16/03/2011

Moro em Tóquio

Acho que agora vai! Sinto que nossa vida em Tóquio está começando a voltar ao normal! Isso sem contar o  fato de eu não ter dormido a noite toda... aliás me senti o próprio vampiro ao ver os primeiros raios do sol e finalmente cair no sono. Mas pelo menos consegui dormir um pouco. Pouco mesmo, porque meu tremor-despertador soou de novo hoje. Isso mesmo, a casa tremeu e eu levantei.

Mas isso não "me abalou"!  Logo quando acordei, algo me dizia que o dia hoje seria bem melhor! E foi! Tomei meu café tranquilo, tomei banho normal - com direito a shampoo e condicionador - , arrumei a casa e nem um tremor nesse espaço de tempo. O dia estava claro e bonito e resolvi por finalmente os pés para fora. Para não dizer que estava tudo completamente normal, no ponto de ônibus um comunicado aos passageiros (foto abaixo) informava que devido à escassez de combustível, os ônibus estavam circulando com o horário de final de semana - o que significa menos ônibus e maior espaçamento entre um e outro -  e que devido ao tráfego, podia ser que o ônibus não chegasse no horário previsto.




...e não chegou mesmo!

Mas tudo bem, pelo menos chegou e o ônibus estava vazio. Achei que viria lotado. O caminho foi tranquilo, sem nenhum engarrafamento nem nada. Desci no ponto e a cidade estava normalíssima. Saquei dinheiro no banco e claro, lá estava mais um aviso de que estavam com menos máquinas disponíveis justamente devido ao terremoto e com o intuito de economizar luz!

Depois fui ao Mac e, adivinhem! Um papel na porta avisava que eles poderiam não ter todos os produtos devido ao terremoto e que o fornecimento de ingredientes não estava normal. Mas pedi uma promoção do Bic Mac e veio normal...

Saindo de lá ainda tinha um programão marcado: oftalmologista! "Será que está normal?", por um segundo pensei. Mas chegando lá, parecia que naaaada havia acontecido, exceto! Adivinhem! O aviso (foto abaixo) que estava na porta do elevador informando que o elevador estava funcionando mas que em caso de tremor ele pararia e se possível fosse, eles aconselhavam a subir de escada.



Mas a consulta tudo normal, na paz, sem tremor...

...e para provar que eu estava confiante no dia de hoje, passei até no Dom Quixote! Aí você que não conhece a loja vai dizer : "E daí?". Quem não conhece não deve realmente achar a menor graça, mas quem sabe como é o interior da loja, sabe que é o último lugar onde alguém poderia estar durante um terremoto! Para começar deveria ter um aviso na porta proibindo a entrada de clientes que sofrem de claustrofobia! A loja tem tanta coisa, mas tanta coisa, em espaços mínimos, milimetricamente enfiados em prateleiras e mais prateleiras que formam labirintos com vielas tão estreitas que um terremoto ali seria, no mínimo, morte por "afogamento em produtos"! Mas nada aconteceu e eu saí de lá ileso.

Era a prova de que o dia de hoje era um começo de um novo tempo! Pelo menos aqui em Tóquio. Aliás, acho que isso que a mídia estrangeira precisava enfatizar mais isso! Onde é Tóquio. Onde é Osaka. Onde é Iwate. Não foi o Japão inteiro que sofreu com o terremoto e nem com o tsunami. Foi no nordeste! Minha mãe era uma que estava apavoradíssima e finalmente acho que hoje ela acalmou um pouco. Isso porque eu a expliquei da seguinte forma:

"Lembra quando teve a enchente em Teresópolis e todo mundo vivia perguntando como você estava sendo que você estava na cidade do Rio de Janeiro, bem longe da região serrana?!? É igual!" As pessoas aqui no Japão viviam me perguntando também: "E sua família no Rio? Tudo bem?". Não estou condenando essas pessoas, pelo contrário, eu agradecia uma por uma e ficava feliz, mas o Rio que é o Rio não é minúsculo e mesmo assim, a enchente não foi no Estado do Rio de Janeiro todo! ...assim, ela entendeu!

Acho que a mídia estrangeira está falando só "o Japão", "no Japão" e não localiza as pessoas que não conhecem aqui direito! Tudo bem, não estamos tão distantes quanto quem mora em Osaka por exemplo e não estamos podendo nos dar o luxo de ficarmos sem nos preocupar, mas o exagero e o foco somente nas coisas ruins estão deixando as pessoas de fora do Japão mais apavoradas que nós que aqui em estamos!

É verdade que a situação em Sendai, em Miyagi e outras cidades de Iwate não está boa. Muita gente em abrigo passando fome e frio, mas nós em Tóquio não estamos passando nem um quinto do pior que eles estão passando! E digo mais! O povo que mora em outros lugares do mesmo Japão, como Osaka, Nagoia etc, estes não estão passando nem um micromilésimo do que estamos passando. Estão acompanhando tudo pela TV, tal qual quem vive fora do Japão! Eu aqui em casa, por exemplo, estou com água, luz, comida no mercado etc. Nem o tal Bleacute Planejado eu tive aqui em casa! Minha luz não foi cortada nem uma só vez! OK, não consigo comprar pilha e nem água mineral, mas comprei litros e litros de suco, biscoito, frutas e legumes.

Hoje eu percebi também, não só no facebook, quanto no twitter, um movimento de união entre as pessoas, para fazer um apelo às diversas mídias estrangeiras que não apavorem mais nossos familiares no exterior. Não estou falando de Globo, de Record ou de qualquer outra mídia brasileira. Estou falando de todas! Pois até os estrangeiros estão pedindo em seus próprios idiomas para que as mídias estrangeiras de um modo geral transmitam sem sensacionalismo e situe mais as pessoas.



Estou preocupado com a radiação? Sim! Estou levando a vida normalmente? Não! Mas não estou apavorado, nem morrendo de fome e nem de frio. Mas eu moro em Tóquio. Não moro em Miyagi ou Iwate. Graças a Deus não estou em um abrigo. E isso, acho que devo agradecer muito! Ainda há muita gente desesperada, muita gente deixando o país, deixando Tóquio, mas pelo menos hoje, o placar dos Desesperados x Preocupados-porém-sensatos parece estar mostrando vitória para o segundo time!

Obrigado mais uma vez a todos que me mandam msgs ou perguntam por mim e se mostram preocupados com a minha pessoa de alguma forma. Estou bem. E espero ficar melhor daqui para frente! A começar por hoje! 

Muito Obrigado!

PS.: Vou assistir ao DVD que aluguei hoje no caminho de volta para casa...






11 comentários:

  1. Ola Caruso

    Tenho um filho em Kanagawa, e como todos nessa situação, ficamos preocupados.Porém, lendo seu blog, estou mais tranquilo em relação a catastrofe de Sendai, pois voce está nos passando tranquilidade em seus posts, o que neste caso só nos conforta, já que pouco podemos fazer, a não ser rezar!
    Obrigado e fique com Deus!
    Julio.

    ResponderExcluir
  2. Olá.

    Sigo o seu blog há algum tempo, mais ou menos desde que estive no Japão em 2008.

    Tal como indicas (e desculpa tratar por tu e não por você, como é habitual entre os brasileiros) é normal que haja preocupação, principalmente porque o que tem passado nas notícias é informação de que a situação na central nuclear de Fukushima continua totalmente descontrolada.

    Espero que a situação melhore rapidamente.

    Uma abraço de Portugal,
    Miguel

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho procurado ler o que os brasileiros que moram no Japão tem dito na internet e vejo postagens que me tranquilizam bastante, porque a mídia aqui só tem passado notícias apavorantes e que disseminam o pânico. Muito bom ler textos como os seus nesse mar de tragédias anunciadas da mídia.

    ResponderExcluir
  4. Saudações Caruso!
    Meu nome é Márcio e também moro em Tóquio (sou aquele que te deu um toque sobre a chinesinha Angela Baby com a camiseta do Brasil num comercial no ano passado). Primeiro parabéns pelo blog, sempre muito informativo e divertido.
    Também sou do time "Preocupados...sensatos". Não consigo mais acessar aos sites brasileiros de notícias, pois só passo raiva. A cada notícia alarmante do outro do lado do mundo, sou obrigado a "apagar o incêndio" junto a familiares e amigos. Seu blog, inclusive, está servido de referência para eles.
    Não pude me conter e resolvi te escrever após assisti a dois programas da tv japa, agora a pouco, falando sobre a situação das usinas em Fukushima, os dois passando ao mesmo tempo, infeliz/e (é que eu tenho a mania de gravar os programas que eu julgo interessantes/importantes). Um foi na NHK e o outro na Asahi, do jornalista Akira Ikegami, o semanal "Manaberu News". O do Ikegami-san terei que conferir depois (gravei este) mas o da NHK deveria ter passado em cadeia nacional e servir para situar os correspondentes sem noção. Mesmo eu tendo um japonês meio deficiente (acho que entendo 20%, sei lá) achei muito esclarecedora, não esquecendo, inclusive, de mostrar as dúvidas e reclamações da população. Sou mais os "senseis" de Osaka e Kyoto à aquele especialista lá da Europa, da "comissão+sei+lá+do+que", que classificou a situação no Japão de "catastrófica". Está preocupante,como vc.já disse, mas catastrófica? Acho que não é pra tanto, ainda...
    Caramba, me desculpe, acho que fui meio verborrágico... É que eu tenho "pobrema" de cabeça...rs!
    Sumimassendeshita! E vamos tocando a vida! Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Òpa,só prá completar a minha "malisse-sem-alça". Por coinscidência, também peguei dois DVD's bem cults, "cabeça"... Kick-ass e "Besto-Kido"(Karatê-kid)...rs! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. olha, eu vou ser sincera, ak a midia esta apavorando ak msm... eu fiquei calma a saber que vcs estão tendo agua e luz e tal, pk ak dizem exatamente o contraio.. dizem que vcs que estão em tokio tbm estão sem agua, sem energia, muitos estão com frios em suas casas, que quase não tem comida, alem da contaminação radioativa... e é incrivel como eu lendo quem esta no Toquio, osaka e a a situação é diferente, vcs estão calmos, então a gente se acalma, ai no jornal ja começa de novo com as coisas e a gente se desespera de novo.. é incrivel como a midia pode manipular informações, é obvio que pra ela, é menos interessante dizer que algumas cidades do japão estão em otima condição^^
    os pais de uma amiga minha estão em osaka e disseram que la teve tremor sim, mas foi so isso, as coisas estão totalmente normais e lendo seu post, eu fico mais calma tbm^^

    ResponderExcluir
  7. Muito obrigado por nos tranquilizar com este post.
    Concordo com você, Caruso. Acredito que nesses momentos críticos a sensatez e a calma são muito importantes, pois o pânico só atrai mais pânico.

    Realmente a sensasionalização da mídia está demais. Você liga a tv e só notícia ruim. Estou até evitando ligá-la para não ficar ainda mais entristecido com esse desastre.

    Acho que devemos acreditar na competência japonesa e no governo. A radiação é um problema, mas é totalmente improvável que aconteça um novo acidente de Chernobyl.

    Fique em paz.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. wow!!
    muito obrigada pelas informacoes =D
    me ajudou muito!!
    ja morei no nihon mas a tv me hipnotzou digamos...
    ia pro nihon em janeiro mas nao deu...

    melhoras a todos!!
    espero que resolvam logo a bronca da usina X.X

    ResponderExcluir
  9. Muito bom seu espaço!!!
    Moro em Aichi....realmente fomos afetados mais de forma emocional do que material....
    As imagens chocam, a terra treme de vez em qdo...mas não nos falta nda...
    Vida normal, mas com o coração partido, ajudando como podemos...
    A partir de agora, acompanhando seu blog!!

    Bju no core!!
    Dani do
    http://estacaobeauty4you.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Que bom,achei que o Japao ia sumir do mapa e eu nunca ia poder conhecer... e iam desperdiçar tantos japas (eu aaaamo japas *_*)!
    Eu acompanho pela BBC, acho bom até,eles falam mais das usinas nucleares, mas acho que é o viés economico.
    Vale lembrar que os EUA nao sao muito amigos do Japao,e eles que disseminam essas informações... porque e interessante o Japao ter certa quebra comercial,nao? Assim, espantam os acionistas,ai e mercado pra eles/india/china...sei la,mas acho que tem algo a ver...

    De qualquer forma, que bom que voce esta bem =). É como no meu estado, muitas pessoas morrendo e perdendo coisas pela enchente,mas (nada contra) tem gente aqui que vai ajudar o japão,e não ajudar o povo daqui... aliás, como sempre acham que se neva em Gramado no RS inteiro está nevando (essas generalizações). Na verdade, é muito mais a ideia de 'sentir-se obrigado' a se escabelar, e ajudar, e rezar e o diabo a quatro do que algo raciocinado...

    Espero que tudo volte ao normal,logo :).

    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  11. oi ô te seguindo e agora sou mais um "anjinho" grande pra t proteger e pedir a Deus que os envolva numa cápsula protetora, vc e todo o povo japonês, bjinho!
    fiz posts abordando o tema se puder ver ok

    http://rosasta.blogspot.com/

    ResponderExcluir