02/05/2012

PROFISSÃO HOMEM-ROBÔ-ALERTA

Não sei se é o cúmulo do respeito para com os outros ou o cúmulo da judiação em contratar um ser humano só para ficar o dia inteiro avisando que a escada rolante está em manutenção e pedir para que as pessoas usem a outra escada rolante disponível ou as escadas normais. Pois é este o serviço do niposenhorzinho aí da foto! A foto não está lá nenhuma Brastemp porque eu não queria que ele percebesse. Mas fiquei um tempinho observando e admirando o trabalho dele. Ficar o dia inteiro falando a mesma coisa, repetidas vezes não deve ser tarefa fácil! Ainda mais de pé o tempo todo! Entenderam né? Ele não está ali simplesmente para recepcionar os desatentos ou desavisados ou cegos (no sentido figurado!) e informar alguma coisa somente quando for perguntado. Não! Ele fica falando que a escada estea em manutenção. Pede desculpas pelo transtorno e ainda sugere que as pessoas façam uso das outras escadas disponíveis, sendo que uma delas, é também escada rolante e que leva para o mesmo lugar! Entenderam a gravidade do problema??

Agora...nós K nós...

...precisa mesmo ter uma pessoa ali avisando que a escada está em manutenção?!!? Sendo que a escada está parada, completemente parada e desmontada, com homens trabalhando dentro e mexendo nas fiações e controles e com uma cerquinha na frente escrito ESCADA EM MANUTENÇÃO?! Não! fala para mim se precisa mesmo?!?!

Participe da Enquete Muito Japão e dê sua opinião!

日本語・簡単解説:

エスカレーター点検中。って明らかで、「点検中。ご迷惑おかけしまして申し訳ありません」という看板も出ているし、エスカレーター自体が分解されているし、作業中の男たちが何人か色々やっているし・・・なのにわざわざ年配の方を雇われて一日中立たせて人々にエスカレーターが点検中ですというお知らせをさせるのはどうかな?と思う。乗客に対する思いやりを考えると凄いなと思うけど、年配なのに(若い人でも)一日中立てて同じことを繰り返して繰り返して言うのは相当大変だなと私は思う。可哀想!よかったら、調査にお答え下さい。エスカレーターは点検中と一目瞭然なのに本当にわざわざそれを知らせる人間が必要なのか「はい」か「いいえ」を選択して下さい。ご協力ありがとうございます。

12 comentários:

  1. Pois é, Caruso, eu também fico me perguntando o porquê desse acontecimento, isso é o cumulo da redundancia. Sei que os japonêses adoram isso, mas não sabia que chegava a esse ponto: isso é redundancia ao extremo. Kkkkkkk!!!! (^_^)

    PS: minha resposta na enquete: NÃO!

    ResponderExcluir
  2. Podiam ainda ter colocado aqueles avisos sonoros de sempre, sabe? "Escada em manutenção, escada em manutenção, escada em manutenção (...)"

    ResponderExcluir
  3. Eu acho que não é questão de ter necessidade ou não, mas sim de saber o por quê daquele senhor aceitar aquela função. Já que se trata de um país em estágio avançado de envelhecimento da população, eu chutaria que seria uma tentativa de manter os idosos dentro da população economicamente ativa. Não sei se você sabe, Caruso, mas ultimamente aqui no Brasil é muito comum ver pessoas jovens paradas nas esquinas com placas de propaganda penduradas no pescoço. Não seria mais fácil fazer um outdoor? Outro exemplo é a existência de frentistas. Não seria mais fácil instalar bombas self-service? Mas se no Brasil existe esses tipos de trabalho é porque existem pessoas (geralmente sem qualificação) que se submetem a eles. Acho que um tema como esse exige uma análise mais profunda e eu só consegueria responder se é uma "judiação" aquele senhor estar empregado naquela função se eu conhecesse melhor o mercado de trabalho do Japão.

    ResponderExcluir
  4. Olá Caruso!
    Tenho a sensação que o cara não está lá só pra isso... talvez esteja esperando algum técnico (enquanto dê a informação) mas acho muito improvável que ele esteja lá só pra avisar que "a escada está quebrada".
    Não visitei muitos lugares mundo afora, mas a sensação que tive que é no Japão onde se é mais caro e valorizado é justamente o 人材(pessoas, mão-de-obra), pelo menos fora de Tokyo, não tem "vigia" em lugar nenhum, toda pessoa é devidamente "aproveitada" para o que é produtivo, não simplesmente pra "tomar conta".
    Pra isso se tem as máquinas automáticas, inúmeras placas bem kawaiis além de esbanjarem nos neóns e outros sinais espalhafatosos..
    Você já visitou alguma lojinha ou supermercado sem nenhum caixa pra contar os produtos e pegar o dinheiro?
    Eu já, e MUITOS! rs
    Taí o motivo da minha opinião.
    Abs!

    http://madeinjapan.uol.com.br/2008/05/15/maquinas-em-todos-os-cantos-do-japao/imagem/080515_maquinas_em/2-nas-caixas-registradoras-automaticas

    http://www.dannychoo.com/post/en/26044/Japan+Unmanned+Shops.html

    ResponderExcluir
  5. Mirian,

    Quer saber minha opinião? Eu também acho redundante. Acho que se a questão é dar emprego a pessoas de terceira idade, ótimo! É um exemplo a ser dado no mundo, mas que dêem outra função a ele, e não deixá-lo o dia inteiro lá falando o óbvio! Obrigado pela visita! Até a próxima!

    ResponderExcluir
  6. Clarice,

    kkk...boa! Isto sim! Não deixaria de ser Muito Japão, ainda mais se ficasse repetindo várias e seguidamente a mesma coisa...kkk. Obrigado pela visita! Volte sempre!

    ResponderExcluir
  7. Maurício,

    Não, não! Mesmo sem conhecer bem, você analisou muito bem. Por trás, sei que é exatamente isso. Por isso, a gente vê senhor e senhora de meia-idade ou mais, até no Mac Donalds! Por isso, volto a dizer, dar emprego a eles, eu acho divino! Mas que dê outra função a ele em lugar de deixá-lo de pé avisando o que é óbvio, entende meu ponto de vista? Obrigado pela visita e pelo comentário!

    ResponderExcluir
  8. Adriano,

    Não, ele estava lá só pra isso mesmo! Eu fiquei um tempo observando, depois fui fazer compras em Akihabara e lea estava ele na volta. Mas fui à outra estação depois de Akihabara e qdo voltei hoooooras depois, quem eu vejo? O niposenhorzinho lá de pé, falando! Desta vez no megafone, pq, coitado, já devia estar sem voz! Realmente o custo de mão-de-obra aqui é bem caro, mas aqui em Tóquio tem vigia sim. Aliás, sempre me chamou a atenção o vigia do Japão não serem "armários" e fortões, mas sim jovens e senhores. Isso chega a ser engraçado em certas situações. Sobre o mercado com caixas self-services jea fui sim, aliás, fui em um ONTEM! Adoro! A ter que ficar ouvindo as mesmas frases e se for para ser atendido por uma ser humana que age como robô! Prefiro ser atendido por um robô de verdade! Sério mesmo! Valeu ae! Abs.

    ResponderExcluir
  9. Nossa.. por isso que digo: Tokyo é um mundo estranho :P MUITA coisa diferente do resto do Japão..
    Sempre tive convicção que uma das coisas que mais "seguram" o Brasil do desenvolvimento real é justamente o que o Maurício comentou,um extremo desperdício de gente para as funções mais bobas e improdutivas do mundo... e não falo só de ascensorista (aquela pessoa que ganha a vida apertando o botão do elevador pros outros).

    Se você for pegar só os vigias/seguranças/porteiros fora o contigente enooorme das várias polícias do br (ou seja,gente que não produz nada,ganha a vida simplesmente pra deixar as coisas como estão,gente pra vigiar gente) verá o rombo enorme e a falta que faz toda essa mão-de-obra.

    Lembro que até numa simples obra na rua,acabou o expediente e adivinhe..vem um carro de empresa de segurança para passar a noite inteira vigiando o trator e os materiais de construção...
    Nada a ver com os micro-tratores e cones coloridinhos com a plaquinha da obra espalhados à noite no Japão né?

    http://img542.imageshack.us/img542/6494/toyama.jpg

    ResponderExcluir
  10. Adriano,

    Mas isso de botar gente pra trabalhar sem produzir nnao é coisa do Brasil só não. Bom, além do que acho que isso é meramente para dar emprego a pessoas não-qualificadas. Mas extamente os exemplo que vc deu, aqui em Tóquio tbm tem! Gente paga pra apertar botão e vigia noturno, não para obras, mas em Akihabara, por exemplo, eles montam uns estandes e fica um senhor lá a noite inteira vigiando o que está tudo fechado, embrulhado, lacrado!

    ResponderExcluir
  11. Melhor que aqui no Brasil, onde não há respeito algum, e quando há algum problema, tipo atraso no aeroporto, todo mundo fica igual barata tonta.

    Responsabilidade e respeito é que nem dinheiro: Não importa a circunstância, é sempre melhor sobrar que faltar.

    Meus parabéns aos japoneses.

    ResponderExcluir
  12. na verdade não sabemos o que se passa na vida de cada pessoa.
    os motivos realmente só a própria pessoa sabe.
    Mas pensando pelo lado positivo,talvez ele esteja precisando do emprego,se é aposentado precise complementar sua renda trabalhando mesmo que para a maioria seja um trabalho que não se aceite fazer..

    ResponderExcluir