29/04/2012

CLOSET PÚBLICO

Você é daqueles que acha chique que ter um closet para entrar nele só para escolher a roupa que vai vestir? Pois aqui do Japão, closet, não é questão de ser chique, mas sim de falta de espaço. Ao contrário do que muita gente pensa, aqui no Japão existem casas enormes, casa com estilo bem ocidentais, condomínios com elevadores e mansões. Existe sim, mas não na quantidade que temos no Brasil por exemplo. Aqui você conta nos dedos quem mora em condomínio com piscina. Dia desses estava comentando com uns amigos que não conheço ninguém, eu disse, ninguém aqui no Japão que more em condomínio com piscina. Enquanto que no Brasil, fora os amigos do condomínio onde eu morava, eu conhecia muita gente que morava em condomínio com piscina, churrasqueira, quadra, enfim. O post de hoje, resolvi escrever porque achei Muito Japão o cartaz que eu vi em uma estação de trem da linha Odakyu. Vejam!



Trata-se de uma propaganda de um, digamos "closet público". São salas e mais salas que são transformadas em guarda-roupas e porta-tranqueiras. No cartaz, estão todos os itens convidativos do serviço que inclui vigilância com câmeras de segurança, chaves e o principal, perto da estação! Achei interessante também que me parece ser um serviço promovido pela própria companhia de trem, já que no próprio site da empresa, eles divulgam vários outros closets localizados nas cercanias de outras estações de trem.



Mas não é esquesito? Você ter suas coisas, fotos, álbuns, raquetes, bolas, sei lá, tudo em um lugar separado da sua casa? E roupas! Imagina ter as roupas de inverno guardadas em um lugar diferente de onde você mora! Prático, isso lá é, principalmente para quem tem muita tranqueira e mora um uma caixinha. sim, porque, assim como eu comentei no início do post sobre a existência real de casarões aqui no Japão, neste mesmo país você encontra cada caixinha que o povo insiste em chamar de casa. Nossa! tem cada cubículo! Nesses casos e para quem mora sozinho, os closets públicos pode ser uma ótima opção! mas que não deixa de ser...Muito Japão!

2 comentários:

  1. SENSACIONAL Caruso!!!
    Adoro essa praticidade do Japão!
    Na verdade não acho esquisito não,lembro que achei o máximo da primeira vez que cheguei no Japão, saí do aeroporto e peguei um trem expresso próprio para viajantes com malas pesadas que te deixa no centrão de Tokyo! ... só que antes de pegar um trem-bala pra casa,tinha umas coisas a resolver na capital...imagina a praticidade que foi em encontrar um "locker corner" de vários tamanhos ainda dentro da estação pra deixar as coisas e sair despreocupado? E ainda era super barato, uns 200円 o dia...

    Acho que esse serviço do "closet público" serve mais pra quem tem muita roupa e objetos do trabalho que não se usa em casa, mas tem que todo dia lotar a mochila com essas coisas..mais ou menos a mesma utilidade dos armários das empresas ou daquelas escolas americanas..
    Ter um espacinho assim só meu por 3.000 por mês? Deixar uns guarda-chuvas, roupas de frio, estojos com canetas por lá mesmo e andar e pegar o metrô com a mochila bem mais leve?
    Praticidade nota 10!
    Abs!
    Continue com esses posts interessantes de sempre! ;)

    ResponderExcluir
  2. Tava dando uma olhada aqui.... tem horário certo que dá pra usar... só das 10h―19h ... :(
    http://www.odakyu.jp/company/business/life/others/closet/list/

    aí não compensa....
    se a praticidade era justamente pegar suas coisas a hora que quiser..fora que já tava até pensando como seria uma boa alugar o closet grande pra quebrar o galho e "dar uma capotada" de algumas horinhas depois de varar a noite por aí.. Afinal, se dentre todas as opções "econômicas" de passar a noite vale até cyber café e as poltronas dos andares de cima do MacDonald's, porquê não?
    Mas nada supera os hotéis-cápsula e os "micro-hotéis", por 20 reais o dia isso aqui é até um luxo rs

    http://www.myfavorite.bz/azuma/pc/contents23.html

    ResponderExcluir