14/07/2010

Descarga do banheiro traz as opções 1 ou 2 !

Dia a desses, aliás anteontem, fui almoçar com duas japonesas legítimas. Bom, eu só não diria que são japonesas japonesas porque uma viveu 12 anos nos States e até hoje, adora misturar japonês com inglês. A outra estudou português, morou no Rio, casou com brasileiro e fala português fluente. E enfim, mas no fundo no fundo, o que elas têm de comum é o pensamento totalmente japonês. Isso elas nunca perderam.

Muito bem. Apesar de estarmos em pleno almoço, o assunto em pauta foi, nada mais nada menos que banheiro. A que morou no Brasil disse que uma das coisas que mais chamou a atenção dela quando ela morou no país, foi ver lixeiras nos banheiros. Isso mesmo. Lixeira para jogar o papel higiênico. Na mesma hora, a outra fez logo cara de nojo e não podia acreditar. Isso porque aqui no Japão quase, quase não tem banheiro com lixeira. Eu disse quase porque, pode ser que elas não saibam, mas aqui tem, mas de qualquer maneira, é raro.

O mais comum aqui é jogar o papel higiênico no próprio vaso sanitário e dar a descarga. Os papéis higiênicos aqui são próprios para isso. O interessante foi que no dia anterior eu havia assistido a um programa que falava justamente sobre papel higiênico. No programa foi feita a té uma experiência com o papel higiênico do Japão e da China para comprovar qual deles se dissolvia na água mais rapidamente. O do Japão ganhou em disparada. O mais interessante ainda foi a razão. Segundo o programa, há uma norma que obriga que até tantos segundos o papel higiênico deve, é obrigatório, dissolver antes de chegar a um ponto x do cano. Muito interessante. Por isso, normalmente não tem lixeira e os japoneses - bom, agora nós estrangeiros tbm - estamos acostumados a jogar o papel no vaso e não em uma lixeira.

Na mesma hora eu disse a elas que eu tbm achava estranho o vaso sanitário estilo oriental. Sabem né?Aquele tipo um trenó, sei lá. Este, vejam!



Eu costumo dizer que é um estágio para quem quer saber como cagar no mato! Porque simplesmente, a posição é a mesma! Lembrei também que em algumas casa no interior do Japão, a coisa é ainda pior! Quando eu vim de estudante, eu fiquei na casa de uma família no interiorzão. Quando eu fui no banheiro e abri a porta, me deparei com um buraco, isso mesmo, somente um buraco aberto no chão. Era como se fosse um ralo de Itu, mas sem tampa!! Só o buraco!! Fiquei tão impressionado que congelei na porta do banheiro. Quando meu pai japonês chegou ele logo tentou me tranquilizar e disse: "Fique calmo, você pode usar isto!". E me trouxe um vaso sanitário de plástico para colocar em cima do buraco e poder bancar o rei normalmente. Era estranho porque, feito de plástico, e só para por em cima, parecia um  pinico para adultos, mas enfim....era melhor do que agachar em cima de um buraco apenas! O mais nojento não era nem o buraco não ter fim, não ter água  - e consequentemente não ter aquele feedback, digamos. O mais nojento foi ele me explicar que periodicante vinha um carro-pipa sugar tudo! Argh!


Mas voltando ao trenó, me chama a atenção o fato de o Japão ser tão moderno e ainda ter esse modelo de vaso sanitário em shoppings e até no aeroporto. OK. Sei que tem muito estrangeiro e brasileiros até adeptos a este estilo de "cagar no mato indoors", por questões higiênicas, enfim, mas eu particularmente, prefiro sentar, tranquilão, ao estilo mais ocidental possível e de preferência num vaso com direito a painel de controle e assento aquecido durante o inverno e tudo. Falando nisso com elas, me lembrei da foto que tirei na torre da prefeitura de Tóquio, quando fui no banheiro, claro...

Vejam e tirem suas próprias conclusões! 



Por último, "gostaria de estar falando" que acho interessante você analisar o que fez no banheiro antes de dar a descarga! Isso mesmo! Isso porque aqui na alavanca da descarga, vem escrito dois ideogramas 小・大 que para bom entendedor quer dizer simplesmente 1 e 2 !  Não é mentira! Vejam!


Então se você, ou melhor, seu intestino optou por fazer o número 2, por exemplo, você deve girar a lavancazinha no sentido do ideograma 大・dai, que pode signicar tanto "grande", quanto, "o número dois" if you know what I mean...Mas se sua produção não teve, digamos, resultados brutos, sua opção deve ser o ideograma 小・shou, que quer dizer, tanto "pequeno", quanto, "o número 1", if you still know I mean...

Agora sério! Os ideogramas propriamente ditos vêm das palavras 小便・shouben e  大便・daiben, que significam, respectivamente, "urina" e "fezes".

IDEOGRAMA・漢字

Aproveite para aprender como se escrevem os ideogramas do post de hoje!



14 comentários:

  1. Bah, talvez este seja o melhor post dos últimos tempos!

    ResponderExcluir
  2. Interessante os ideogramas e facinhos....rssss.mas quanto aos banheiros,nos brasileiros que vivemos fora do Br.co certeza achamos coisas bem estranhas,mas a pessoas do Br..acham normal,mas acredito que tem sempre aquelas que pensam que deveria ser mais higienico ne jogar o papel no sanitario.rsss...ja passei por dificuldades nos banheiros daqui por causa desses pequenos detalhes,coloca Caruso um post sobre banheiros que vc.nem tem ke puxar a alavanca...rss..e legal..tb..

    ResponderExcluir
  3. Mas no Brasil também, nem todo banheiro se joga o papel em lixeira...

    Quanto ao 大 e 小, lembro que foi assim que aprendi esses kanjis pela primeira vez. :)

    ResponderExcluir
  4. hehehehehe a Cássia tem razão, um dos melhores e engraçados!

    Ô povinho....até para cagar são inteligentes! Tecnologia até no papel higiênico!!

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Ola!to gostando muito desse blog!Parabens!
    Eu lembro que quando era crianca e ia pro sitio da bachan, eu ficava morrendo de medo de ir no banheiro porque era numa casinha de madeira em cima de um morro, e tinha aquele buraco,as vezes fazia no mato perto da casinha,mas uma vez a noite fiz coco nas calcas,porque morria de medo de ir la na casinha rs e tambem tinha ofuro esquentado a lenha,velhos tempos rs

    ResponderExcluir
  6. Oi Caruso, achei muito interessante e curioso esse post sobre banheiros japoneses. Estou aqui há 9 anos, e confesso que me assustei quando vi pela primeira vez o banheiro de agachar. E ainda foi dentro de um shopping. Mas hoje também confesso que prefiro esse, pois acho mais higiênico. Apesar de um pouco incômodo, mas, pelo menos, você não encosta em nada. Onde eu trabalho existem as duas opções e procuro sempre entrar no de agachar.
    Uma outra coisa interessante aqui é que em alguns banheiros de estilo ocidental, geralmente em shoppings, existe à disposição um tipo de desinfetante para limpar o assento antes de utilizá-lo. E também tem outros que possuem um papel no molde do assento. Assim você forra o assento antes de sentar. Outra coisa legal é que este papel também pode ser jogado dentro da privada após o uso.
    Isto é Muuuuuito Japão, não é mesmo?

    ResponderExcluir
  7. Me matei de rir agora, hahahaha Poxa, sabe q eu ñ sabia até hj q os kanjis de 大 e 小 eram p/ isso?? Nunca parei p/ pensar, como eu vi q no 1º a pressão da água era maior achei q era só isso, 2 modalidades de pressões de água! XD Vc já falou de banheiro antes, ñ?? Pq banheiro MERECE um post beem abrangente!

    ResponderExcluir
  8. Opa! tudo bom? ^^ Então cara sou um admirador da cultura Nipônica, e gostei do blog, inclusive dos posts! ^^ Tenho uma pergunta, vc é estudante aí No nihon? Pq eu pretendo ser bolsista, fazendo uma Pós-graduação, vc poderia me ajudar? Grato pela atenção! =D
    Parabéns pelo Blog! ^^

    ResponderExcluir
  9. estranho, prefiro o nosso.. =D

    ResponderExcluir
  10. No Brasil já chegou essa novidade. Aqui em casa tem duas opções de descarga: 3 litros e 6 litros. O botão menor é o de 3L e o maior o de 6L. Com certeza ajuda a economizar bastante água.

    ResponderExcluir
  11. Caruso,
    Adorei esse post do "toirê"

    A TAMI escreveu, eu já passei igualzinho por isso.
    Atualmente, lá no sítio fizeram um banheiro decente, ao lado da casa, mas o banheiro não pára limpo, porque as pessoas não cuidam direito. Entram com sapato cheio de terra, não é como no Japão, que tem que colocar a SURIPA.

    O problema do vaso no chão, é que a mulherada não mira direito, tem sempre alguém fazendo para fora.

    Mesmo tendo a patente aquecida eu não costumo usar, porque aquele chuveirinho pode molhar toda sua bunda....kkkk...
    Mas, o melhor é se tiver esse bidê em casa mesmo, porque fica melhor.

    Ótimo post, valeu!

    ResponderExcluir
  12. Caruso,
    A primeira coisa que estranho no WC do Brasil, é aquele monte de papel higiênico acumulado no cestinho. Isso é verdade, não poderiam inventar um papel higiênico que desintegrasse na água, ou será que já tem para vender no Brasil?

    ResponderExcluir
  13. Achei interessante e divertida a maneira como expôs este assunto e ainda a associação que fez com o shou 小 e do dai 大. Há alguns anos estava num galpão antigo e quis ir "verter águas". O dono indicou o local. Fiquei chocado quando entrei e vi uma coisa igual a essa da foto no chão. Anos mais tarde estava a fazer uma vistoria numa casa antiga de campo que queriam alugar para turismo e pedi para ver o banheiro. Simplesmente só tinha um buraco no chão e era ali que se fazia tudo, até tomar duche. Lógico que não fiquei lá.

    ResponderExcluir
  14. Deve ser dificil para quem tem dor lombar encarar esse sistema sanitario oriental!
    não deve ser mole não!

    ResponderExcluir