30/06/2011

AS URSINHAS PASSISTAS

A rede de lojas de departamentos japonesa SEIBU・西武・せいぶ está com uma promoção especial de verão imperdível, com descontos que variam entre 20 e 50% ! OK! Sejamos sinceros. Nem eu me interessei muito por essa  notícia! Não costumo fazer compras nessa loja e nem sei onde há uma filial próxima da minha casa. Mas resolvi falar do Seibu, única e exclusivamente por causa do comercial que está sendo veiculado atualmente na TV japonesa. Simplesmente, maneirinho! Aliás, o comercial não é só maneirinho, mas Muito Brasil! Na figura em destaque já dá para se ter uma ideia do comercial. São simplesmente dois ursinhos, ou melhor, duas ursinhas passistas, que sambam com estilo e leveza, com destaque para a fantasia e para a pose no final quando para a música! 
Eu não poderia terminar este post sem comentar sobre o slogan da promoção que aparece no final do comercial. Nele, a homenagem ao Brasil é clara! 暑い国は、明るい国でなくちゃ・あついくには、明るい国出なきゃ・PAÍS QUENTE, TEM QUE SER UM PAÍS ALEGRE! Só faltaram dizer: (COMO O BRASIL É!).  Enfim, o comercial é simples, mas maneirinho...vale a pena dar uma olhada.


Clique na figura acima para assistir ao comercial
画像にクリックするとCMをご覧頂けます


PS.: Para assistir ao comercial na página do SEIBU, clique no retângulo onde mostra a figura das ursinhas passistas semelhante a este que você vê logo abaixo.

29/06/2011

MEU DIA NO OFTAL

Para quem gosta de um post mais com cara de diário, aí vai um! Hoje tive que faltar ao trabalho porque amanheci com os olhos vermelhos e inchados. Eu até poderia tentar ir trabalhar assim mesmo, mas fiquei preocupado que fosse conjutivite・結膜炎・けつまくえん e não gostaria de causar um mal estar entre meus colegas de trabalho e tampouco gostaria de colocá-los em risco já que se trata de uma enfermidade contagiosa. Apesar disso, sempre que penso em faltar, me dá um aperto no coração, porque sei que vou perder um dias das minhas férias remuneradas・有休・ゆうきゅう. Isso mesmo! Aqui mesmo com doença contagiosa, mesmo mal de saúde, quem falta é descontado das férias remuneradas e eu, atualmente com 6 dias de férias para tirar, ficarei com 5 a partir de amanhã! Receberei minha porção deste ano somente em setembro: 14 dias!

Mas fazer o quê? Ir ao médico e pegar atestado? Nada! Aqui não se usa isso! Até tem atestado, mas além de ser PAGO, a maioria das empresas, assim como a minha, não abona falta alguma! Mesmo assim, eu precisava ir ao oftal e lá fui eu! 

Quem me conhece, sabe que eu "adoro" os médicos daqui. Pode até ser que você que está lendo este post tenha tido a sorte de ter um médico legal, mas a maioria daqui eu tenho a impressão que não estudaram medicina. Apenas decoraram os remédios que deve se dar para cada sintoma e pronto. Muitas vezes eles não te tocam e alguns deles nem conversam com você direito porque antes mesmo de você ser atendido pelo médico, você preenche um formulário com tudo que o médico deveria te perguntar olhando nos seus olhos, mas que aqui, na maioria das vezes, você mesmo deve escrever tudo em um formulário que é entregue a você na sala de espera.

NO OFTAL・がんかで

Entrei e já entreguei a mocinha da recepção a minha carteirinha do plano de saúde・保健証明書・ほけんしょうめいしょ e carteirinha da clínica・診察書・しんさつしょ.  Foi só eu entregar e ela já me pediu para aguardar: お座りになってお待ちください que em português claro seria, "Queira por favor sentar e aguardar". Elas adoram dizer isso! Aliás, não só acho que elas adoram, como elas só sabem dizer isso, porque mesmo com o consultório lotado de gente, elas falam a mesmíssima frase!! Tenho vontade de perguntar: "Sentar no colo de quem??"... mas reajo como todos os japoneses. Fico calado e espero em pé mesmo...

Sentei, peguei uma revista, não deu nem 1 minuto e já fui chamado. "Já??", pensei. Mas não. Era para fazer os exames que eles sempre fazem. Isso eu acho que é só nessa clínica. Eles fazem sempre aqueles exames do ventinho no olho e até exame de vista!!! Isso mesmo! Aquele negócio de dizer se a abertura da bolinha está para cima ou para baixo, para esquerda ou para direita...



...uma vez ou outra até vai. Mas sempre??? Será que precisa mesmo???

Depois do exame me mandaram de novo para mesma sala de espera. Peguei a mesma revista para ler e depois de ler duas páginas, me chamaram. Mas ainda não era a minha vez! Aí também temos uma coisa bem de japonês nas clínicas e consultórios. Eles adoram te transferir de uma sala de espera para outra sala de espera. Isso mesmo. Você sai de uma sala de espera para ir para outra, com menos pessoas, mas é outra sala de espera. Tem muito isso aqui! 

Finalmente fui chamado para ser atendido pelo médico. Entrei no consultório e lá estava outra características dos médicos daqui. Nunca estão sozinhos! Isso mesmo! Tem sempre uma enfermeira, ajudante, assistente, sei lá, mas sempre tem alguém junto junto. Sempre tem! Bom, sobre o médico, eu prefiro não comentar...

...só digo que ele perguntou se eu ainda tinha o colírio da última vez que fui lá, há mais de um mês e e meio. Eu disse que sim. Mesmo assim ele disse: "Como já passou mais de 1 mês, vou passar o mesmo colírio, mas um novo".  Explico: os remédios aqui, tanto colírios como remédios mesmo, são do tamanho de uma amostra grátis e mesmo que durem, eles dizem que só duram um mês e depois disso não se pode mais usar. 

Ele olhou meu olho como sempre faz - sem a menor vontade - me perguntou sobre o colírio e pronto. Não perguntou o que eu como normalmente, com o que eu trabalho, onde eu moro, não falou de compressas, nada! Só disse no final que se eu não melhorasse, que era para eu voltar lá. pronto. A consulta não durou nem 2 minutos.

Saí de lá e fui para a mesma sala de espera (a primeira, com mais gente). Esperei menos de 1 minuto e já fui chamado pela nipo-mocinha da recepção que me disse quanto eu deveria pagar. Paguei e ela foi quem me deu a receita com os remédios que eu deveria comprar. E finalizou o trabalho com a expressão que as recepcionistas sempre falam no final. お大事にどうぞ・Melhoras! 

Aliás, depois de ela falar, eu perguntei se eles abrem domingo. Ela respondeu que não e mandou depois お大事にどうぞ! Mas antes de sair eu agradeci, ao que ela me devolveu dizendo: お大事にどうぞ! (risos) Acho que elas não sab...podem falar outra coisa! Me dirigi para a porta automática e quando saí, as duas nipo-mocinhas mandaram juntas, lá de dentro: お大事にどうぞ! 

Será que eram humanas, as recepcionistas??? Eu nunca sei...

Saí de lá e logo no prédio ao lado fui comprar meus remédios. Resultado: dois colírios (iguais aos que eu tinha em casa) , uma pomada e comprimidos. Uma coisa maneirinha é que os remédios vêm cada um em um saquinho com o seu nome e a dosagem.



Fora isso, cada colírio vem com um saquinho especial para você escrever o seu nome, qtas vezes você deve usar, em qual olho deve colocar, a data, o nome da clínica e da farmácia! Enfim, todas informações importantíssimas! Este então foi meu dia de hoje, no oftalmologista no Japão!



O quê? Por que eu não vou em outro?
Porque é sempre a mesma história...

27/06/2011

DoNaDa


Essa "Coca-Cola Genérica" nada mais é do que...presta atenção que eu vou falar uma vez só (risos) : Geleia de Coca-Cola em garrafinha de alumínio! Isso mesmo! A "bebida" é vendida a 120 ienes em uma das máquinas de refri em Akihabara・秋葉原! 

O DIA COM MAIS DE 24H

O leitor Eduardo Sato nos mandou, via twitter, uma foto que mostra bem essa "cultura" de expressar os horários da madrugada com números maiores do que 24, assunto que comentei em um post recente! Vejam!  


Eduardo, Obrigado pela participação! E se você também tem alguma foto do gênero para mostrar aqui no blog, mande para muitojapao@gmail.com.  

26/06/2011

O BRASIL NA MÍDIA JAPONESA

Sempre a palavra ブラジル・BURAJIRU・BRASIL chama muito a atenção dentro de qualquer amontoado de ideogramas. É assim que acontece quando olho algum cartaz ou leio o jornal japonês. Aliás hoje o Brasil estava no jornal 産經新聞・SANKEI e o assunto era nada mais nada menos do que a Parada Gay realizada em São Paulo.


No título da matéria eles dizem: "Parada Gay no Brasil também. A maior (Parada Gay) do mundo reúne 4 milhões de pessoas". Já na reportagem Eles começam dizendo que é um evento realizado todo ano em São Paulo, a maior cidade da América do Sul.  Eles também dizem que este número de 4 milhões foi divulgado pelos organizadores do evento, mas que a mídia local não informou o número real de participantes. No segundo e último parágrafo, eles afirmam que a repressão contra os homossexuais na América Latina é muito forte por conta da influência da Igreja Católica, mas que mesmo assim, os homossexuais têm conseguido fazer com que seus direitos sejam maiores. A reportagem lembra ainda sobre a legalização da união civil para homossexuais legalizada no último mês de maio.  A reportagem é da Agência de Notícias Kyodo.


JAPONÊS・日本語

ブラジルでも同性愛パレード 世界最大規模の400万人

南米最大都市のブラジル・サンパウロ中心部で26日、毎年恒例の同性愛者らによるパレードが行われ、地元メディアが伝えた主催者発表によると、約400万人が集まった。主催者側は世界最大規模の同性愛者パレードだとしている。地元当局は参加者数を発表していない。カトリック教会の影響が強い中南米では同性愛に対する反発が強いが、近年は権利の拡大が進んでいる。ブラジルでも最高裁が5月、同性愛者同士の事実上の婚姻「シビル・ユニオン(合同生活)」を認めた。


VOCABULÁRIO・ボキャブラリー 







同性愛者・douseiaisha・homossexual

パレード・pareedo・parada

世界最大規模・sekai saidai kibo・maior do mundo

400万人・yon hyaku man nin・4 milhões de pessoas
最大・saidai・maior 
都市・toshi・cidade
サンパウロ・sanpauro・São Paulo
中心部・chuushinbu・centro
地元メディア・jimoto media・mídia local
主催者・shusaisha・organizador
参加者数・sankasha suu・número de participantes
カトリック教会・katorikku kyoukai・Igreja Católica
影響・eikyou・influência
中南米・chuu nan bei・América Latina
権利・kenri・direito
同性愛者同士・douseiaisha doushi・entre homossexuais
婚姻・konin・união, casamento
認めた・mitometa・aceitou

CURIOSIDADES・豆知識
1. A palavra "homossexual" é formada por 4 ideogramas "性愛者" que significam respectivamente: "igual", "sexo", "amor", "pessoa". Para dizer "heterossexual", basta alterar o ideograma de "igual" para "diferente": 性愛者・ISEIAISHA.
2. Na lista de vocabulários aparece também o número "400万" que significa "4 milhões". Mas por que se escreve 400 e se diz 4 milhões? Fácil! O ideograma que aparece ao lado dos numerais (万・マン)significa 10 mil que multiplicado por 400, dá 4 milhões. Sim, é complicado mesmo. Sem falar que em japonês, para efeito de leitura, os números são separados não de três em três casas decimais, mas sim de quatro em quatro! Agora você já sabe: 450.000 em japonês é escrito assim: 45万.  

25/06/2011

AVISO IMPORTANTE: "PARA TOMAR O TREM, FAVOR USAR A ROLETA!"

Você deve estar dizendo "Lá vem!". Sim, eu sempre digo que se você sabe japonês você conhece um mundo novo, que mesmo quem mora muito tempo aqui muitas vezes não se dá conta. As placas e avisos japoneses também são "um show" à parte! OK! Todos sabemos que muitos avisos que por mais que sejam óbvios, é necessário que se tenha uma placa para que ninguém possa reclamar que não foi avisado. Mas é cada uma que a gente vê e ouve por aqui...

Antes de dizer a frase que eu ouvi, eu lhe pergunto: se tem um quiosque em plena plataforma de metrô, você acha que você deve pagar para passar na roleta e ir até o quiosque que fica na plataforma? E se ao invés de um quiosque, for um restaurante, mas localizado do lado de dentro da roleta, perto da plataforma de tomar o trem, você acha que você vindo de fora, da rua, você teria permissão para passar pela roleta, sem pagar, somente para comer no restaurante que fica do lado de dentro da roleta e não fora da roleta!?

Muito bem. Se você respondeu "Claro que não!", "Não",  "Acho que não né" ou qualquer coisa similar, parabéns, você é uma pessoa normal e dotada de bom senso! E vou confessar que eu também sou! Porque achei engraçadíssimo avisarem no alto-falante na estação de Akihabara・秋葉原 que para atravessar a estação, ou seja, entrar por uma roleta e sair por outra, era preciso pagar passagem. Bom, até aí, eu até compreendo, apesar de não concordar - acho que não vai atrapalhar em nada o cara só atravessar de um lado para o outro - mas depois a mesma nipo-mocinha avisa que para utilizar os quiosques e restaurantes do lado de dentro da roleta era preciso pagar para passar pela roleta!! Será que tem gente que acha que só porque não vai pegar o trem e só vai comer no quiosque não precisa pagar para passar pela roleta?? Olha! Quer saber? Eu não duvido hein...

Se ainda avisasse em inglês somente, eu diria que era coisa de turista. Mas mesmo assim eu me perguntaria: " esse cara veio de que país que para usufruir das coisas do lado de dentro da roleta não precisa pagar se não for para tomar trem???". Enfim, achei o máximo o aviso!

Aliás, me fez lembrar de uma placa que eu vi recentemente por aqui tbm quando ia andar de trem. Quando eu vi a placa e li a frase em japonês, vou confessar para vocês que nem me soou tão estranho assim - talvez seja pelo costume - , mas quando li em inglês, eu pensei, "Opa! Peraí!" e quando imaginei a mesma placa em português em um estação do metrô no Rio de Janeiro, aí sim que caiu a ficha....seria engraçadíssimo uma placa dessas em cima das roletas! Vejam!


Não! Na boa! Imagina uma placa dessas na estação de trem ou metrô da sua cidade no Brasil, bem em cima de onde estão as roletas por onde o povo tem que passar para pegar o trem ou o metrô: "Por favor, usem as roletas (catracas, que seja...)". Pensa bem. Pensa nessa cena! Quer saber? Pensando em português, particularmente, eu acho essa placa simplesmente "DÉS-necessária"! Mas, enfim, aqui é Japão!  E você? O que acharia de uma placa dessas em português? Não em japonês porque em japonês nada disso mais parece estranho...(risos).

24/06/2011

APP MUITO JAPÃO !

Quem faz comida aqui no Japão com receita em japonês, já deve estar careca de ver esta palavra: SENGIRI・千切り... que nada mais é do que "corte em tiras". Muito comum quando a receita leva repolho, por exemplo. Aliás, para quem não sabe, "repolho" em japonês se diz: キャベツ・KYABETSU! O APP Muito Japão de hoje foi feito talvez pensando naquelas pessoas que não conseguem cortar um repolho na velocidade e na finura digna de um chef de cozinha! Pensando bem eu acho que ele foi feito para quem sabe cortar numa velocidade de um chef ! Bom, sei lá! O aplicativo que pode ser baixado gratuitamente da Apple Store Japan é simplesmente um jogo para cortar repolho! 


Ganha quem corta todo o repolho em menos tempo e sem se ferir! Isso mesmo! O iPhone fica sendo sua faca e se você inclina ele um pouco mais enquanto está usando-o como faca para cortar o repolho, você corta o dedo e o sangue se mistura ao repolho que você estava cortando. Arg!





Divirta-se! Mas cuidado com o dedo!


PUBLICIDADE :


19/06/2011

TE ENCONTRO ÀS 25H! PODE SER?

Você é daqueles que pelo menos alguma vez na vida já pensou (ou sempre pensa) algo do tipo "Eu precisava de um dia de mais de 24 horas!" , " Por que meu dia não tem mais de 24 horas? " ou ainda " Nossa! 24 horas é muito pouco pra mim!"? Pois então! Vem para o Japão! (risos) Ao menos aqui no Japão, muitas vezes, você pode ter pelo menos, a sensação de que o dia tem mais de 24 horas! 

Calma! Eu não estou louco! Acontece que aqui no Japão, alguns horários depois da meia-noite, ou seja, 0h / 24h, eles mostram com números maiores que 24h!! Isso mesmo!!! Quer dizer, se a festa começa às 20h e vai até as 4h da manhã, provavelmente no flyer vai estar escrito "das 20h às 28h" ! Não é estran...maneiríssimo? 

Bom, no início pode parecer mesmo estranho e você pensa "como se não bastasse estar em japonês, os caras ainda me botam uma hora que não existe, ou seja, mais de 24 horas"! Mas depois acostuma.  É mais ou menos a sensação que no Brasil o Banco Unibanco/Itaú causava com o slogan "Banco 30 horas".  Mas aqui no Japão não é só um mero slogan de um banco só. É uma coisa comum! Confesso que teve uma época que eu achava que era só coisa de festa da night, porque eu só via isso em panfleto de festas em boates! Mas não! Aparecem em letreiros, placas, avisos e fachada de lugares comuns!

Vejam só! Aliás, abre parêntese! O tema deste post foi sugerido pelo leitor Anderson Watanabe que foi quem nos cedeu o direito de publicar fotos que ele mesmo tirou da fachada de um supermercado! Obrigado Anderson! Fecha parêntese!



Tem também essa outra de uma academia (que eu tirei)!



E se você também tem alguma foto com um horário com mais de 24h para mostrar, envie para o muitojapao@gmail.com que sua foto poderá ser publicada aqui no blog!  

PS.: Vale lembrar que não é obrigatório escrever desta maneira em japonês! Aqui tbm se usa AM/PM em japonês (午前/午後)ou ainda pode aparecer da seguinte maneira: 翌日2時・YOKUJITSU 2 JI, ou seja, 2h  da manhã do dia seguinte. 

BOLSA DE ESTUDOS DO GOVERNO JAPONÊS – ÚLTIMOS DIAS!

Para quem ainda não sabe, terminam agora no dia 30 de junho as inscrições para Bolsas de Graduação, Escola Técnica e Cursos Profissionalizantes no Japão! Verifique a idade limite e os documentos necessários e concorra a uma vaga para vir estudar aqui no Japão! Não perca esta chance! Não desista!


INFORMAÇÕES:



Mesmo para quem acha que este ano ainda é cedo para tentar a uma vaga, aconselho a pelo menos dar uma olhada no edital e ver mais ou menos o que é necessário para concorrer a uma bolsa de estudos proporcionada pelo Governo do Japão!

16/06/2011

発電鍋・HATSUDEN NABE:A PANELA DE RECARREGAR TELEFONE CELULAR

Foi este o assunto desta semana aqui no Japão e acredito que em breve chegará ao resto do mundo - se é que já não chegou. É a 発電鍋・HATSUDEN NABE, ou seja, a panela (鍋・NABE) que gera energia (発電・HATSUDEN) - suficiente para recarregar o celular! A panela tem 16 cm de circunferência e está sendo comercializada pelo preço de 24.150 ienes ( cerca de R$ 480,00 ).


A grande vantagem é que para recarregar o celular em situações precárias, basta fazer uma fogueirinha e esquentar água nesta panela especial, produzida por uma empresa de Osaka. Na demostração, os responsáveis recarregaram um iPhone. Segundo eles, um smartphone como o iPhone pode levar cerca de 3 a 5 horas para recarregar e ficar pronto para ser usado! Também é possível recarregar rádios e lanternas!



13/06/2011

ATENÇÃO: COMENTÁRIOS RESPONDIDOS・コメント返事済み

Peguei firme o blog hoje e tentei responder ao máximo de comentários possível dos últimos posts publicados. Veja se você foi "sorteado/a" e o seu comentário foi respondido (risos). Peço desculpas aos comentários os quais não tive tempo de responder, mas podem ter certeza de que se está publicado no blog foi porque eu li e não vi nenhum problema em publicá-los! Agradece por terem comentado! Aproveito a oportunidade para agradecer também a visita de todos ao Muito Japão - mesmo aqueles que não comentaram ou nunca comentam - e pelo prestígio! E se você ainda não comentou, sinta-se à vontade para fazê-lo em qualquer post que achar interessante e queira expressar a sua opinião quanto ao assunto abordado. Espero sua próxima visita! Até mais! これからもよろしくお願いします。

12/06/2011

"MEIO QUE" PARA VIAGEM...

Estava eu em uma estação onde eu nunca havia estado antes e tudo parecia não ter nenhuma novidade. Mas de repente, eu vi algo que parecia mais do que uma simples novidade! Vi algo que a princípio, me custou a cair a ficha...

Eis que no banco, instalado na plataforma, havia dois nipo-carinhas, DOIS(!!), sentados no banco mas - pasmem - os caras estavam com uma tigela de udon. Deu pra entender?? Eu explico! Onde normalmente as pessoas esperam o trem lendo um livro, uma revista, olhando para o nada ou mesmo dormindo, os caras estavam comendo udon numa tigelona, amarradões, com hashi e tudo na maior!!!

Fiquei sem saber o que pensar. Não sabia se olhava mais de perto para ver se era aquilo mesmo que eu estava vendo ou se eu sacava uma foto para provar, sim, porque dois caras comendo udon em plena plataforma de trem, não é uma coisa que qualquer um acreditaria se eu simplesmente contasse. Eis que respirei fundo, parei de olhar com olhos de embasbacado e peguei meu celular para tirar foto! Vejam vocês com seus próprios olhos!


Tirei meio de longe para eles não ouvirem o barulho e não perceberem que eu estava tirando foto deles. Por isso a foto não ficou nenhuma Brastemp, mas acho que está dando para ver não é?! Bom, mas depois que tirei a foto, confesso que fiquei olhando os dois comerem por mais algum tempo. Não entrava na minha cabeça aquela imagem! Depois passei a tentar perceber a reação das pessoas próximas para ver como elas reagiriam diante de dois nipo-carinhas comendo udon em plena plataforma!! Foi quando olhando ao meu redor eu percebi que BEM atrás de mim, havia uma "udonaria"! Matei a charada! 


Os caras compraram ali mesmo, mas como estava cheio, tiveram a criati...não, a inicia....não, a cara de pau mais lavada do mundo de ir comer no banco da plataforma!!!! Fala sério né não!?

11/06/2011

APP MUITO JAPÃO !

O aplicativo de hoje não pode ser mais Muito Japão! Trata-se de um app para, única e simplesmente, bancar o chefão da seção・部長・ぶちょう e carimbar todos os documentos que chegam às suas mãos para você carimbar e dar o seu aval, sua autorização. Só isso! Aliás, mais Muito Japão do que um chefe de seção chamado Tanaka・田中 não tem! Bom, pensando bem até tem sim! Se ele se chamar Sato・佐藤 ou Kato・加藤. Tudo isso para ganhar pontos se você carimbar corretamente no espaço reservado para o carimbo que serve de assinatura・判子・はんこ. Quanto mais perfeito for o carimbo, sem tremer e sem sair do espaço, mais pontos você ganha! Vejam que complexa é a resolução do aplicativo e o quão difícil deve ser jogar este jogo! Diga-se de passagem este é mais um aplicativo GRATUITO・無料・むりょう!!




PUBLICIDADE:


MINHA QUINTA MUITO BRASIL

Na quinta-feira passada fui ao famoso bairro de Roppongi・六本木・ろっぽんぎ. Parecia uma quinta-feira normal exceto pelo fato que eu estava indo a Roppongi não para beber ou para dançar e nem era à noite. Mas o que eu me deixou surpreso foi perceber que aquela era uma quinta-feira "Muito Brasil". Digo isso porque mesmo sem querer, durante algumas horas em que estive por lá,  eu vi diversas coisas, figuras, fotos, pessoas que me fizeram lembrar do meu país.

Primeiro, para gastar tempo antes de ir até o local onde eu deveria ir, resolvi dar um pulo no Dom Quixote, uma loja de leque-treques e bugigangas em geral. Tem tanta coisa que você chega a ficar perdido e para quem tem claustrofobia・閉所恐怖症・へいしょきょうふしょう, eu não aconselharia visitar nenhuma filial do Dom Quixote, pois são todos do mesmo estilo! Algumas menos apertadas do que outras, mas a poluição visual é a mesma! Mas eu estava lá batendo perna e quando cheguei na seção de bebidas, me deparei com uma vitrine especial do Brasil, ensinando como fazer caipiroska! Maneiríssimo! Vejam!


Fiquei um tempinho olhando, tirei foto e segui pelo interior da loja para ver outros produtos e de repente, português! Não! Não tinha nada escrito em português não! Eu é que tinha ouvido português! Eram duas brasileiras que conversavam em português claro! Achei o máximo e como estavam bem do meu lado, não pude me conter! Perguntei "Brasileiras?". OK, sei que é a pergunta mais idiota do mundo, mas para iniciar um papo numa hora dessas, não sei nunca o que dizer em primeiro lugar. Elas sorriram e uma delas me devolveu a saudação dizendo: "É bom escutar a nossa língua num lugar assim tão longe  e tão de repente!". Apesar disso, nosso papo terminou por aqui....rs. Percebi que elas não estavam muito afim de papo e simplesmente, dei um tchau e desejei um bom dia e pronto. Elas agradeceram e me desejaram o mesmo.

Mas depois fui procurar o lugar que eu queria ir. Saí do Dom Quixote e, olhando para lá e para cá na rua, em plena Roppongi - bairro que ferve na night - não é que eu vi uma bandeira linda!! Aliás, uma não! Duas! Eram duas bandeiras do Brasil exatamente na mesma rua e muito próximas uma da outra!




Depois fui comer um lanche no Mc e, sentado, sozinho, comendo, olhei para o lado e vi uma palavra em português como parte da decoração do Mc Donalds mais concorrido de Roppongi durante a madrugada! 


Sem falar que na mesma hora, estava tocando uma música em português, bossa nova, claro. Eles adoram! Fiquei muito feliz de sentir a presença brasileira em diversos elementos que deixaram minha quinta-feira no Japão um pouco mais verde-amarela!

10/06/2011

TV JAPONESA: ISSO EXISTE?!

Hoje quero apresentar um outro programa da TV japonesa que não tem nada de extraordinário, mas que eu confesso que gosto de assistir algumas vezes. O nome do programa é コレってアリですか, que eu traduziria como "ISSO EXISTE?!". O grande barato do programa são os episódios que são representados por atores, que incluem os atores e comediantes que já fazem parte do elenco fixo do programa com a participação de convidados especiais.


Aliás os episódios que eles representam não são historinhas quaisquer. São fatos reais  - que aconteceram na vida real realmente - e que você ao assistir, você logo pensa: "Não! Isso existe?!?!" (ou pensa numa variante do tipo "Ah, não! Isso é mentira né?!"). Nesta semana por exemplo foi um programa especial sobre 回転寿司・KAITENZUSHI, aqueles restaurantes especializados em sushi e com uma esteira que percorre todo o restaurante com os  pratinhos com um ou dois sushis. 



Foi realmente muito interessante! Era cada caso absurdo! Mas é aí que o programa ganha graça, porque você não acredita nas coisas que eles interpretam! Algumas você acha que não é verdade, ou seja, é difícil de acreditar que possa existir fatos e gente assim, do jeito que eles mostram nesse programa! Principalmente aqui no Japão onde "ainda" se tem uma imagem de que os japoneses são toooodos certinhos,  que não cometem erros ou grosserias, que todos cumprem horário etc etc.

Nesse programa do restaurante de sushi, por exemplo, eles mostraram que tem cliente que esconde os pratos na bolsa ou debaixo da mesa para não pagar tudo! Teve até uma mulher que levou alguns pratos para deixá-los no banheiro!!!! (Bom, para quem não sabe, nesse tipo de restaurante, você paga pelo número de pratos que consumiu)

Impressionante foi também o senhor que ficou "p" da vida com a maneira de o sushiman preparar o sushi e depois de dizer que ele mesmo poderia fazer melhor, o cara, cliente, invadiu balcão e quis fazer ele mesmo os sushis! É mole?! Teve também um grupo de senhoras que depois de ficarem mais de 4 horas no restaurante, ainda quiseram levar sushi para casa!!! E por aí vai...

Em outro programa sobre pais de alunos, eles mostraram casos como a mãe que pede dinheiro emprestado para o professor durante a reunião de pais!! Depois teve uma mãe que deu em cima de um pai de outro coleguinha do filho em plena reunião de pais também! Muito engraçado! Os casos foram relatados por um diretor de escola que estava lá no programa e confirmou que tudo aquilo havia realmente acontecido e que acontece coisas muito piores, disse ele!!

Encontrei alguns vídeos que mostram outros episódios do programa, mas que igualmente você pensa: "Não! Isso existe!"...ou talvez para muitas pessoas a pergunta vai ser algo como: "Não! No Japão também tem isso!?!". 


Bom, vejamos alguns episódios que eu separei!


Nesse primeiro vídeo, duas moças resolvem entrar no restaurante para comer. Como é de praxe, o garçom primeiro pergunta o que elas irão beber. Elas pedem logo dois chopps. Mas em seguida quando vão pedir a comida, o cara fala para elas que o restaurante está para fechar e que elas já não podem pedir comida!!!! Fora isso, vejam as outras coisas que eles são capazes de fazer! Acho que mesmo sem entender muito japonês dá para se ter uma ideia do absurdo que aconteceu com as japinhas....que aliás, uma delas eu sou fã! estou falando da Rosa Kato, a japonesinha filha de japonês com italiano. Um gracinha ela!!! E vamos ao vídeo Clique na imagem abaixo para assistir ao vídeo direto do youtube!


ENVIADO POR: AYA (23 ANOS, "OFFICE LADY")

POSSO EXPLODIR COM OS FUNCIONÁRIOS
 QUE QUEREM FECHAR O RESTAURANTE? 


Este outro não é lá tão absurdo quanto os outros. Aliás alguns exemplos são bem reais! Outros sim, inimagináveis! São coisas que aconteceram /  acontece em um karaokê. 


"EXISTE UM KARAOKÊ ASSIM !?"

O último vídeo é sobre uma nipo-carinha que vai ao hospital visitar a colega que está internada no hospital. Aliás, o cara vai lá todo santo dia!! E sempre fazendo um agrado! Até o dia que a moça diz para ele que vai finalmente ela vai ter alta, e, do nada, o cara explode! Por que isso?! Tenta ver no vídeo!


ENVIADO POR: YUKO (20 ANOS, UNIVERSITÁRIA)

POSSO EXPLODIR COM UM CARA QUE
FAZ VISITA A UMA DOENTE TODO SANTO DIA? 


08/06/2011

GANHE UM BOTTOM EXCLUSIVO!

Para quem mora no Japão, uma notícia: ainda há bottons exclusivos da campanha da Brastel - iguais a este da barra lateral - para arrecadar doações para as vítimas do terremoto! Para doar é muito fácil! Confira! O mais maneiro é que você pode receber o bottom para a sua casa!! 


07/06/2011

NIPO-MÃO-LEVE

Achei o máximo esse cartaz que eu vi na plataforma da estação de Abiko・我孫子. O cartaz alerta os passageiros sobre a presença de "mãos-leves" (スリ)nos trens e nas estações(電車内・駅構内). Gostei principalmente da apresentação um tanto quanto infantil não é a palavra adequada, mas de uma forma bem mais leve do que o assunto implica e ao mesmo tempo da complexidade de como eles abordam o assunto!



Nos três círculos eles destacam as três situações em que as vítimas se mostram mais vulneráveis: 1.Qdo o trem está cheio(満員電車・まんいんでんしゃ). 2. Qdo estão em sono profundo(熟睡している時・じゅくすいしているとき). 3. Qdo eles deixam a bolsa aberta entre as pernas qdo estão sentados(足下に鞄を置く時・あししたにかばんをおくとき).

O quadro em destaque ainda aconselha aqueles que forem vítimas que entrem em contato imediatamente com a polícia e se por um acaso o cartão de crédito (クレジットカード・くれじっとかあど)também tenha sido levado, a vítima igualmente deve contatar imediatamente a empresa do cartão de crédito(クレジット会社・くれじっとがいしゃ)!  

06/06/2011

APP MUITO JAPÃO !

ESTREIA HOJE o "novo quadro"! É o APP MUITO JAPÃO! Nele irei trazer um pouco dos aplicativos para a linha "aifone" e que é claro, são no mínimo, Muito Japão! O aplicativo de hoje é um dos mais baixados, principalmente depois do grande terremoto do dia 11 de março deste ano!

O aplicativo YUREKURU avisa com alguns mínimos segundos de antecedência  - quando avisa(!) - quando virá um terremoto. para isso você ao baixar o aplicativo, deve configurar a área em que você se encontra e que intensidade de terremoto você gostaria de ser avisado. Você pode configurar por exemplo: estou em Tóquio e quero que o alarme toque somente quando estar por vir um terremoto de intensidade 4, por exemplo. Isto é bom porque aqui no Japão, alguns terremotos de intensidade bem menores são sentidos quase que diariamente e várias vezes por dia. Logo, seu celular irá tocar trocentas vezes por dia. Por isso é aconselhável que se configure para terremotos com intensidades maiores. 

O aplicativo mostra também os diversos locais do Japão - mesmo que não seja o local de onde você configurou - onde ocorreu um terremoto, com descrição do local e a hora em que ocorreu. 





Maneiro (ou não, para algumas pessoas) é quando você está dentro do trem ou mesmo no escritório do trabalho e todos os telefones soam o alarme ao mesmo tempo! Aliás tocam muito mais telefones, porque há outras companhia telefônicas que oferecem o mesmo serviço para os usuários de outros tipos de smartphones. Conclusão: tocam todos juntos! iPhones e não-iPhones.

Bom, mas o melhor de tudo é que se trata de um aplicativo GRÁTIS! 無料です!



PUBLICIDADE:

詳しくは画像をクリックして下さい ・Informações, clique na figura acima

DoNaDa

Para quem não sabe, aqui no Japão, umas das formas de se fazer propaganda é distribuir lenços de papel - vulgo "tisshu", em japonês ティッシュ - com a propaganda dentro. Dia desses fui no loja brasileira é não é que eu vi um pacotinho desses de lenço de papel com a propaganda do Banco do Brasil aqui do Japão! 

Tudo bem, não é nada de oh-que-extraordinário, mas achei interessante ver um artigo e uma forma de publicidade tão "Muito Japão" servindo de marketing de uma instituição brasileira. Sei lá. Achei maneiro! Vejam!


FAVOR NÃO SE MAQUIAR NO TREM

Encerrada a pesquisa Muito Japão - exposta na barra lateral - sobre o fato de ser incômodo ou não uma moça se maquiar em pleno vagão de trem. Confesso que duas coisas me deixaram surpresos com relação ao resultado da pesquisa. Uma foi o voto de um(a) brasileiro(a) que afirma ser "sim" um incômodo ver gente se maquiando no trem. Tudo bem. Nada contra. As opiniões não precisam ser todas iguais, mas que me surpreendi, eu me surpreendi.

Segundo foi ver tantos japoneses afirmarem que "não" acham que seja um incômodo estar no mesmo vagão de uma moça se maquiando. Não sabia que havia japoneses que não ligavam para isso! Bom, mas de qualquer maneira, nove disseram que acham incômodo, contra 1 brasileiro. Ao passo que 19 japoneses disseram não ser um incômodo, contra 52 brasileiros! (Claro que o número de leitores brasileiros do muito Japão é muito maior...)

Mas fiz a pesquisa mais para comprovar que eu não estava louco! Porque sinceramente não entendo qual o drama de uma moça que saiu atrasada de casa e está aproveitando o tempo livre para se arrumar, enquanto outros dormem, lêem livros, revistas, propagandas, outros olham para os sapatos dos outros, mexem no celular, jogam game ou o que seja...

Pelo contrário! Acho maneiro ficar observando passo a passo da transformação! (risos) Admirar a habilidade desses meninas ao passarem lápis nos olhos com o trem em movimento, ver o tempo enoooorme que elas gastam com os cílios e com a franja e por aí vai! Acho que de incômodo passa a ser até um atrativo!  Acho também curioso, porque no Brasil, o máximo que a gente pode ver é um retoque aqui outro lá, não é mesmo? Mas aqui elas começam do zero! De cara lavada! E saem do vagão com 2 kg de base, cílios carregados - alguns "engafunhados" - de tanto rímel e se sentem lindas! OK!

E quer saber!? Me sinto muito mais incomodado com o fato deixarem mendigos entrarem e sentarem no trem, do que ver uma menina se embelezando enquanto está sentada no lugar dela, quieta, sem emitir nenhum odor em específico!

Mas a verdade é que eu acho que para a maioria dos japoneses o simples fato de uma menina se maquiar no trem representa um incômodo. Nunca conversei sobre isso com nenhum japonês - até pq acho um tema tão ridículo e tão ínfimo - mas essa diferença cultural está estampada, literalmente, nos cartazes que a gente vê dentro e fora dos trens!

Sim! Eles alertam as meninas para o fato de elas se maquiarem no trem e dizem que isso incomoda os demais passageiros! Eles tratam o tema até como falta de educação ou boas maneiras!!!

Dias desses eu vi um cartaz desses e tirei uma foto. Vejam!


No cartaz estão frases como: 

1. No trem, mais do que a maquiagem, é mais importante ter consideração com as outras pessoas. 

2. Pare com este ato incômodo


Veja agora outros cartazes que a gente vê por aqui...





PS.: Aproveito a oportunidade para pedir desculpas aos estrangeiros que falam e entendem português e que não são japoneses. Na pesquisa encerrada no último dia 5,  eu deixei espaço somente para brasileiros e japoneses votarem e por isso, alguns leitores portugueses não puderam participar da pesquisa. Peço desculpas.