26/09/2014

LÍNGUA JAPONESA

Para quem não sabe, eu assino uma coluna na revista ALTERNATIVA, revista esta publicada no Japão, em português, e distribuída por todo o arquipélago. A coluna chama-se JAPONÊS MANEIRO e tem como objetivo principal incentivar os conterrâneos a aprenderem o idioma japonês e para quem já sabe, apresentar curiosidades e fatos que talvez não possam não ser aprendidos em sala de aula, mas que deixam o idioma tão vivo e tão interessante para quem já tem uma noção. Procuro dar dicas de ideogramas, pronúncia, provérbios etc. No post de hoje, você leitor do Muito Japão poderá conferir com exclusividade a coluna publicada na revista no Japão e que, infelizmente, não pode ser adquirida em território brasileiro. 

1. Engraçado como alguns verbos que normalmente aprendemos no básico de japonês, na vida real eles são usados de uma maneira que jamais um iniciante de japonês usaria. Veja o verbo "ireru" que aprendemos com o  sentido de "inserir", "por colocar dentro", como por exemplo, "inserir o cartão" no caixa eletrônico, "kaado wo ireru" . Na vida real, você pode usar com palavras como "telefone" ou "reserva", mais ou menos assim: "Quando você estiver saindo de casa, pode me dá uma ligadinha?", em japonês, "ie wo detara, denwa irete kureru?". Para "reserva", você também pode "inserir" como por exemplo: "toukyou no hoteru ni yoyaku wo ireru", ou seja, "fazer a reserva num hotel de Tóquio".

2.  Por falar em verbo, lembrei de outro verbo maneiro. Para você, qual seria a relação entre "nuvem" e "óculos". OK, a princípio pode não ser fácil respondersem pensar muito. Mas, e se eu disser que em japonês o verbo "embaçar" utiliza o mesmo  ideograma de "nuvem"? Este:曇. Não é maneiro? Portanto, se eu quero dizer que "meus óculos estão embaçados", eu posso dizer em japonês, "megane ga kumotteiru".

3. Você já ouviu a palavra Uターン (iu taan)? Pois bem, a princípo o que era para ser uma pequena denominação de uma manobra de 180 graus, passou a fazer parte do vocabulário de telejornais por exemplo quando anunciam a volta para casa de quem viajou no feriadão e está regressando. Neste caso, o fenômeno é mais conhecido em japonês como "iu taan rasshu". Fique atento no próximo Golden Week ou Obon! Com certeza, você vai ouvir.

4. Como que fala "fumacinha" em japonês? Pois é, já me perguntaram isso. Se eu não estivesse por dentro do contexto, eu talvez teria ensinado a palavra errada. A primeira palavra que me vem a cabeça para fumaça seria "kemuri"・煙 que é aquela que você vê em um incêncio, por exemplo. Mas a "fumacinha" a que a pessoa estava se referindo era aquela das águas termais, ou seja, de algo fervendo. Neste caso  palavra "fumaça" ou "fumacinha" como ela mesma disse seria "yuge"・湯気, que não por acaso pode ser usada para a fumacinha que sai de uma sopa ou de um café quente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário