriana de Almeida Gomes, a repórter brasileira que percorreu o Japão e outros países da Ásia para produzir matérias para o programa que já é um sucesso na televisão brasileira, o Classe Turista - o Mundo Segundo os Brasileiros!

Uma profissional de marca maior, simpática, dedicada ao trabalho, à família e aos amigos, Adriana nos conta nesta
ENTREVISTA EXCLUSIVA para o Muito Japão - com gostinho de "Doce Vingança" (risos) - , como foi que recebeu a notícia de que teria que viajar pela Ásia, gravar em vários países e regressar ao Brasil depois de muito tempo e muito trabalho produzido. Como vive e o que passa alguém que ganha para viajar pelo mundo e conhecer outras culturas? Adriana nos fala também como foi a experiência de conhecer , entre outros países, o Japão, o que gostou e o que não gostou do país e como foi a sensação de regressar ao país em que nasceu depois de ter conhecidos outros tantos e tantas pessoas diferentes!
OK! Chega de blá blá blá. Com vocês, Adriana de Almeida Gomes no Muito Japão!



1. Como costuma ser chamada por amigos ou família? 

Putz, me chamam de várias maneiras! Na família é Dri, Adri ou  Polaca – apelido de
criança. Os amigos: Dri, Drizinha, Didi, Adrianinha, Pequena, Baixinha (não sei pq?! ), até de Paquita me chamam! Mas sem nenhuma semelhança,ok?


2. Desde quando está na Band? 

Já trabalhei na Band em outros programas, em outra época, assim como em vários outros programas de outras emissoras. Agora estou há 2 anos e meio, mas sou contratada da Produtora argentina Cuatro Cabezas, que hoje é responsável por alguns produtos que são contratados e veiculados pela Band.


"Classe Turista é a possibilidade  de se viajar o mundo sem sai de casa  e absorver muita cultura  no sofá de sua casa!"


3. Fale um pouco do novo programa Classe Turista que estreou no último dia 4 no Brasil.

Classe Turista, não é apenas um programa de turismo. Além de ter um formato totalmente diferente do que já se viu na televisão brasileira, ele é dinâmico e informativo, nos mostra a cultura, os costumes, como pensam e principalmente como vivem os brasileiros que escolheram outros lugares que não o seu país de origem para viverem. São histórias de vidas que se cruzam em um programa, mesclando história,cultura, curiosidades e diversão. Enquanto conhecemos a cidade apresentada pelo ponto de vista desses brasileiros, que muitas vezes nos mostram coisas e lugares que só conhece quem vive no local, informações são dadas a todo momento. Diferente de um programa de turismo, que mostra só o lado comercial, Classe Turista vem nos mostrar como curtir uma cidade, uma cultura, um estilo de vida, ou mesmo as esperadas férias, de outra maneira, mais prazerosa, mais humana, mais verdadeira. Nos mostra também que ao invés de julgarmos,devemos ter primeiro o conhecimento da história do povo e sua trajetória, para depois se formar uma opinião. E isso é mostrado da maneira mais limpa e clara que poderia ser, que são os moradores que nos mostram o que realmente e, sem nada em troca. É a possibilidade de se viajar o mundo sem sai de casa e absorver muita cultura no sofá de sua casa! Vale a pena conferir todos os destinos. Estão todos imperdíveis!!!


4. Como recebeu a notícia de que viajaria para a Ásia? 

Bom, eu trabalho para a Cuatro Cabezas, produzindo e dirigindo um documentário jornalístico, que tem uma carga, um ritmo bem pesado e puxado, mas que
sou verdadeiramente apaixonada, que é A LIGA. Vivemos no limite, sempre! E eu, na maioria das vezes, faço os temas mais pesados, complexos e difíceis!! Mas ADORO, AMO ISSO!! Estava fechando detalhes de uma viagem ao Rio para varias gravações, qdo o diretor me chamou e me fez a proposta. Fiquei surpresa, pois não esperava mesmo! Com tantas pessoas na produtora, eu ser escolhida foi realmente muito bom. Me deram um dia para dar a resposta que lógico, foi sim. Depois disso, quando faltava mais ou menos um mês para começar as produções, escolheram a outra produtora, e sabíamos de algumas possibilidades de lugares e algumas certezas, dentre elas Tóquio. Eu falei logo de cara que queria fazer Tóquio caso tivesse e pudesse escolher. 

Já a outra produtora disse que preferia não fazer, que tinha curiosidade, mas preferia fazer outros locais. Então, eu e ela, já começamos a acertar os lugares que cada uma gostaria de fazer, e foi quando soubemos que isso não dependeria de nós. O diretor, que ficava em Buenos Aires, base da produção para onde nós fomos depois e para onde sempre voltávamos depois dos longos destinos gravando, era quem decidiria, de acordo com o perfil quem faria o que... Então só me restava torcer para que ele julgasse que meu perfil era o que deveria fazer a Ásia e assim foi, para minha felicidade total! Depois disso, conheci ainda em São Paulo, o câmera que me acompanharia nessa aventura, Charly – um querido, que estava a trabalho pela produtora, mas para um programa para Buenos Aires. Descobri que ele, assim como eu, também havia dito que queria fazer Tóquio, Ásia. Que tinha que ser ele, que também não conhecia e morria de vontade de ir. Trocamos “figurinhas” e depois de 15 dias. Lá fui eu para Buenos Aires, acertar os últimos detalhes de produção, que havia sido feita por mim em São Paulo, uma loucura! Gravava  o dia todo para A LIGA, e na madrugada, fazia toda a pré-producao, por causa do fuso..ou seja, dormir era algo que não existia para mim! (risos) Em Buenos Aires fiquei uma semana, e fui rumo a Tóquio, super doente, mas ansiosa e feliz!!



"Se o programa for bem,  se tiver uma segunda temporada,  e eu espero que tenha,  quero fazer de novo!!"
5. Como foi a experiência de viajar para tantos países? Você já conhecia algum deles? A experiência foi maravilhosa!! Tanto que se o programa for bem, se tiver uma segunda temporada, e eu espero que tenha, quero fazer de novo!! Embora seja um programa lindo e gostoso de se fazer, a maioria das pessoas acham que estamos passeando pelos lugares. Ledo engano! Ficamos longe de quem gostamos, temos que abrir mão de um período de nossa vida que não e fácil, não há descanso nunca. Por várias noites não dormi, afinal, eram muitas preocupações e responsabilidades, mas foi gratificante! Eu não conhecia nenhum dos países que fui escalada para gravar, mas todos os destinos, eu sempre quis conhecer, então, só posso dizer que, mesmo com toda a fadiga, cansaço, esgotamento, diferenças, problemas que fazem parte e as dificuldades normais que um trabalho complexo como esse traz, foi COM-PEN-SA-DOR!! Quero mais!! Que venha a segunda, a terceira, a quarta temporada e por aí vai!!!

6. Como foi estar no Japão pela primeira vez? Que imagem tinha do Japão antes e depois de vir? 

Olha, estar no Japão, lugar que sempre quis conhecer, foi inesquecível. Tenho um carinho muito especial por esse lugar e pelos momentos que vivi. Quero e vou voltar, tanto que já penso em fazer alguns documentários e sei que volto, um dia volto! E o Japão era exatamente como eu imaginava, moderno, louco, intenso, cosmopolita, e ao mesmo tempo careta, um berço de cultura e aprendizado. A segurança é absurdamente impressionante, e tudo, TUDO funciona! Demais!! A impressão que tinha antes era um pouco disso, mas achei que por serem tão livres, eram mais doidos! E depois de conhecer um pouco mais sobre Tóquio, percebi que eles são super gentis, mas não têm malícia. Tudo bem que malícia demais também não é bacana, mas acho que eles têm uma ingenuidade que é até difícil de acreditar. Uma dosesinha não seria nada mal! Mas a imagem que tinha só melhorou! Este é definitivamente um lugar de primeiríssimo mundo onde as coisas acontecem. Tóquio é a cidade do futuro! Podem acreditar!!


7. O que mais gostou no Japão? 

Tuuuudooo!! Mas o lance da modernidade,  de como tudo funciona, e essa bagunça organizada me fascinou! Moraria fácil no Japão! 


8. O que menos gostou no Japão? 

Da falta do calor humano, que nós brasileiros temos de sobra. Sabe, e um toque, um abraço, um beijo que não se da, coisas tão corriqueiras, tão normais no Brasil, que é muito estranho descobrir que não existe isso em um lugar onde se tem tanta gente bacana. Então, qdo não se tem, sente-se muita falta.


"Tanta coisa aconteceu nessa viagem à Ásia, que terei que dividir em episódios algumas coisas para contar! Outras, claro, não são permitidas!"


9. Teria algum episódio engraçado de bastidores para contar? 

Bom, logo que chegamos a Tóquio, estávamos mortos e famintos, então saímos para comer. Foi a primeira aventura! Todos os restaurantes tinham os cardápios do lado de fora, mas adivinha?? Tudo com os ideogramas japoneses, ou seja, nem eu e nem o Charly entendíamos nada! E nada de fotinho dos pratos!! (risos) Então tínhamos que escolher um restaurante, e foi na base do "fui com a sua cara"!! Entramos o lugar era bem bacana! Como estava na nossa cara que não éramos dali, o atendente nos deu um cardápio menos do que os que tinham nas mesas, com tudo escrito em japonês, claro e algumas fotos de alguns pratos. Já era alguma coisa, né? Bom, escolhemos o que tinhaa cara mais apetitosa, e mesmo sem saber o que era, pedimos. Eram espetos de carnes diversos, parecia apetitoso!! A fome era grande! 

Qdo olho para o Charly, vejo ele com a maior dificuldade em engolir a comida, mastigava como se não fosse conseguir engolir. Foi quando ele pegou um montinho de pasta, e então lhe falei que aquilo devia ser molho de wasabi... Mas ele não ouviu, encheu o pedaço de carne daquele espeto disso, e sua cara ficou pior ainda!! Comecei a rir, e ele não conseguia engolir, fazia caretas, ficou sem ar, e quando enfim conseguiu falar, me disse que era fígado quase cru e que colocou o molho para amenizar o gosto, mas era wasabi, e como encheu, imaginem como ele ficou...

Conclusão: muitas bebidas depois para amenizar o ardor daquela noite!! Foi engraçado, e depois disso, ele não pediu mais espetos de carne em Tóquio...não sei o porquê?! (risos) Tudo na vida é costume! 



Mas teve um dia, em que eu e o Charly estávamos mortos de cansaço, depois de gravar desde às 6 da manhã e quando paramos eram quase 0h. Então, resolvemos pedir uma pizza para não ter que sair para um restaurante, etc.. Quando ela chegou, fomos comer, foi quando o Charly reparou uma coisa curiosa: fomos pegar a pizza como se estivéssemos com os hashis, os famosos “palitinhos” !! E então, reparamos que fazia uns 14 dias em que não usávamos guarfo e faca, e que havíamos de certa forma, desacostumado!! Gente, tem tanta coisa que aconteceu nessa viagem à Ásia, que terei que dividir em episódios algumas coisas para contar! Outras, claro, não são permitidas! (risos)

 
10. Que lição tirou desta viagem toda? 

Viva a diferença!! Tive mais certeza com relação a um dos meus posicionamentos, que é nunca fazer pré-julgamento de nada. Aprendi com os costumes, absorvi o aprendizado que essa experiência me deu, adaptei algumas coisas para minha vida, e sobretudo me deliciei e me diverti com as pessoas lindas e gostosas que passaram pela minha vida nesta aventura maravilhosa! 



"Viajar é muito bom, 
seja a trabalho ou a passeio, 
mas o prazer de voltar para casa 
e para sua vida é melhor ainda"


11. Como foi a sensação de pisar em solo brasileiro depois de tantos países? 

Bom e ruim ao mesmo tempo. Louco? Não! Depois de ficar tanto tempo fora de casa, longe da família, amigos, costumes, comidas e normal querer dormir na sua cama, comer o bom e velho arroz e feijão e rever quem se gosta. Mas o fato é que durante essa trip, conheci muiiita gente boa, que se tornaram amigos queridos, e é muito ruim ter a sensação de que os estou deixando, abandonando. Fora que, como sempre voltava para Buenos Aires, meu amigo-irmão argentino ficou e eu fui embora, dessa vez sozinha, sem ele como havia sido nos últimos tempos, então parecia que faltava um pedaço, com uma pontinha de tristeza! Muito louco! Viajar é muito bom, seja a trabalho ou a passeio, mas o prazer de voltar para casa e para sua vida é melhor ainda!!! Mas estou pronta para cair nesse mundão de meu Deus de novo!! Aguardem!!!




 Adriana de Almeida Gomes 
 drikalaka@ig.com.br


Para você que curtiu os programas apresentados até agora e não perde por esperar as próximas edições do programa Classe Turista Brasil, um aviso: o programa está com os dias contados, já que é somente para substituir A LIGA, enquanto estão de férias! Por isso, escreva para a Bandeirantes e dê sua opinião sobre o programa! Eles precisam saber o quanto as pessoas gostaram, aprenderam e curtiram o Classe Turista! Quem sabe não pinta por aí uma segunda temporada! Eu já fiz minha parte! (rs)


Para escrever é muito simples!

1. Acesse http://www.band.com.br/faleconosco/
2. Selecione INTERNET
3. EBAND
4. ENTRETENIMENTO
5. Preencha os campos e pronto!

Para quem tem Facebook, é só clicar AQUI e deixar seu comentário! 

09/02/2011

Revista Japonesa de Economia traz Especial do BRASIL

Vou ver se compro a revista Touyou Keizai・東洋経済 que está este mês de fevereiro com uma Edição Especial do Brasil ! Vi ontem, por acaso, no trem um nipo-carinha lendo. Me chamou a atenção a capa com a bandeira do Brasil e escrito BRASIL・ブラジル em japonês com fontes garrafais. Dei algumas "bizoiadas" enquanto ele lia e vi uns infográficos bem interessantes. Logo que desci do trem, fui em duas lojas de conveniência e nada de achar a revista! Confesso que nunca me interessei em ler esta revista, especializada em Economia, 経済・KEIZAI, em japonês (se pronuncia keezai), mas sempre que vejo uma revista com edição especial do Brasil, eu me sinto tentado a comprar e acabo comprando. Primeiro para saber o que estão falando, segundo pelas informações que provavelmente deve haver muita coisa que eu mesmo não sei sobre meu próprio país e acho que deveria saber e, por último, para aprimorar vocabulário, principalmente quando se trata de falar sobre o Brasil. E sempre aprendo muito, em todos os sentidos!



Bom, como aqui no Japão não tem jornaleiro, normalmente revistas como esta estão à venda em livrarias, lojas de conveniências ou mesmo quiosques de estações de trem. Quem quiser - e estiver no Japão - , também pode adquirir pela internet, tanto pelo amazon.co.jp, quanto pelo rakuten. É só clicar AQUI !


08/02/2011

Neve em Tóquio!?

Até agora, neste inverno, mesmo estando o frio "duca"que está, não havia nevado aqui em Tóquio. Até que hoje, falaram no trabalho: "'Disk' sexta agora vai nevar...". Eu não acreditei, ou melhor, eu não quis acreditar. Mas ao chegar em casa, resolvi comprovar a previsão do tempo para esta sexta-feira, dia 11. E lá estava o bonequinho de neve indicando o que eu não queria que indicasse!!



OK. Concordo que neve é maneiro ver, acordar e ver tudo branquinho, coberto de neve, mas da uma tristeza, um ar de mais frio, um quê de bem mais inverno que antes, quando na verdade o que eu mais quero ver agora são flores de cerejeiras anunciando a primavera! Sem falar na lama e no perigo que a neve representa depois que começa a derreter...bom, mas para quem nunca viu neve, é bonito e emocionante ver, confesso! Vale a pena! 

07/02/2011

Yahoo! Japan informa sobre incêndio no Rio de Janeiro

No Yahoo! Japan estava lá hoje de manhã uma pequena foto sobre o incêndio ocorrido na Cidade do Samba no Rio de Janeiro/ RJ. Eu nem estava sabendo de nada até encontrar um colega de trabalho no elevador que por acaso também é do Rio e comentou sobre o tal incêndio. Como já estávamos quase na hora de bater o cartão sem ter que dar maiores explicações de o porquê batemos o cartão 4 minutos antes do horário estipulado e não cinco minutos antes, ele apenas me disse para acessar a internet que eu encontraria fácil mais informações. E realmente encontrei. Para minha surpresa, logo no Yahoo! Japan já tinha alguma coisa. 




Ao clicar na foto, um close e uma frase que explicava em japonês que a 1 mês do carnaval um grande incêndio ocorreu no bairro onde se concentra os barracões onde são guardados todos os materiais que serão usados no desfile.




JAPONÊS・日本語

ブラジル・リオデジャネイロの真夏の祭典「カーニバル」の開催を1カ月後に控えた7日、関連道具を保管する施設が集まる市中心部「シダージ・ド・サンバ」と呼ばれる地区で大規模な火災が発生した

VOCABULÁRIO・ボキャブラリー


ブラジル・burajiru・Brasil

リオデジャネイロ・riodejaneiro・Rio de Janeiro

真夏・manatsu・pleno verão

祭典・saiten・festival

カーニバル・kaanibaru・carnaval

1カ月後に控えた・1kagetsugo ni hikaeta・a um mês

関連道具・kanren dougu・artigos relacionados

保管する・hokan suru・guardar

施設・shisetsu・estabelecimento, instalações

と呼ばれる・to yobareru・chamado

地区・chiku・bairro

大規模・daikibo・grande escala

火災・kasai・incêndio




DoNaDa

No restaurante onde eu normalmente vou quando estou com vontade de comer sushi - sim! aqui no Japão, ao contrário do que muita gente pensa, não se como sushi todos os dias! - tem um botão somente para pedir a conta!



No botão está escrito claramente e em japonês claro お会計ボタン・OKAIKEI BOTAN, ou seja, "BOTÃO DA CONTA" ou sei lá "BOTÃO (P/PEDIR) A CONTA" ! Quem quer somente chamar o atendente, grita apenas "SUMIMASEN!" e não aperta o botão...e por quê? 

Porque conforme está escrito, o botão é para pedir a conta!! Está escrito: お会計ボタン・OKAIKEI BOTAN, ou seja, "BOTÃO (P/PEDIR) A CONTA" !! Creio que de todoas as vezes que fui lá até hoje, 99,9% das pessoas apertaram para pedir a conta!

No entanto, quando você aperta o botão para - você já sabe para quê! - vem o carinha e pergunta: お会計でよろしいですか・"É a conta que o senhor quer?".  

... ? 
... hai! (mas a vontade é de dizer: "não, eu gostaria apenas de alguém para ficar aqui vendo se estou comendo certo..." ou talvez, "não, eu gostaria apenas de perguntar até que horas vcs ficam abertos..."). Mas como sou um rapaz educado, eu falo "HAI!" né?? (sem o "né"!)

Bom isso não é nada. O pior é que eles perguntam sempre, mas sempre, eu disse sempre, a mesma coisa para todos, todos, eu disse todos!!!! Não tem outra forma de abordar o cliente que apertou o botão que supostamente foi criado e instalado para pedir a conta, conforme está lá escrito no botão, bem em cima, e em japonês: お会計ボタン・OKAIKEI BOTAN, ou seja, "BOTÃO (P/PEDIR) A CONTA" !! 



Mas os carinhas sempre perguntam se é a conta que o cara deseja! Você fica lá duas horas que seja e você só ouve essa mesma pergunta para todos! Sem variação! Sem imaginação! Sem criatividade! Sem adaptação! É sempre igual e para toooooodos! Mas aqui no Japão é assim. Imputou uma vez amigo, se fizer diferente, ou dá curto-circuito ou descarrila!

Por isso que eu sempre digo, eles existem, e estão entre nós! 
...grande parte, aqui no Japão mesmo!



05/02/2011

O Cheiro do Ralo em JAPONÊS !

Aclamado pelo grande público que compareceu em peso ao Festival Cinema Brasil realizado todos os anos aqui no Japão, o filme brasileiro O Cheiro do Ralo , estrelado pelo talentosíssimo Selton Mello, foi apresentado ao público japonês pela primeira vez em 2009. E agora, a pedidos, a película tupiniquim foi lançada em DVD com legendas em japonês claro!


Quando foi exibido no festival de cinema brasileiro aqui no Japão, o título original do filme sofreu uma pequena adaptação na tradução e foi chamado em japonês de 下水って匂う・GESUI TTE NIOU, algo como, O Ralo Cheira ou O Ralo Tem Cheiro. Agora no DVD, o título sofreu uma nova modificação, mais ousada, e passou a se chamar 尻に憑かれた男・SHIRI NI TSUKARETA OTOKO ou O Homem Tarado por Bundas.  Aliás, diferentemente da capa do DVD no Brasil,  a versão japonesa é tão ousada quanto o título! 


O CHEIRO DO RALO 




尻に憑かれた男・SHIRI NI TSUKARETA OTOKO



Para comprar acesse:







Brastel Chat Café

Achei maneirinho esse comercial (em japonês) da Brastel - uma das maiores empresas de telefonia aqui do Japão - anunciando um dos serviços que a empresa oferece, o Brastel Chat Café ! A animação é assinada pelo meu amigo, o designer Gabriel Shiguemoto, o ShigueS do blog A Viagem de ShigueS ! Fica aí o vídeo então, para quem estuda japonês, é ótimo para treinar o ouvido! O diálogo é bem simples! 



Policial japonês é detido por passar a mão na bunda de uma universitária


A notícia saiu ontem no jornal Mainichi. Segundo a reportagem, no último dia 3, quinta-feira passada, por volta das 11 da noite, uma japonesa de 19 anos atravessava a passagem que liga uma estação de trem a uma loja de departamento, em Kobe, província de Hyogo, quando um nipo-tiozão veio por trás e passou a mão grande na bunda da moça! Ainda segundo a matéria publicada no jornal japonês, um conhecido da moça teria agarrado o tal homem e levado à polícia que o prendeu em flagrante!

Foi quando descobriram que o tal tiozão era também policial!! Ele, no entanto, nega que tenha feito a bunda da moça de l âmpada mágica e disse: "Talvez tenha sido a minha bolsa que tenha encostado, mas eu não passei a mão nela não!". O tiozão havia bebido e estava no caminho de casa...



JAPONÊS・日本語


痴漢容疑:女子大生の尻触る 57歳警部補逮捕 神戸

2011年2月4日 10時51分
3日午後11時ごろ、神戸市中央区の阪急三宮駅とつながったビル「神戸阪急東館」の通路で、同市垂水区の女子大学生(19)の尻を、後ろを歩いていた男が触ったのを女子大学生の知人男性(22)が見つけ、取り押さえた。110番で駆けつけた兵庫県警生田署員が県迷惑防止条例違反容疑で現行犯逮捕した。
同署によると、男は、県警運転免許課警部補、田中義之容疑者(57)=同県三田市弥生が丘5。「かばんが当たったかもしれないが、触っていない」と否認している。酒を飲んで帰宅途中だったという。【米山淳】

VOCABULÁRIO・ボキャブラリー
3日・mikka・dia 3
駅・eki・estação
通路・tsuuro・caminho, passagem
女子大学生・joshi daigaku sei・universitária
尻・shiri・bunda
後ろ・ushiro・atrás
男・otoko・homem
触った・sawatta・tocou
知人男性・chijin dansei・conhecido
否認する・hinin suru・negar, não admitir
帰宅途中・kitaku tochuu・no caminho de casa
ONDE FICA HYOGO? 兵庫県はどこ?