13/10/2012

PROIBIDO PAPARAZZI

Imagina que a Adriana Esteves suba em um palco montado em um grande do shopping de alguma capital brasileira. OK! Ela vai no Barra Shopping, vamos supor e sobe ao palco para falar um pouco do sucesso da novela. Os fãs enlouquecidos se aglomeram diante do palco e assistem atentos. Alguns, para assegurar uma lembrança daquele momento único, sacam seus celulares e tiram fotos da atriz. A apresentadora é a também famosa Ana Maria Braga. Depois de um pequeno bate-papo no palco, as duas descem e vão dar uma volta pelo shopping. Alguns fãs não resistem e chegam perto e beijam e cumprimentam as duas, mas ao redor, por onde elas passam até os lojistas saem com seus celulares e tiram fotos das duas passando.

Pronto! Você viu algo de extraordinário nesta cena? Viu algo que pudesse prejudicar alguém ou fosse crime? Pois é. Isso aqui no Japão seria beeeeem diferente! Principalmente por um fato específico! OK, eu vou dizer, porque para nós brasileiros é praticamente impossível de saber.

RESPOSTA: É proibido tirar foto de artistas famosos em lugares públicos!

OK. OK. Eu sei que a primeira coisa que você focalizou foram dois pontos: "famosos" e "lugares públicos", certo? Pois é. Aqui no Japão eles não vêem isso como uma coisa relativamente ligada ou uma combinação propícia a induzir que pessoas comuns queiram tirar fotos de gente famosa nas ruas! Se está gravando uma cena na rua e não pode ter flash ou vários flashes irão desviar a atenção dos artistas ou mesmo ofuscá-los, eu até entendo. Mas foto de celular?!?!? Sei também que o Japão é neurótico com essa coisa de imagem e tal, mas, gente comum querendo tirar foto de gente famosa na rua????

Aí você vai me perguntar: "Mas como eles fazem?". OK, respondo! Imaginemos a mesma cena da Adriana Esteves e Ana Maria no Barra Shopping. Antes de começar a entrevista a Ana Maria diria algo assim : " Gostaria dizer que é um prazer estar aqui e receber a nossa querida Adriana Esteves e gostaria de pedir que ninguém tirasse foto nem com câmeras e nem com celulares. Obrigado pela cooperação de todos". Mas aqui no Japão eles falam isso!

Fora isso! Imagine agora na cena delas caminhando pelos corredores do shopping. Neste momento, enquanto elas caminham juntas, um câmera segue na frente, enquanto que alguns funcionários a cercam para que os fãs não cheguem tão perto...bom, até aí tudo normal, não é? Mas aqui no Japão, teriam mais umas 4 ou 5 pessoas espalhadas na frente, dos lados e atrás delas, vigiando se alguém saca um celular para tirar uma foto delas. Se eles percebem, eles correm para cima, ficam na frente do celular, para obstruir e pede: "Por favor, sem fotos!". É mole??? Não é, mas é verdade.

A foto acima é do Festival de Feijões de vários países que eu fui ontem e onde subiram ao palco duas comediantes famosas e claro, antes de começar a entrevista, a apresentadora falou que não era para ninguém tirar fotos. Detalhe: o palco estava armada na rua, em frente a uma estação de trem! Detalhe 2: Eu tirei a foto e aí foi que a mulher avisou que não podia tirar fotos. E eu pensei: "Tava demorando....".

E você? Você acha isso certo? Mas sem entrar no mérito de Direito de Imagem. Imagina que seja um artista que você admira muito e que passa diante de você no seu caminho da padaria. Você resistiria a não tirar fotos? Como você veria a proibição nessa hora?

7 comentários:

  1. Olá! :D
    Conheci seu blog agorinha mesmo, e já estou gostando! hehe
    Ainda mais por ser um blog bem ativo ^^ Pois normalmente quando eu acho blogs sobre o japão eles já estão abandonados...

    Sobre o post, que estranho isso!! Pra mim é muita frescura não poder tirar foto do famoso. haha o que de ruim poderia acontecer? Se o famoso estivesse fazendo algo que deve estar em sigilo ou fora da mídia, tudo bem. Mas há milhares de fotografos profissionais tirando foto da pessoa, o que uma fotinho de celular faria mal?

    Japão e suas bizarrices... hehe


    Beijos!
    Maria Clara

    ResponderExcluir
  2. Maria Clara,

    Que bom que você gostou do blog. Espero assim que você seja mais uma a conhecer um Japão atual, normal e talvez um pouco diferente da mídia e dos guias de viagens, mas de qualquer maneira um Japão atualizado, de hoje! Espero que goste e sinta-se livre para dar a sua opinião e fazer seu comentário qdo quiser, OK?! Volte sempre!

    ResponderExcluir
  3. Não se pode tirar fostos? Em PUBLICO? ahahahahahah agora essa foi muito boa! Por um lado ate percebo, como disse: ate podiam ser apanhados a fazer qualquer coisa que nao gostassem que viesse a publico e alguem inocentemente tirasse uma foto, mas proibirem já é um tanto ou quanto de mais. Será que eles querem incentivar o consumismo do genero nao me tiras fotos em publico pk assim depois podes comprar um poster ou uma foto minha e eu fico a ganhar ou têm medo de ficarem mal em alguma e estão apreservar a imagem?!
    Agora imagine eu que fui ao concerto da jennifer lopez a pouco tempo aqui em portugal e derrepente alguem dizer isso, seria de facto caricato... Mas como tudo cada pais tem a sua cultura e tradiçoes, vai-se la entender.

    ResponderExcluir
  4. Se encontrasse o suposto famoso no shopping, a primeira coisa que pensaria é que ele está atrapalhando o meu passeio. Volta e meia topo com um global e a minha reação as vezes não é das melhores. Principalmente quando há alguma gravação e interditam inclusive lugares públicos. Acho um abuso.

    Uma vez a Mariana Ximenes sentou do meu lado no teatro, acredito que ela achou que eu fosse dizer algo, mas o olhar que eu dei pra ela foi tão frio que até me arrependi depois.

    Só admiro duas pessoas que são exemplos de profissionais e de seres humanos: Senna e Zico. O primeiro está morto e o segundo é a única pessoa a qual eu pedi um autógrafo na vida. Me atendeu com gentileza e tirou uma foto comigo. Os outros, que se explodam.

    ResponderExcluir
  5. Se calhar pode ser para evitar o exagero dos paparazzi, como acontece nos EUA, é quase perseguição aos famosos.

    ResponderExcluir
  6. Na verdade, o direito a privacidade e imagem de famosos é relativizado. Assim, não há como proibir alguém de tirar fotos deles (mesmo que a distancia),se estão em publico, porque são pessoas com a vida publica. Mas claro que em casos extremos ha limites (ex. não se pode invadir a casa de alguem e tirar foto).
    Meus colegas reclamam que brasileiro e exagerado e escandaloso, mas eu acho o contrario, acho que os famosos andam relativamente livres aqui, tirando um que outro fã (E os fãs são o que praticamente pagam o salario deles), eles geralmente vao pra tudo que é lugar. Acho ruim isso do japão,e por isso sempre vejo os famosos cheios de segurança, o que os faz parecer serem 'o Papa' e as vezes nem é tudo isso. Bom saber.

    ResponderExcluir
  7. Quero compartilhar minha experiênica que tive com isto no Japão.

    Eu estava no Tokyo Game Show 2012, e estava acontecendo num estande da Bandai, um show com a cantora que faz a música tema do game "Project X Zone", (acho que era uma tal de Yoko Takahashi). Eu tava filmando com o celular o local, e dando uma focada no show.
    Mal dava pra ver a cantora, por conta da montoeira de gente, do local estar pouco iluminado, e de eu estar longe do palco.
    Mesmo assim, uma nipo-tiazinha apareceu na minha frente, fazendo um sinal de cruz com os braços, tipo Ultraseven, e falando "No pictures"!
    Desisti e fui tirar fotos de outros estandes.

    E isto vale pra dublador também, pois mais tarde aconteceu uma coletiva com os dubladores do "Naruto", e o pessoal do estande ficava na frente dos fãs que estavam com câmeras e celulares, filmando ou tirando fotos.

    ResponderExcluir