20/10/2011

EU FUI (À OKINAWA) !

Caros Leitores, 

Peço desculpas pelo sumiço temporário. Mas foi por um bom motivo. Tive o "meio-prazer" de visitar pela primeira vez a ilha de Okinawa・沖縄, mais precisamente, sua capital, Naha・那覇(lê-se "nárra"). No mapa, logo abaixo, você encontra Naha bem no canto inferior esquerdo, bem láááá no cantinho!



Okinawa, que para mim sempre foi uma ilha longe, uma ilha que um dia já foi parte independente do Japão e que por este motivo, tem sua própria cultura, seu idioma e foi berço de tantos atores e cantores japoneses que fazem questão de dizer na TV que são de lá  e têm muito orgulho disso. Mas nunca passou disso...

No início do post, eu disse "meio-prazer" porque não fui simplesmente a passeio, mas a trabalho. Mesmo assim, me senti feliz de ter podido pisar na ilha que muito se ouve falar e é destino desejado por muitos japoneses até que nunca estiveram por lá. Hoje eu posso dizer: "Sim, já estive em Okinawa". Não tive muito tempo para turismo, e não fui nem em metade dos lugares que eu gostaria de ter ido, mas mesmo assim, valeu a pena. Gostei muito. Principalmente, não do lugar - do lugar também, do clima - mas mais do que isso, das pessoas de Okinawa. São praticamente latinos dublados em japonês! Eles têm humor, são animados, falam com desconhecidos sem cerimônias, são calorosos, enfim, diferentes da maioria dos japoneses que conhecemos aqui no "Japão".

Aliás, achei interessante como a cultura de Okinawa insiste com coragem em perpetuar. Em toda parte estão os símbolos de Okinawa  - leões e tartarugas - , as pessoas vestem roupas estampadas no melhor estilo "Ilha da Fantasia" e mesmo que todos falem o mesmo idioma que a capital, vira e mexe alguém nos ensina algumas palavras ou expressões no dialeto, ou melhor, no idioma de Okinawa. O clima "caliente" do lugar e das pessoas é o máximo! Tinha horas que eu não sabia se estava em Okinawa, no Havaí ou em Maricá, Angra dos Reis....sei lá...

Mas chega de blá blá blá! 
Vejam agora algumas fotos feitas durante minha viagem! 

Placa de MENSOORE (BEM-VINDO na língua de Okinawa)
 no aeroporto de Naha

Faixa do evento para o qual eu fui: 
Quinto Festival Mundial Uchinanchu


Mesma faixa com o nome do evento que é realizado a cada 5 anos
e reúne mais de 4500 pessoas de 24 países

Mais uma plaquinha com o "bem-vindo" na língua de Okinawa
Logo embaixo você vê um ranking de coisas
 que as pessoas esquecem no avião:
1. revistas, livros, 2, roupas e chapéus, 3. souvenirs, 4. óculos



"Bem-Vindo à Okinawa"


Agência do correio no aeroporto de Naha

Placa em diversos idiomas...
... inclusive, um que eu não identifiquei


Presidente e membros da Associação Brasil de Okinawa
 recebem os 1.100 brasileiros (vindos do Brasil) no aeroporto


Eu, tirando uma casquinha da faixa


Eu, diante do aquário do aeroporto de Naha


つづく

5 comentários:

  1. ABUNAI, Caruso,esse peixe quer te pegar. Olha só o olhar sinistro dele para você!

    Só você mesmo, Caruso: esse peixe com esse olhar medonho para você, e você ai... com esse sorriso maroto! =D

    Kkkkkkkkkk!!!! (^_^)

    Te adoro, Caruso. Um beijão!

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    O idioma que vc não reconheceu é o que tem várias bolinhas nele? Se for, é coreano.

    ResponderExcluir
  3. Eu fui em agosto desse ano pela primeira vez, Fui em vários lugares.
    Minha família tanto por parte de pai como de mãe eram de lá.Há pouco mais de um ano deu a louca no meu irmão e ele se mudou pra lá.

    ResponderExcluir
  4. Caruso
    Que sorte a sua, ia a trabalho, mas teve a oportunidade de "pisar"na ilha. Tem tantos descendentes de okinawa que ainda nunca foram.
    Eu tenho avós de Okinawa, por parte de mãe e só fui uma vez para a Ilha. Fomos eu e minha irmã, ficamos em um lindo resort de frente para o mar.
    Cara, valeu cada centavinho. O mar é tão azul clarinho. As pessoas são tão simpáticas.
    Minha irmã alugou um carro e percorremos a ilha toda.
    Ah, ouvi falar desse evento, porque tem gente aqui de Londrina que foi.

    ResponderExcluir
  5. O idioma que você não reconheceu foi o "Bem venha", acertei?

    Haha...

    ResponderExcluir