28/07/2018

ODEIO FORMULÁRIOS・記入用紙大嫌い



Quando digo que odeio preencher formulários no Japão, pode frescura ou exagero. Mas depois que você é mandado preencher uma folha tamanho A 4 só porque cortou o número 7 (no Japão não se corta!), aí você fica um pouco traumatizado. Na verdade, dependendo do formulário - nem todos são permitidos - mas dependendo do formulário é possível rasurar. MAS, até isso tem um procedimento todo Muito Japão!

Para rasurar é preciso estar com o carimbo pessoal em mãos. Carimbo pessoal, para quem não conhece, é um carimbo que cada um tem, para ser usado como assinatura. Muitos procedimentos formais não são possíveis sem o uso do carimbo pessoal. Pois então, simplesmente para rasurar, você deve ter o carimbo em mãos. MAS, claro, não é só isso! 

A regra é clara, para rasurar qualquer coisa no Japão, você deve riscar o erro com duas linhas horizontais paralelas. Leu bem? Não é riscar com uma linha! É passar duas linhas paralelas e na horizontal e, em cima, carimbar usando o seu carimbo pessoal! 


Ou seja, supondo que você vá ao banco apenas para entregar o formulário que você preencheu em casa. Mas chegando lá, um erro foi identificado. Mas, se você não estiver de posse do seu carimbo pessoal, você não poderá fazer nada! Pois, mesmo que risque a parte errada com duas linhas paralelas, conforme manda o figurino, você não poderá carimbar em cima das linhas, consequentemente, a rasura estará inválida! Nem preencher outro formulário do zero, pois, na maioria dos formulários, é preciso carimbar em algum lugar, logo, sem o seu carimbo, mesmo que o formulário esteja perfeitamente completo, de nada vai adiantar.



Falei do número 7 que a funcionária do banco me mandou consertar. Isso porque os números aqui no Japão possuem um "padrão"! Isso mesmo, não é para escrever o número do jeito que você gosta, como sua letra. Repare na foto abaixo! A foto foi tirada de um formulário qualquer, real! No canto, uma espécie de "cola" para ensinar como escrever os números. Como se não bastasse mostrar os números como devem ser feitos, alguns números trazem observações "importantes" de como fazer o número!

写真提供:Julio Cesar Caruso

Número 1: fazer uma linha reta na vertical
Números 3 e 4: deixar um espaço aberto
Número 5: o risco deve sair um pouco para cima
Número 7: fazer uma "dobrinha"
Números 8 e 9: fechar

Sem falar no meu nome, de estrangeiro. Preencher um formulário com o meu nome é um martírio. Nunca sei a ordem, se escrevo em letras romanizadas, se escrevo em japonês, se uso a ordem japonesa de escrever o sobrenome na frente ou se posso escrever a ordem a qual estamos acostumados, enfim, isso é assunto para outro post.

E você? Já passou aperto para preencher formulário no Japão? Conta pra gente!



Nenhum comentário:

Postar um comentário