03/08/2014

JAPONÊS MANEIRO

Para quem não sabe, eu assino uma coluna na revista ALTERNATIVA, revista esta publicada no Japão, em português, e distribuída por todo o arquipélago. A coluna chama-se JAPONÊS MANEIRO e tem como objetivo principal incentivar os conterrâneos a aprenderem o idioma japonês e para quem já sabe, apresentar curiosidades e fatos que talvez não possam não ser aprendidos em sala de aula, mas que deixam o idioma tão vivo e tão interessante para quem já tem uma noção. Procuro dar dicas de ideogramas, pronúncia, provérbios etc. No post de hoje, você leitor do Muito Japão poderá conferir com exclusividade a coluna publicada na revista no Japão e que, infelizmente, não pode ser adquirida em território brasileiro. 

1. Símbolo de Arroz?! 
Você já viu este símbolo  ? Trata-se de um símbolo gráfico bastante usado em textos em japonês no lugar do asterisco. Isso mesmo! Seria, praticamente, a versão japonesa do asterístico que usamos! Ele se chama "kome jirushi" porque ele vem do ideograma "kome" de "arroz" (). 
 2. Palavras da realidade
 デモ行進、公金、ストライキ. "demo koushin", "koukin", "sutoraiki". Traduzindo, todas as palavras são bem familiares a nós brasileiros. São elas, "manifestação", "dinheiro público", "greve". O que quero dizer é que é sempre bom sabermos não só palavras do cotidiano de quem vive no Japão e da cultura japonesa em si, mas é também importante aprendermos em japonês palavras da cultura e da vida cotidiana do Brasil. Um dia estas e outras palavras que você sempre ouviu quando morava no Brasil serão muito úteis para explicar a um japonês sobre nosso país e nossa cultura.
 3. Expressões bem japonesas 
 E por falar em cultura. algumas expressões representam bem alguns aspectos da cultura locais. Para hoje, eu selecionei uma que eu acho bem japonesa. 首を傾げる ou "kubi o kashigeru", que em português, mesmo traduzindo, talvez não passe a ideia claramente, mas quem já viu um japonês inclinar levemente a cabeça quando está inseguro, incerto ou desconfia que algo não está correto, saberá bem o que quer dizer a expressão "inclinar o pescoço" ou kubi wo kashigeru, em japonês.
4. Mais fácil em japonês!  
Responda rápido: você sabe o que é acrofobia? E mitomania? Muito bem, pode ser que assim de primeira você possa não estar familiarizado com estes termos e se está, deve pensar: "nossa, imagine isso em japonês!". Pois é aí que você se engana! O maneiro é que em muitos casos sabendo interpretar os ideogramas que formam uma determinada palavra, é mais fácil matar a charada, ou seja, seu significado, em japonês do que em português! Vejamos por exemplo nossas duas palavras de hoje. Uma é 虚言症 ou kyogenshou e a outra 高所恐怖症 ou kousho kyufushou. Mas qual é qual? Simples. Basta interpretar os ideogramas que formam estas palavras! Lembram? No primeiro temos os ideogramas de "mentira", "dizer" e "doença". No segundo temos "altura", "lugar", "medo", "temer" e "doença". Ficou fácil, não? Mitomania é umtranstorno psicológico de contar mentiras compulsivamente e acrofobia é o medo de altura!
広告・PROPAGANDA



Nenhum comentário:

Postar um comentário