07/08/2012

GENTE MUITO JAPÃO - CLASSE TURÍSTICA

No GENTE MUITO JAPÃO - CLASSE TURÍSTICA vocês irão conhecer pessoas, brasileiros como eu, que estiveram no Japão como turistas - eventualmente a trabalho - mas que de qualquer maneira passaram por aqui e muitos deles  - se não a maioria -  realizaram o sonho de conhecer o Japão! Aqui no Muito Japão, eles irão contar um pouco da experiência que tiveram por terras nipônicas, o que gostaram, o que não gostaram e irão compartilhar conosco um pouco da experiência que tiveram! 

O entrevistado de hoje é André Joaquim. Brasileiro, carioca, André veio ao Japão com o intuito de participar da famosa Maratona de Tóquio e regressar ao Brasil. Ele veio com uns dias de antecedência, participou e foi embora no mesmo dia! Mas de quebra, enquanto esteve no país, fez fotos incríveis e que lhe renderam até uma publicação em uma conceituada revista da Europa. Vamos saber mais do André como foi a viagem!


Por que Japão? 
Sempre quis fazer uma viagem para a Ásia, e o Japão sempre foi um sonho.

Foi a primeira vez? Que lugares visitou? 
Sim foi a primeira vez. Não fui somente a Tóquio, mas aproveitei e fui até Quioto também.

Qual foi sua primeira impressão? 
A primeira impressão é de analfabetismo, mas com um pouco mais de atenção pode-se perceber que praticamente tudo também é escrito em inglês. Além disso, as pessoas são extremamente prestativas e educadas, assim rapidamente você se sente mais confortável, mesmo para quem não entende nada de Japonês.

A imagem do Japão antes e depois da viagem mudou? De que forma? 
Sempre ouvia falar da culinária, da educação, da qualidade no atendimento, dos contrastes culturais, mas isso só pode realmente ser mensurado com uma visita.

O que mais gostou do Japão? 
Gostei mais de observar os contrastes das cidades e seus bairros. Uma hora você está andando em Kabukicho, outra hora você está visitando um templo. Isso é surpreendente! Além disso, gostei de observar como temos hábitos e comportamentos bastante diferentes, trata-se de um choque cultural. Os japoneses sobram em organização e educação e nós sobramos em emoção.

O que menos gostou do Japão?
Não consigo pensar em nada que não tenha realmente gostado. Talvez o fato de não falar japonês, mas por culpa minha é claro.

Suas fotos foram publicadas em uma revista europeia. Fale um pouco sobre essa publicação.
Sim. Procurei fazer fotos menos turísticas, focando mais nos contratastes culturais e nas pessoas. As fotos foram publicadas na revista VOGUE Itália.

Já pensou em algum dia fazer uma exposição somente com fotos do Japão?  
Sim claro ! Algo que pudesse mostrar o quanto somos diferentes, seria ótimo !

Que conselho daria a outro turista brasileiro no Japão? 
Que estude bastante o que pretende visitar e principalmente como chegar a esses lugares. Os deslocamentos são grandes, as estações são grandes e a barreira da língua deixa isso tudo mais distante. A internet e os aplicativos para smartphones me ajudaram a chegar mais rápido aos lugares que tinha interesse sem ter que pedir muito por direções, ganhei tempo com isso !

Gostaria de acrescentar algo mais? Fique à vontade... 
Gostaria se possível de deixar meu site : www.andrejpg.com. Muito obrigado !!!!!!!!!!!!!


Vejamos agora um pouco das fotos que o André fez enquanto esteve aqui no Japão!













Esta foi apenas uma pequena mostra das fotos que André Joaquim fez em sua passagem pelo Japão! Para ver todas elas, basta clicar AQUI e boa viagem! Obrigado André pela participação no GENTE MUITO JAPÃO - CLASSE TURÍSTICA e parabéns pelas fotos! 



PUBLICIDADE・広告


3 comentários:

  1. Olá Caruso,
    Acompanho sempre seus posts pois o Japão mora no meu coração e gosto de ler sobre os fatos, curiosidades e histórias sobre este grande país.

    Muito bacana esta seção sobre os turistas no Japão. Acho que todo turista sente um choque muito grande pois o Japão tem uma cultura bem diferente.

    Eu morei no Japão (por pouco tempo) há 7 anos e em Abril deste ano voltei com minha noiva como turista. Mesmo já conhecendo um pouco, não deixamos de ser surpreendidos por muitas coisas e foi uma viagem inesquecível.

    Sei que todos lugares tem problemas (e me divirto com seus relatos da "Tragédia da Vida Privada no Japão"), mas ainda acho o Japão um país fascinante!

    Abs,
    Carlos

    ResponderExcluir
  2. Caruso... Pôxa que triste, Nagoya (Komaki) foi cortada da lista do Festival Cinema Brasil?!

    ResponderExcluir
  3. Esse André tirou mais foto de puta do que de paisagem. kkk

    ResponderExcluir