19/06/2014

CALAMIDADE NO DIA A DIA

Até certo ponto é maneiro como algumas catástrofes fazem parte do nosso dia a dia no Japão. Não estou dizendo que é maneiro ver pessoas morrendo ou perdendo suas casas em tsunamis e terremotos. Me refiro ao preparo, as informações e tudo que faz das calamidades ao muito presente no nosso dia a dia. É comum por exemplo você estar relaxado na sua casa, vendo sua TV tranquilão e, de repente na parte superior da tela aparece uma mensagem sobre um terremoto ocorrido em algum lugar do Japão. 

O mais maneiro disso é que, dependendo da intensidade do terremoto, nem rola de interromper a programação para um plantão nem nada. A mensagem, - algo do tipo "Acaba de ocorrer um terremoto em tal lugar com intensidade tal. Não existe perigo de tsunami" - aparece até mesmo se você está assistindo um hilariante programa de comédia ou mesmo vendo sua novela preferida. No vídeo abaixo, você pode ver como o aviso aparece durante a exibição de um canal de vendas. 



Neste outro vídeo abaixo, o aviso, além de aparecer mais claramente, por se tratar de um programa ao vivo, é comentado e transmitido pelo apresentador. Vale destacar que o som do alarme é quase sempre o mesmo, por isso, dá mesmo uma certa aflição ao ouvirmos o trim-trim, trim-trim, de onde quer que estejamos na casa. Aliás, o som é o mesmo dos atuais aplicativos que fazem o mesmo papel! Vejam como o aviso aparece na TV...


Se for um terromoto muito forte, claro que a programação é interrompida e as informações sobre o terremoto ocupam um espaço maior da tela. Vejam este outro vídeo que transmitia uma reunião de parlamentares. Além de interromper a programação, entrou imagens do plantão mas a imagem do parlamento continuou para mostrar que lá também estava tremendo. Além disso, o próprio apresentador do plantão dizia que os estúdios onde ele estava estava tremendo também e aconselha: "Ajam com calma".

Quando um tufão se aproxima, é comum acompanharmos sua trajetória pelos telejornais que anunciam onde está o tufão, por onde ele vai passar, a que horas e quando irá se afastar do arquipélago. O mapa mostrado normalmente é este da foto abaixo.



Se for na TV, normalmente as informações são transmitidas durantre a previsão do tempo. Vejam mais ou menos como seriam passadas as informações sobre o tufão na TV em um telejornal do Japão.



Ah! Esqueci de comentar que caso você esteja utilizando o Yahoo Japan! na hora de um terremoto, um aviso sonoro lhe indicará que uma mensagem apareceu na página principal - normalmente embaixo do nome Yahoo Japan! e em cima da caixa de preenchimento para pesquisa. Na mensagem, assim como na da TV, será informado do epicentro do terremoto, a hora e se há ou não perigo de tsunami. 




2 comentários:

  1. Bem interessante esse tipo de anúncio. Isso mostra que os japoneses estão sempre em estado de alerta. Mas, particularmente, preferiria muito mais viver com medo da natureza do que do próprio homem como muitos de nós vivemos nas grandes cidades no Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Motivo de força maior.

    ResponderExcluir